Revelados segredos da superfície e órbita do asteróide Ryugu

Akademy / Flickr

Asteróide Ryugu numa imagem capturada pela nave espacial japonesa Hayabusa2

A sonda Hayabusa recolheu amostras da superfície do asteróide Ruygu que permitem desvendar segredos da sua superfície e da sua órbita.

A 21 de fevereiro de 2019, a sonda japonesa Hayabusa 2 conseguiu tocar com sucesso no asteróide Ryugu e recolher amostras. Para tal, foi disparado um projétil de 5 gramas, que rompeu a superfície do asteróide localizado a cerca de 350 milhões de quilómetros da Terra.

Tendo partido de Ryugu em novembro de 2019, a Hayabusa2 deverá voar sob a Terra no final de 2020 e libertar as suas amostras numa cápsula de reentrada para análises detalhadas em laboratórios de todo o mundo.

Num novo artigo publicado, na semana passada, na revista Science, a equipa da Hayabusa2 relata as suas observações do próprio processo de amostragem e quais medidas da superfície de Ryugu podem contar-nos sobre a sua evolução.

Estas observações mostram uma história notável de um viajante cósmico que viajou do cinturão principal de asteroides, fazendo uma excursão de curta duração perto do Sol, antes de finalmente se estabelecer como um asteróide próximo à Terra.

Ao entender melhor como e por que Ryugu ganhou a sua aparência atual, teremos um modelo mais abrangente de como os corpos do sistema solar se formam e se desenvolvem.

Um passado colorido

O novo artigo descreve como algumas partes de Ryugu são “mais azuis” e outras são “mais vermelhas”.

Estes termos estão relacionados com variações subtis na cor da superfície do asteróide através do espectro visível. A equipa da Hayabusa2 descobriu que o equador e os polos do asteróide são mais azuis, enquanto as latitudes médias são mais vermelhas. Curiosamente, esta diferença de cor pode estar associada à idade. Isto ocorre porque as superfícies expostas são escurecidas e avermelhadas pelo clima e aquecimento pelo Sol, que é o principal mecanismo para Ryugu.

Quando a Hayabusa2 disparou o seu projétil a uma distância de cerca de um metro, e depois os seus propulsores para se afastar do asteróide, uma nuvem de vermelho, pedras escuras e grãos finos pairou antes de cair na superfície. A equipa da missão concluiu que estas partículas, originalmente apenas nas superfícies expostas das rochas, espalharam-se por todo o local de amostragem, passando de uma cor ligeiramente azul para ligeiramente vermelha.

O material exposto, avermelhado pelo Sol e pelo clima, move-se lentamente sob a fraca gravidade do asteróide, do equador e polos topograficamente altos para as latitudes médias topograficamente baixas. Este movimento expõe material mais fresco e mais azul no equador e nos polos e deposita o material avermelhado no meio.

A partir da análise do tamanho e das cores das crateras em Ryugu, a equipa da Hayabusa2 concluiu que, em algum momento, o asteróide deveria estar mais perto do Sol do que está agora. Isto explicaria a quantidade de avermelhamento da superfície. Usando dois modelos diferentes para calcular a idade das crateras, a equipa estimou que esse avermelhamento induzido pelo aquecimento solar deve ter acontecido há oito milhões de anos ou há 300.000 anos atrás – um mero piscar de olhos, cosmologicamente falando.

Estas estatísticas das crateras, baseadas em imagens coletadas pela Hayabusa2, mostram até que a idade da superfície geral do asteroide provavelmente não passa de 17 milhões de anos, muito mais jovem do que aquilo que se pensava anteriormente.

PARTILHAR

RESPONDER

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …