Rússia diz que consegue ir a Marte em apenas 45 dias (e depois voltar)

A Rússia anunciou que está a desenvolver um foguete nuclear capaz de chegar a Marte em apenas 45 dias. E depois voltar.

Embora a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) e outras agências espaciais estejam a criar sistemas capazes de levar uma tripulação até Marte, a utilização de foguetes convencionais não só faz com que a longa duração da viagem se torne, por si só, num problema logístico (comida para a tripulação) e de risco acrescido (exposição à radiação) como também faz com que essa viagem seja apenas de ida – a não ser que se arranjasse forma de gerar combustível em Marte, ou se gastassem muitos biliões de dólares extra para transportar para lá todo o combustível necessário para a viagem de regresso.

A Rosatom, órgão que regula o mercado energético russo (incluindo a energia nuclear), alega ter uma solução bastante mais económica e eficiente, que resolve ambos os problemas: um foguete com motor nuclear que poderá chegar a Marte em apenas 45 dias, e que ainda terá combustível suficiente para regressar à Terra, algo que a NASA ainda não é capaz de realizar.

Embora possa parecer bom demais para ser verdade, ninguém pode ignorar que a Rússia desenvolveu este tipo de tecnologia durante várias décadas (a Guerra Fria facilitava esse tipo de “investimentos”) e que já na altura estes motores atómicos eram muito mais eficientes que os motores químicos. Com a tecnologia atual, essa eficiência seria ainda maior, fazendo com que estas promessas não sejam assim tão descabidas.

Infelizmente, a situação económica da Rússia não é a melhor, e embora o valor pedido para o desenvolvimento deste motor seja uma fração daquele que a NASA tem destinado para a criação do seu novo mega-foguetão para chegar a Marte, existem sérias dúvidas sobre se este projecto conseguirá chegar ao fim e ter um produto para apresentar.

O objetivo inicial seria ter um protótipo pronto em 2025.

Aberto até de Madrugada

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Governo da Malásia pede desculpa após recomendações sexistas para período de confinamento

O Governo da Malásia pediu desculpas após reações contra recomendações consideradas sexistas dirigidas às mulheres durante o período de confinamento devido à pandemia de Covid-19, que já causou naquele país causou três mortes e 2.766 …

Linha SNS 24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia

O secretário de Estado da Saúde saudou a capacidade de adaptação dos profissionais de saúde e do Governo à pandemia covid-19, dando como exemplo a Linha SNS 24 que está a atender mais de 18 …

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …