Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

U.S. National Archives / Wikimedia

Winston Churchill, Franklin Roosevelt e Josef Stalin na Conferência de Ialta.

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial.

Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da Segunda Guerra Mundial o que fizeram durante a guerra, provavelmente teremos uma resposta humilde. No entanto, se perguntarmos a uma pessoa na rua como é que a contribuição do seu país para o esforço de guerra foi importante, provavelmente vamos ouvir algo menos modesto.

Um novo estudo sugere que pessoas da Alemanha, Rússia, Reino Unido e EUA, em média, acham que o seu próprio país teve mais de metade da responsabilidade pela vitória na Segunda Guerra Mundial. Isto porque as pessoas podem ter uma tendência psicológica geral em acreditar que as contribuições do seu país são mais significativas do que realmente são.

Podemos assistir a isto até nas mais mundanas tarefas domésticas. Normalmente uma pessoa acredita que está a fazer mais do que o seu dever, mas o problema é que todos na família pensam o mesmo.

Esta estranha ampliação dos nossos próprios esforços parece ser omnipresente. Nos negócios, no desporto ou no entretenimento, é muito fácil para cada um pensar que o seu próprio toque especial é a verdadeira razão pela qual a empresa, equipa ou programa foi um sucesso.

Com os países a situação é semelhante. Um estudo publicado no ano passado na revista Journal of Applied Research in Memory and Cognition recolheu a opinião de pessoas de 35 países em relação à contribuição percentual que a sua própria nação deu à história mundial. Cidadãos da Índia, Rússia e Reino Unido suspeitam, em média, que os seus países têm mais de metade da responsabilidade pelo progresso mundial.

No que toca à Segunda Guerra Mundial, os investigadores do estudo publicado esta semana na revista científica PNAS entrevistaram pessoas de oito antigos países dos Aliados (Austrália, Canadá, China, França, Nova Zelândia, Rússia, Reino Unido e EUA) e três antigas potências do Eixo (Alemanha, Itália e Japão).

Como era de se esperar, as pessoas dos Aliados, o lado vencedor, classificaram bem os seus próprios países, com respostas médias somadas de 309%. Cidadãos do Reino Unido, EUA e Rússia acreditam que os seus países foram responsáveis por mais de 50% da vitória.

Por outro lado, seria de suspeitar que as potências derrotadoras do Eixo, cujo registo histórico está ligado ao incomensurável sofrimento humano da guerra, não fossem tão orgulhosas.

Mas, como disse o ex-presidente americano John F. Kennedy, citando o historiador romano Tácito, “a vitória tem cem pais, a derrota é órfã”. Talvez os resultados para os países aliados apenas reflitam uma tendência humana geral de reivindicar crédito por conquistas positivas.

No entanto, os cidadãos das três potências do Eixo também reivindicam em excesso as ações do esforço de guerra (totalizando 140%). Em vez de minimizar a sua própria contribuição, até as três nações derrotadas parecem exagerar o seu papel.

PARTILHAR

71 COMENTÁRIOS

  1. O grande vencedor da wwll foi o Japão q libertou a Ásia dos colonizadores estelionatários ocidentais (ingl.hol.fça,eu) com o sacrifício próprio de 2 milhões de vidas. Apenas o Japão e a Tailândia não eram colônias.

      • E de avião jogavam ratos e pulgas com doenças altamente contaminantes : peste bubônica, tifo,….guerra bacteriológica só para limpeza e’tnica, pois não havia resistência militar. Sempre que tenho uma lembrancinha, no meu conforto aqui, fico pasmo com o poder do perdão chinês. Ou na época do ópio….

    • O Japão?
      Esse foi dos piores e teve de levar com duas castanhas atómicas em cima para começar a ter respeito pelos países vizinhos, onde mataram, violaram e torturaram como mais ninguém fez naquela região do mundo – esses japoneses loucos até Timor invadiram!…

      • É verdade, conheci um senhor, enfermeiro, que esteve sob ocupação japonesa e, onde Portugal, pouco ou nada pode fazer para salvar as pessoas desse território, tão distante e mal defendido! Jamais imaginavam que o lado português seria ocupado com tanta barbaridade. Pois era gente pacífica de um país neutro que, de um dia para o outro, se viu debaixo de bombas.

