Revelados segredos da superfície e órbita do asteróide Ryugu

Akademy / Flickr

Asteróide Ryugu numa imagem capturada pela nave espacial japonesa Hayabusa2

A sonda Hayabusa recolheu amostras da superfície do asteróide Ruygu que permitem desvendar segredos da sua superfície e da sua órbita.

A 21 de fevereiro de 2019, a sonda japonesa Hayabusa 2 conseguiu tocar com sucesso no asteróide Ryugu e recolher amostras. Para tal, foi disparado um projétil de 5 gramas, que rompeu a superfície do asteróide localizado a cerca de 350 milhões de quilómetros da Terra.

Tendo partido de Ryugu em novembro de 2019, a Hayabusa2 deverá voar sob a Terra no final de 2020 e libertar as suas amostras numa cápsula de reentrada para análises detalhadas em laboratórios de todo o mundo.

Num novo artigo publicado, na semana passada, na revista Science, a equipa da Hayabusa2 relata as suas observações do próprio processo de amostragem e quais medidas da superfície de Ryugu podem contar-nos sobre a sua evolução.

Estas observações mostram uma história notável de um viajante cósmico que viajou do cinturão principal de asteroides, fazendo uma excursão de curta duração perto do Sol, antes de finalmente se estabelecer como um asteróide próximo à Terra.

Ao entender melhor como e por que Ryugu ganhou a sua aparência atual, teremos um modelo mais abrangente de como os corpos do sistema solar se formam e se desenvolvem.

Um passado colorido

O novo artigo descreve como algumas partes de Ryugu são “mais azuis” e outras são “mais vermelhas”.

Estes termos estão relacionados com variações subtis na cor da superfície do asteróide através do espectro visível. A equipa da Hayabusa2 descobriu que o equador e os polos do asteróide são mais azuis, enquanto as latitudes médias são mais vermelhas. Curiosamente, esta diferença de cor pode estar associada à idade. Isto ocorre porque as superfícies expostas são escurecidas e avermelhadas pelo clima e aquecimento pelo Sol, que é o principal mecanismo para Ryugu.

Quando a Hayabusa2 disparou o seu projétil a uma distância de cerca de um metro, e depois os seus propulsores para se afastar do asteróide, uma nuvem de vermelho, pedras escuras e grãos finos pairou antes de cair na superfície. A equipa da missão concluiu que estas partículas, originalmente apenas nas superfícies expostas das rochas, espalharam-se por todo o local de amostragem, passando de uma cor ligeiramente azul para ligeiramente vermelha.

O material exposto, avermelhado pelo Sol e pelo clima, move-se lentamente sob a fraca gravidade do asteróide, do equador e polos topograficamente altos para as latitudes médias topograficamente baixas. Este movimento expõe material mais fresco e mais azul no equador e nos polos e deposita o material avermelhado no meio.

A partir da análise do tamanho e das cores das crateras em Ryugu, a equipa da Hayabusa2 concluiu que, em algum momento, o asteróide deveria estar mais perto do Sol do que está agora. Isto explicaria a quantidade de avermelhamento da superfície. Usando dois modelos diferentes para calcular a idade das crateras, a equipa estimou que esse avermelhamento induzido pelo aquecimento solar deve ter acontecido há oito milhões de anos ou há 300.000 anos atrás – um mero piscar de olhos, cosmologicamente falando.

Estas estatísticas das crateras, baseadas em imagens coletadas pela Hayabusa2, mostram até que a idade da superfície geral do asteroide provavelmente não passa de 17 milhões de anos, muito mais jovem do que aquilo que se pensava anteriormente.

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Nuno Santos e Medina vão esperar sentados pelo lugar de Costa (mas o ministro já mexe os cordelinhos)

Há dois nomes que começam a ganhar força como possíveis sucessores de António Costa na liderança do PS - Pedro Nuno Santos e Fernando Medina. Mas ainda vão ter que esperar "bastante" por isso, prevê …

PJ fez novas buscas por Maddie em três poços no Algarve

A Polícia Judiciária (PJ) procurou o corpo de Madeleine McCann em três poços de água localizados em zonas rurais do concelho de Vila do Bispo, no Algarve. A informação é avançada este sábado pelo Correia da …

Berardo abre museu em Estremoz com fundos da União Europeia

O semanário Expresso avança na sua edição deste sábado que Joe Berardo instalou um museu em Estremoz, no distrito de Évora, financiado, na sua grande maioria, com fundos da União Europeia (UE). De acordo com o …

Há três dias que os casos aumentam em Itália. Espanha endurece medidas

Os casos de novas infeções com o novo coronavírus aumentaram pelo terceiro dia consecutivo, em Itália, onde nas últimas 24 horas se registaram mais 276 contaminações, comparando com 229, 193 e 138, nos dias anteriores. O …

MP investiga juiz acusado de pagar por sexo enquanto ouvia menores abusados (ele alega que o querem tramar)

O Ministério Público (MP) instaurou um inquérito à denúncia feita, no Parlamento, pela dona de uma casa de prostituição que revelou que um juiz pedia para lhe fazerem sexo oral enquanto via vídeos dos menores …

Câmara de Sintra admite 700 casos confirmados que ainda não foram contactados

O presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, admitiu que existem cerca de 700 casos positivos de covid-19 no concelho que, apesar de identificados, não foi ainda possível contactar. Em entrevista ao jornal Público …

Jesus quer regressar ao Benfica. Acordo deve ficar fechado nas próximas horas

O futuro de Jorge Jesus continua a fazer correr muita tinta. Em Portugal, diz-se que o treinador tem um acordo quase fechado para regressar ao Benfica, enquanto que no Brasil há garantias de que ficará …

Erdogan anuncia que Santa Sofia volta a ser uma mesquita. UNESCO lamenta profundamente

O Presidente turco anunciou que as primeiras orações coletivas muçulmanas serão realizadas em 24 de julho em Santa Sofia, convertida em mesquita, acrescentando que o edifício permanecerá aberto a visitantes de todos os credos. "Vamos fazer …

PSD tem um substituto para o modelo Infarmed: reuniões no Parlamento transmitidas na televisão

O PSD considera que o "modelo Infarmed" já deu o que tinha a dar e, por isso, propõe substituí-lo por encontros públicos. O Expresso teve acesso a um projeto de resolução do PSD, entregue esta sexta-feira, …

José Mourinho diz que já não celebra golos (e explica porquê)

O treinador português José Mourinho diz que já não celebra os golos marcados pelo Tottenham, atribuindo as culpas deste seu comportamento ao VAR. "Eu já não celebro os golos, porque eu nunca sei se vai ser …