Construtora da sede da PJ investigada por suspeitas de burla ao Estado e gestão danosa

Tiago Henrique Marques / Lusa

O Ministério da Justiça garante que o novo edifício da PJ ainda não foi formalmente recebido pelo Estado por terem sido detetadas algumas deficiências na obra.

Esta reação do governo surge na sequência da notícia do semanário Sol deste fim de semana que dá conta de que a construção da sede da PJ, em Lisboa, está a ser investigada pelo Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa por suspeitas de burla ao Estado e gestão danosa.

Segundo o jornal, quando em 2014 o edifício foi inaugurado as desconformidades foram elencadas em seis os volumes, que continham 20 mil itens com irregularidades.

Na resposta enviada ao i, o gabinete de Francisca Van Dunem, “a receção definitiva ainda não teve lugar por não ter decorrido o prazo legalmente previsto para esse efeito, nem terem caducado as garantias de boa execução da obra”.

Apesar de a obra não ter ainda sido recebida pelo Estado, é agora mais difícil garantir que as responsabilidades serão assacadas à empresa Opway, dado que esta entretanto faliu. O período que medeia a inauguração e a entrega oficial é uma espécie de momento de teste, em que poderá ser pedida ao empreiteiro a correção de todos os problemas.

A tutela diz ainda que “não foram detetadas irregularidades mas desconformidades pontuais , e apenas no que se refere a equipamentos, entre o previsto no Caderno de Encargos e o fornecido e executado em obra”. Acrescenta ainda que as mesmas “são da inteira responsabilidade do empreiteiro” e que “já foram reclamadas”.

Não comentando se tem ou não conhecimento do inquérito-crime, o gabinete de Francisca Van Dunem lembra que “a partir da receção provisória o IGFEJ comunicou ao empreiteiro a lista de deficiências a corrigir, tendo ao longo do tempo acompanhado a intervenção daquele e insistido pelas correções”.

Já a direção da PJ garante que sempre foi dado o reporte de todas as incorreções: “A Polícia Judiciária que também acompanhou a execução quer da obra quer do projetos, foi ao longo da utilização do edifício, comunicando ao IGFEJ a ocorrência de deficiências de funcionamento e avarias, como é normal em qualquer edifício novo”.

A tutela não revelou qual o valor aproximado das correções que precisam ser feitas.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Situação clínica de Alfredo Quintana é "muito grave"

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol, de 32 anos, sofreu uma paragem cardíaca num treino, na segunda-feira. Encontra-se internado no Hospital de São João, no Porto, e a situação clínica é "muito grave". A situação clínica …

Documentos mostram que assassinos de Khashoggi usaram aviões de empresa controlada pelo príncipe herdeiro

Documentos judiciais revelam que os dois jatos particulares usados ​​pelos supostos assassinos do jornalista Jamal Khashoggi pertenciam a uma empresa que, menos de um ano antes, tinha sido apreendida pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita. Os …

António Guterres agradece confiança do Governo português

O secretário-geral da ONU expressou, esta quarta-feira, agradecimento e humildade por receber o apoio oficial do Governo português para um segundo mandato e prometeu fazer de tudo para continuar a ser digno da renomeação. "O secretário-geral …

Israel identifica cidadãos que não foram vacinados. Na Galiza, quem recusar vacina arrisca multa

O Parlamento israelita autorizou esta quarta-feira o Ministério da Saúde a comunicar às entidades públicas do país as identidades de pessoas não vacinadas contra a covid-19, levantando preocupações sobre a privacidade dos cidadãos que recusam …

Testes por saliva usados em eventos-piloto antes de festivais de verão

Os agentes ligados a festivais e concertos e a Direção-Geral de Saúde (DGS) vão realizar várias experiências-piloto para se perceber em que moldes se podem concretizar os festivais de música no verão. Uma das ideias é …

Mais 49 mortes e 1.160 casos de covid-19. Há menos doentes internados do que no Natal

O boletim divulgado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que foram registados 1.160 novos casos de covid-19 em Portugal. Nas últimas 24 horas, morreram 49 pessoas. Portugal registou, esta quinta-feira, 1.160 novos casos de …

Bruxelas vai rever regras de uso de telemóvel em roaming

A Comissão Europeia vai rever as regras sobre o roaming do telemóvel, ajustando as tarifas máximas e aumentando a transparência, tendo em vista que o regulamento em vigor caduca a 30 de junho de 2022. Segundo …

Amnistia Internacional retira estatuto de prisioneiro de consciência a Navalny

A Amnistia Internacional anunciou que não pode considerar o principal opositor russo um "prisioneiro de consciência" devido a algumas declarações nacionalistas e xenófobas feitas por si no passado. Esta informação foi revelada, na terça-feira, pelo jornalista …

CGTP volta à rua com concentrações nos distritos e greves e plenários nas empresas

A CGTP vai voltar à rua pela valorização dos salários e do emprego e o respeito pelos direitos individuais e coletivos. A CGTP volta à rua com uma Jornada Nacional de Luta descentralizada para exigir melhores …

27 reúnem-se numa videocimeira para discutir restrições e a aceleração do processo de vacinação

Esta quinta-feira, os 27 reúnem-se virtualmente, numa cimeira coordenada, a partir de Bruxelas, pelo presidente do Conselho Europeu Charles Michel.  Segundo apurou a TSF, na videocimeira desta quinta-feira, os governos deverão reconhecer que a situação epidemiológica …