    • O Império do Japão colonizou parte da China, Manchúria, Tailândia, Indonésia, Coreias, Myanmar, Filipinas e outros. O sofrimento desses países não vai ser desmerecido por um comentário sem fundamento.
      Após a segunda guerra mundial, houve um julgamento especial para os crimes do Japão, seriam eles : Experimentos Científicos com pessoas, escravização de civis e militares estrangeiros, campos de trabalho forçado e de extermínio, canibalismo em massa…. A lista é longa. PS: o nome do processo é “Julgamento Internacional Do Extremo Oriente.

    • Japoneses escravizaram os chineses e coreanos; estupraram as mulheres e mataram os homens, por isso que até hoje os coreanos tem ódio dos japoneses. O vencedor da guerra foi o EUA, que teve as menores baixas e saiu rico vendendo armas e alimentos aos países que iniciaram a guerra.

    • Desculpe-me lá, mas nunca li disparate tão profundo! Então o Império japonês, que submeteu dezenas de povos à escravatura, à prostituição e à morte, chegou ao ponto de ter cometido canibalismo, estava a lutar contra o imperialismo Ocidental? Não deve ter nunca lido ou estudado a Segunda Guerra mundial. Só pode. O japão cometeu crimes incríveis e dos mais desumanos na História. Por essa razão, sofreu as consequências em forma de dois cogumelos terríveis! E, mesmo assim, o seu imperador jamais prestou contas pelo papel que teve no crimes cometido pelo seu país! E, note eu tenho imensa admiração pelo povo e História japoneses, mas não tenha dúvidas que a II.G.M é uma marca indelével para terem vergonha por muitas e muitas gerações!

    • Acho q vcs ñ entenderam,leiam outra vez o q escrevi. Exceto China e Korea todos os asiáticos tem apreços pelo Japão por ter libertado-os dos ocidentais picaretas,apesar de a maioria sofreram a invasão do exército japonês.O Jopaoteve q invadir a China e a Korea pq esses países estavam sempre virando seus cús pra U.Sov e outros países ocidentais.Agora contem o q a Alemana,a Rússia,Ingl( na China),Hol(na Indonésia )espanhóis ( matança de nativos na am.latina)China( rev.cult)EU(no Vietnā e em muitos países fracos,bb.atôm).

      • Não sei se isso é verdade (tb não sei se não é) mas sei que a realidade não é a preto e branco e que a perceção das coisas é sempre muito subjetiva. Depende da posição em que nos encontramos, para começar. Isto é, do local onde nascemos ou onde vivemos, do que nos ensinam, da informação que nos chega e muitos outros e variados fatores. Sei que os asiáticos, por não pertencerem a uma cultura judaico-cristã como a nossa, aceitam muito mais pacificamente as vicissitudes da vida e os desastres da História. Por exemplo, se tiverem oportunidade de passar no Vietname alguns dias, hão de verificar que ali não existem ressentimentos em relação à América. Pelo contrário, gostam da cultura norte-americana. Enfim, a realidade é multicolorida e ninguém é senhor da verdade.

  2. A Guerra é sempre derrota e destruição para qualquer dos lados. A vitória sempre é uma “vitória de Pirro” com custos elevadíssimos de perdas humanas e materiais. A derrota sempre é cruel e gera anarquia total para o lado perdedor, além de um eterno sentimento de vingança. Não existem vencedores em uma guerra.

      • O Salazar encheu o cofre com o ouro com que os nazis pagaram o volfrâmio. Ouro roubado aos judeus, certamente. Apesar do gasto após o 25 de Abril, Portugal ainda é o país com a 12.ª maior reserva de ouro do mundo.

    • Se queres a paz preparece para a guerra, sabe de nada inocente,sabe porque os arcanjos usam armas? Pois até Deus sabe que contra qualquer agressão deve-se responder de igual ou superior a força agressora

      • Quem?
        Se queres comentar, vai para a escola e aprende a ler e a escrever!!
        Que praga!… até numa noticia sobre a SGM, aparececem os fanáticos religiosos ignorantes!…

      • Bem disseste. Força agressora imensa merece força defensora imensa. Mas violência extrema deveria ter seu contraponto na não violência e desobediência civil.

