Sepulturas revelam a secreta história muçulmana de uma cidade espanhola

El Patiaz Cultural Association

Centenas de túmulos descobertos na cidade espanhola de Tauste, perto de Saragoça, revelam a sua história muçulmana anteriormente desconhecida.

A invasão muçulmana da Península Ibérica ocorreu entre 711 e 726, quando tropas islâmicas oriundas do Norte de África cruzaram o estreito de Gibraltar e penetraram na Península Ibérica. Nos anos seguintes, os muçulmanos foram alargando as suas conquistas, assenhoreando-se do território designado em língua árabe como Al-Andalus, que governaram por quase oitocentos anos.

Agora, uma equipa de investigadores encontrou no nordeste espanhol um dos maiores cemitérios muçulmanos do país, com 433 sepulturas, algumas das quais pertencentes aos primeiros 100 anos da invasão muçulmana.

De acordo com o Live Science, os arqueólogos desenterraram os túmulos antigos de um mausoléu em Tauste, no Vale do Ebro, a cerca de 40 quilómetros de Saragoça. Os restos mortais encontrados no sítio arqueológico provam que os mortos foram enterrados de acordo com os rituais fúnebres muçulmanos e sugerem que a cidade foi maioritariamente islâmica durante centenas de anos.

No entanto, nos registos e histórias locais não se faz menção do domínio muçulmano sobre este região. “O número de pessoas enterradas na necrópole e o tempo em que foi ocupada indicam que Tauste era uma cidade importante no Vale do Ebro na época islâmica”, disse a arqueóloga Eva Giménez ao Live Science.

El Patiaz Cultural Association

As sepulturas encontradas também tinham características tipicamente muçulmanas. Além de serem suficientemente grandes para nelas caber o corpo inteiro, os mortos eram enterrados numa mortalha branca, independentemente do seu estatuto social.

Giménez sugere também que mais sepulturas muçulmanas podem ainda ser encontradas: “Agora temos informações que indicam que o tamanho da necrópole é maior do que o que se sabia”.

A influência do domínio islâmico foi reconhecida em partes próximas da região, mas a fase islâmica em Tauste era até agora desconhecida. No passado, túmulos antigos foram descobertos na cidade, mas pensava-se serem de vítimas de uma pandemia de cólera que matou 250 mil pessoas em Espanha em 1854 e 1855, explicou a diretora do Observatório Antropológico da Necrópole Islâmica de Tauste, Miriam Pina Pardos.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …