Revelados segredos da superfície e órbita do asteróide Ryugu

Akademy / Flickr

Asteróide Ryugu numa imagem capturada pela nave espacial japonesa Hayabusa2

A sonda Hayabusa recolheu amostras da superfície do asteróide Ruygu que permitem desvendar segredos da sua superfície e da sua órbita.

A 21 de fevereiro de 2019, a sonda japonesa Hayabusa 2 conseguiu tocar com sucesso no asteróide Ryugu e recolher amostras. Para tal, foi disparado um projétil de 5 gramas, que rompeu a superfície do asteróide localizado a cerca de 350 milhões de quilómetros da Terra.

Tendo partido de Ryugu em novembro de 2019, a Hayabusa2 deverá voar sob a Terra no final de 2020 e libertar as suas amostras numa cápsula de reentrada para análises detalhadas em laboratórios de todo o mundo.

Num novo artigo publicado, na semana passada, na revista Science, a equipa da Hayabusa2 relata as suas observações do próprio processo de amostragem e quais medidas da superfície de Ryugu podem contar-nos sobre a sua evolução.

Estas observações mostram uma história notável de um viajante cósmico que viajou do cinturão principal de asteroides, fazendo uma excursão de curta duração perto do Sol, antes de finalmente se estabelecer como um asteróide próximo à Terra.

Ao entender melhor como e por que Ryugu ganhou a sua aparência atual, teremos um modelo mais abrangente de como os corpos do sistema solar se formam e se desenvolvem.

Um passado colorido

O novo artigo descreve como algumas partes de Ryugu são “mais azuis” e outras são “mais vermelhas”.

Estes termos estão relacionados com variações subtis na cor da superfície do asteróide através do espectro visível. A equipa da Hayabusa2 descobriu que o equador e os polos do asteróide são mais azuis, enquanto as latitudes médias são mais vermelhas. Curiosamente, esta diferença de cor pode estar associada à idade. Isto ocorre porque as superfícies expostas são escurecidas e avermelhadas pelo clima e aquecimento pelo Sol, que é o principal mecanismo para Ryugu.

Quando a Hayabusa2 disparou o seu projétil a uma distância de cerca de um metro, e depois os seus propulsores para se afastar do asteróide, uma nuvem de vermelho, pedras escuras e grãos finos pairou antes de cair na superfície. A equipa da missão concluiu que estas partículas, originalmente apenas nas superfícies expostas das rochas, espalharam-se por todo o local de amostragem, passando de uma cor ligeiramente azul para ligeiramente vermelha.

O material exposto, avermelhado pelo Sol e pelo clima, move-se lentamente sob a fraca gravidade do asteróide, do equador e polos topograficamente altos para as latitudes médias topograficamente baixas. Este movimento expõe material mais fresco e mais azul no equador e nos polos e deposita o material avermelhado no meio.

A partir da análise do tamanho e das cores das crateras em Ryugu, a equipa da Hayabusa2 concluiu que, em algum momento, o asteróide deveria estar mais perto do Sol do que está agora. Isto explicaria a quantidade de avermelhamento da superfície. Usando dois modelos diferentes para calcular a idade das crateras, a equipa estimou que esse avermelhamento induzido pelo aquecimento solar deve ter acontecido há oito milhões de anos ou há 300.000 anos atrás – um mero piscar de olhos, cosmologicamente falando.

Estas estatísticas das crateras, baseadas em imagens coletadas pela Hayabusa2, mostram até que a idade da superfície geral do asteroide provavelmente não passa de 17 milhões de anos, muito mais jovem do que aquilo que se pensava anteriormente.

PARTILHAR

RESPONDER

António Costa reeleito secretário-geral do PS com 94% dos votos

António Costa foi reeleito no sábado secretário-geral do PS, com 94% dos votos, para um novo mandato de dois anos, de acordo com resultados provisórios divulgados hoje pela Comissão Organizadora do Congresso (COC) do PS. O …

"Pessoas como nós". Presidente da República alerta contra indiferença no Dia Mundial do Refugiado

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, alertou contra a indiferença e os "discursos oportunistas" numa mensagem alusiva ao Dia Mundial do Refugiado, que hoje se assinala. “Este ano sob o mote ‘Juntos cuidamos, aprendemos …

Três portugueses entre os cinco mortos em colapso de escola na Bélgica

No dia de ontem, as autoridades belgas confirmaram a morte de cinco pessoas, entre as quais três portugueses, no desabamento de uma escola em obras na cidade de Antuérpia, na Bélgica. Para além dos dois corpos …

Descoberto mecanismo que pode aumentar a expectativa de vida

Ao longo do tempo foram descobertas várias causas para o envelhecimento, mas permanece a questão de saber se existem mecanismos subjacentes comuns que determinam o envelhecimento e a expectativa de vida. Um equipa de investigadores do …

"Trabalhador atravessou faixa de rodagem". MAI diz que carro de Cabrita não se despistou

O Ministério da Administração Interna esclareceu que não existia sinalização para alertar os condutores dos “trabalhos de limpeza em curso" na autoestrada A6, no Alentejo, na sexta-feira, quando a viatura do ministro atropelou mortalmente um …

Caracol carrega o menor computador do mundo (e desvenda mistério sobre extinção em massa)

A decisão de introduzir caracóis não nativos no Taiti levou à extinção de 56 espécies de caramujos arbóreos. Contudo, uma das espécies sobreviveu. Para perceber como este "milagre" aconteceu, uma equipa usou o menor computador …

Cientistas estudam a presença de água líquida em exoluas de planetas "fugitivos"

Astrofísicos calcularam que tais sistemas poderiam abrigar água suficiente para tornar a vida possível - e sustentá-la. A água - no estado líquido - é o elixir da vida. Tornou a vida possível na Terra e …

Portugal tem o segundo melhor ataque do Euro. E a terceira pior defesa

Fechada a segunda jornada da fase de Grupos do Euro 2020, a seleção nacional tem o segundo melhor ataque da prova, com 5 golos marcados, atrás apenas da Itália. Mas tem também a terceira pior …

Espanha 1-1 Polónia | Hino ao desperdício trama La Roja

A Polónia, comandada pelo treinador português Paulo Sousa, empatou hoje a um golo com a Espanha, em Sevilha, em encontro da segunda jornada do Grupo E do Euro2020, mantendo-se ambas sem vitórias. A formação espanhola, que …

Já pode ajudar a NASA a batizar o manequim que vai até à Lua

A agência espacial norte-americana está a pedir ajuda para batizar o "Moonikin", o manequim que vai a bordo da nave Orion, durante a missão lunar Artemis I, ainda este ano. Quando a nave espacial Orion, da …