    • Sérgio. De uma forma geral estou de acordo consigo. Mas também acho que há um género de guerra justa que é aquela travada pela liberdade. Gosto muito daquele verso do Hino da Maria da Fonte que diz “Pela Santa Liberdade triunfar ou perecer!” Penso que não vale a pena viver em cativeiro, em opressão.

      • Podemos dizer que as atividades da Al Qaeda e do Estado Islâmico são luta justa contra a opressão ocidental. Do ponto de vista deles. George Washington, o Pai Fundador dos Estados Unidos, não passava de um traidor da Coroa aos olhos dos britânicos. A Organização para Libertação da Palestina não passava de uma organização terrorista aos olhos de Israel. O que é liberdade? Até onde vale o sacrifício em seu nome? O que é, de facto, luta pela liberdade? Quando o libertador passa a ser opressor?

  3. Japoneses eram nazis de olhinhos puxados. Seguiram seus lideres em uma aventura suicida e sentiram o gosto da realidade da pior forma possível.

  4. Aqueles chineses comunistas deveriam ter morrido gloria a Taiwan, eu acredito também que os japoneses foram heróis lendários, alemães máquinas de guerra, Itália….. a Itália boa lutadora não sabia quando assumir a derrota, Urss um bando de fanáticos suicidas.

  5. Dizer q o grande vencedor da guerra foi o Japão, até tem lógica, diante de que apesar da derrota, graças ao Plano Marshall o Japão conseguiu a sua consolidação como grande potência. Mas daí para dizer que o Japão foi um libertador, vai meio na contra mão. Não só após a guerra, os EUA estavam mais bem posicionados no Pacífico do que antes da Guerra, qto as colônias européias ainda existiam, necessitando de guerras de independência locais para sua libertação. Além disso, o papel de “libertador” q vc descreveu, se choca frontalmente com a atuação das tropas Japonesas nos paises ocupados pelo Japão. Pergunte para um Chinês, um Coreano, um Filipino ou um morador de qq pais em que o Japão Imperial tenha entrado, o q q eles acham da atuação do Exercito Imperial Japonês na segunda guerra mundial. Talvez seja por isso q o Imperador recentemente manifestou publicamente vergonha pela atuação do Japão na Segunda Guerra

    • Não, alguns portugueses morreram a combater tanto pelos aliados como pelo eixo…. a legião azul combateu intensamente pela Alemanha na frente oriental contra os russos, era composta maioritariamente por espanhóis e portugueses. A resistência francesa tinha varios elementos lusos…
      Ler, estudar e entender precisa-se.

      • Uns mercenários não contam para vitórias ou derrotas de um país. Agradeceria a informação sobre a Legião Azul não fosse a arrogante moralzinha final.

      • Tem razão. Houve de facto. Mas o comentário do Zbraitlin, faz todo o sentido! Ninguém os mandou lutar nessa guerra! Estiveram lá por que quiseram e por motivações politicas pessoais – uns eram fascistas outros comunistas, ou seja extremistas e tomaram partido daquilo que mais lhes convinha. Eram mercenários e gente politicamente determinista. Bem ou mal, o país foi neutral nessa guerra e assim se manteve. Já bastou o disparate que foi ao envolver-se na I. G. Mundial.

        • “Já bastou o disparate que foi ao envolver-se na I. G. Mundial”. Quanto a este assunto, não existe consenso. Eu estou convencido que essa foi a forma de Portugal manter o Império que, antes da Guerra estava para ser partilhado por RU e Alemanha.

  6. Acredito que foi a União Soviética, mataram muitos inocentes, mas fora os que mais seguraram o Eixo, os que mais perderam soldados e os que mais batalharam, não vejo como os Aliados venceriam da mesma forma sem o apoio dos soviéticos.
    É só meu ponto de vista,todas as principais nações que lutaram mataram centenas ou milhares de inocentes de forma brutal, bonzinho e vilãozinho na guerra só existem nos filmes de Hollywood, na vida real é tudo a mesma coisa.

    • Tem razão não venceriam da mesma forma, se bem que acabariam sempre por vencer. A Alemanha ficou isolada com a industria destruída e sem combustível. E, se não tivessem sido estas acções dos restantes aliados e dos enorme apoio que deram aos soviéticos, estes jamais sairiam do seu lado da trincheira! Lemvr-se que só camiões de combate e aviões foram mais de 6.000, além de alimentos e outros géneros os que os americanos deram aos soviéticos pelo porto de Murmansk! Se os aliados ocidentais não tivessem bombardeado dia e noite o território alemão desgastando as suas tropas, sociedade e industria. As coisas não teriam sido de modo tão fácil. Lembre que o próprio Hitler estava doido, não ouviu os seus generais nem conselhos – como foi o caso da Batalha de Estalinegrado e sobretudo na de kursk, caso contrário, a História seria mais longa

  7. Foi a Rússia sem os japoneses a tentar incomodá-la. A Rússia e sua excelente ação de espionagem . Os aliados de cá correram para livrar para si um pedaço da Europa.

    • Exatamente, estaline soube através da sua rede de espiões que o Japão ia centrar a guerra no pacífico contra os EUA e não iria atacar a URSS pela fronteira leste. Assim que soube disso, deslocou centenas de milhares de soldados e equipamento para a frente oriental para apoiar as tropas que ja combatiam nazis em stalinegrado . Esse reforço foi muito importante para empurrar com muito sacrificio humano os alemães até berlim novamente. Se não fosse essa informação da espionagem, stalin nunca teria retirado tropas da fronteira siberiana e possivelmente não teria vencido a maquina de guerra alemã…

      • É verdade em parte. Explico noutro comentário o porquê. Se os aliados ocidentais não tivessem desagastado a maquina de guerra alemã, aliada ao facto da doidice do Hitler que assumiu o comando geral das tropas, olhe que não sei se os soviéticos teriam a vida tão facilitada, muitos sacrifícios que fizessem! Aliás, os pobres soldados soviéticos, fizeram enormes sacrifícios desde sempre, mas no início, a maquina de guerra alemã, ainda estava em todo o seu fulgor e quase intocada. Os soviéticos passaram depois a tira proveito de todas as possíveis vantagens, lembre-se que a declaração de guerra ao Japão ocorreu nos últimos dias para ganhar território a este país e à China – ninguém fala disso -, territórios esses, que ainda permanecem ocupados! Os EUA ganharam praticamente sozinhos, a guerra no Pacífico e na Ásia, ocuparam territórios, como era evidente, mas devolveram-nos todos aos respectivos donos, inclusive aos países derrotados, os soviéticos, actualmente russos, não.

        • Já na Europa, os soviéticos usaram a estratégia de devolver os países aos seus povos mas com governos e políticas dependentes da URSS estabelecendo a Cortina de Ferro.

          • É completamente verdade. Basicamente dava-lhe jeito ter um bloco de protecção do seu território em relação ao Ocidente. Ainda hoje o Putin usa esse argumento, para se perpectuar no poder.

  8. Achar que a Alemanha Itália ou Japão venceu é até piada. Com certeza venceram os aliados com sacrifício sendo que para mim os que melhor ficaram foram os EUA Além de não serem evadidos antes da guerra eram a 7 potência depois da guerra eram de longe a maior e ainda hoje o são em parte graças há 2 guerra Mundial. Mas cada um tem sua opinião está é a minha claro

  9. Os japoneses de avião jogavam ratos e pulgas com doenças altamente contaminantes : peste bubônica, tifo,….guerra bacteriológica só para limpeza e’tnica, pois não havia resistência militar. Sempre que tenho uma lembrancinha, no meu conforto aqui, fico pasmo com o poder do perdão chinês. Ou na época do ópio…

  10. Embora o Brasil tenha participado da II WW, enviando um efetivo modesto (uma divisão reforçada e um grupo de caça) para lutar contra os Nazis no norte da Itália, nunca atribuiu para si outro papel além do de ter cumprido com o seu dever de responder a agressão que sofrera em suas águas, dos submarinos alemães. Porém, até hj o Governo Italiano (e o povo por onde as tropas brasileiras passaram) tem gratidão aos Brasileiros, considerando-os heróis e libertadores. Isto esta manifestado em uma placa enviada pelo Governo Italiano, escrita em Italiano e português e que resumidamente diz o seguinte: ” Ao povo brasileiro, por ter enviado seus filhos para libertar a nossa pátria das garras da tirania, a gratidão do povo Italiano.” A placa está exposta no subsolo do monumento aos mortos da segunda guerra.
    Até hj, pelas cidades em q a Força Expedicionária Brasileira passou, a população rende homenagens aos Brasileiros.
    Embora pequena no contexto geral, para aquelas cidades, o Brasil teve uma participação importante.

    • Toda a ajuda contra a opressão é de saudar! Já nós tivemos o Salazar amiguinho do Mussolini, do Hitler e do Franco. Um paspalho que atrofiou o País durante demasiados anos.

      • Isso é muito discutível. O Salazar era um panhonha, um ditador, que não gostava nada das massas e não via com bons olhos esses regimes a não ser no autoritarismo de emanavam! repare e faça as comparações políticas. O verdadeiro fascista, em Portugal, foi Roldão Preto, que criou o partido fascista português, perseguido pelo Salazar e, mais tarde, condecorado por Mário Soares como… antifascista! Também António sardinha, teve uns laivos e também este devido às suas ideias racistas e da defesa intransigente do Integralismo Lusitano, foi também ele malvisto pelo ditador e por ele perseguido. Ia contra a ideia do que o regime se pretendia vir a construir: o país multirracial, multi-continental e multicultural! Projecto esse que não resultou como sabemos. Tinha demasiadas lacunas e erros de base.

        • O Rolão Preto foi mudando muito de ideias ao longo da sua vida. Pertenceu ao MUD e apoiou Humberto Delgado, além de outras tentativas de pôr fim ao Estado Novo.
          Sim, concordo que o Estado Novo (português, porque também houve um no Brasil) teve características muito próprias e únicas. Terá sido uma variante lusitana do fascismo mas não fascismo no seu estado puro.

    • Meu caro, o Brasil combateu heroicamente em Itália e nas Ardenas! Eu sou historiador, admito-o. No meu doutoramento, tive alguns colegas brasileiros, que ficaram muito surpreendidos com as informações que lhes dei. Muitos não sabiam, que os brasileiros além de combater em Itália tinham também tinham combatido na batalha horrível nas Ardenas. Nem sabiam que formam as únicas tropas que não tiveram a chamada “doenças das trincheiras” – o famoso “jeitinho” brasileiro salvou muitas vidas.! Mais, nem sabiam que grande parte das tropas brasileiras, quando a guerra acabou, ficaram instaladas em Portugal – foram por recebidas, as únicas tropas “estrangeiras” a pisar este país, desde as invasões francesas mais de cem anos antes e que a vocês brasileiros, muito vos diz – e num caso inaudito até então, essas tropas, perto de 14.000 desfilaram armadas, festejadas acarinhadas pelo povo e, vitoriadas pelas ruas de Lisboa, tendo sido a bandeira brasileira condecorada, as armas militares dos vários ramos militares de Portugal, inclusive os mais antigos, que serão dos mais antigos da Europa! Daqui, partiram nos seus navios de regresso à pátria! Há documentação e fotografias, muito raras, destes acontecimentos, inclusive alguma literatura: vejam em https://pt.calameo.com/books/0012382069ba1af06957d alguns exemplos, daquilo que afirmo. Seria engraçado realizar mais trabalhos sobre o tema.

      • Brasileiros nas Ardenas??? Só se fosse pela Alemanha, pois diversos Brasileiros (principalmente de Santa Catarina) descendentes de Alemães atenderam ao chamado de retorno para a Alemanha. Nunca vi qq registro de envio de outras tropas do Exército Brasileiro além dos dois escalões da 1a Divisão de Infantaria Expedicionária (que integrava a FEB) para qq teatro externo de operações q não fôsse o do norte da Itália. De onde q vc tirou isso de Brasileiros lutando as Ardenas? Q unidade foi essa?

  11. O verdadeiro vencedor da 2 guerra foram os Estados Unidos. Meio milhão de baixas, infraestruturas intactas, aumento de produção de armas e de tudo o mais, mão de obra disponível com fartura, financiamento ilimitado. Esta guerra foi o despertar da consciência coletiva americana de que eram capazes de liderar e ditar regras nos 5 continentes. O despertar do Leão enquanto país. E temos o império que hoje sabemos.

    A nivel de sacrifício pessoal e esforço admito que a URSS foi a mais penalizada.

    A Alemanha perdeu território, perdeu todas a infraestruturas, perdeu população, perdeu os seus cientistas mais valiosos e promissores( foram para a América e tornaram-na grande ) , perdeu credibilidade internacional, perdeu como grande nação intelectualizada, industrializada e desenvolvida.

    Na realidade, o grande derrotado foi o Império britânico. Perderam influência no mundo, foram perdendo territórios e encolheram até onde sabemos e quando sairem da UE, perdem a Escócia e a Irlanda do Norte. Vão ser um país insignificante na agenda internacional . Do poderoso império, resta uma nesga de território numa ilha….. o verdadeiro derrotado!

  12. Exatamente, estaline soube através da sua rede de espiões que o Japão ia centrar a guerra no pacífico contra os EUA e não iria atacar a URSS pela fronteira leste. Assim que soube disso, deslocou centenas de milhares de soldados e equipamento para a frente oriental para apoiar as tropas que ja combatiam nazis em stalinegrado . Esse reforço foi muito importante para empurrar com muito sacrificio humano os alemães até berlim novamente. Se não fosse essa informação da espionagem, stalin nunca teria retirado tropas da fronteira siberiana e possivelmente não teria vencido a maquina de guerra alemã…

  13. É difícil dizer quem foi o vencedor desse que foi provavelmente o pior episódio de ódio e massacre exagerado dos Alemães contra o povo jude e graças a união de vários países a segunda guerra acabou e a paz voltou a reinar e um dos piores seres humanos que já existiu morreu o ditador Hitler mas pelo que eu estudei e pesquisei sobre a segunda guerra foi a Rússia que encurralou e chegou primeiro onde o monstro Hitler estava.

  14. Ue, não era só o lado perdedor que fazia desgraças com pessoas, a Rússia que apoiou os aliados de última hora tbm tinha campos de concentração e matavam milhões de pessoas.

  15. Houve apenas 2 vencedores: os EUA e a URSS, que a partir daí consolidaram a sua posição como as 2 maiores novas potências a nível mundial. O resto é conversa. O RU perdeu o seu império e posição dominante no mundo, os restantes países participantes ficaram completamente destruídos.

      • Perceberam sim. Vai ver que a farsa do Brexit vai acabar muito brevemente. É que nos tempos actuais há outras formas de fazer a guerra e de vencer!…
        Não desespere, nem tenha noites de insónias por causa do britain exit. Espere, pouco, para ver o volte face. Pois está para breve.

  16. Quem ganhou?!? Quanto a mim ninguém ganhou nada, perderam-se muitas vidas, da Alemanha, dos Aliados, mas principalmente do lado da União Soviética. Esta guerra mundial foi uma tragédia que esperemos nunca mais se repita. Muitas pessoas que nunca tiveram uma arma na mão, foram obrigadas a sair dos campos de cultivo agarrar numa arma e rumar frente ao suicídio deixando para trás as suas famílias desamparadas. Numa guerra nunca há Vitórias, há sempre grandes ou pequenas derrotas.

  17. Brasileiros nas Ardenas??? Só se fosse pela Alemanha, pois diversos Brasileiros (principalmente de Santa Catarina) descendentes de Alemães atenderam ao chamado de retorno para a Alemanha. Nunca vi qq registro de envio de outras tropas do Exército Brasileiro além dos dois escalões da 1a Divisão de Infantaria Expedicionária (que integrava a FEB) para qq teatro externo de operações q não fôsse o do norte da Itália. De onde q vc tirou isso de Brasileiros lutando as Ardenas? Q unidade foi essa?

  18. Eu não digo todos. Mas muitos dos jovens alemães marcharam para a União Soviética pensando estar libertando o povo do comunismo de Stálin. Para eles era uma missão libertadora. Então estariam eles errados em achar que a guerra deles era justa? O que é liberdade? O que é justiça? O que é guerra? Na guerra não se faz raciocínio ou juízo de valor. Guerra é destruição e só.

RESPONDER

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …