Rússia cria ‘muro da vergonha’ para professoras ousadas

A Rússia vai aprovar um ‘muro da vergonha’ para as professoras que se vistam de forma mais ousada e que se recusem a cumprir com o novo código de vestuário, de acordo com o jornal oficial Rossiyskaya Gazeta.

O código de vestuário está a ser elaborado pela câmara baixa do Parlamento russo, juntamente com um novo uniforme escolar para os alunos, e apesar de não obrigar os professores a usar uniforme, inclui um conjunto de recomendações sobre a roupa apropriada.

As professoras serão, assim, impedidas de usar mini-saias, decotes arrojados ou demasiada maquilhagem, e os vestidos demasiado coloridos e acessórios de larga dimensão também estão proibidos, afirma a agência estatal russa, citando o jornal oficial do regime.

Apesar de os professores não poderem ser despedidos se se recusarem a obedecer às novas regras, os legisladores russos sugerem a colocação de fotografias num ‘muro da vergonha’, acrescenta o relatório.

Os uniformes escolares foram reintroduzidos na Rússia em Setembro deste ano e, ao contrário do que se sucedia na União Soviética, não existe um uniforme único – cada escola tem o direito de decidir sobre o seu uniforme.

De acordo com uma das autoras do código de vestuário, a deputada Yelena Senatorova, que representa o partido do poder no comité parlamentar que analisa os assuntos familiares, “os professores permitem-se vestir com indisfarçável sexualidade e têm biscates em clubes de ‘striptease‘ ou anunciam serviços de carácter sexual na internet”, disse ao diário Izvestia.

De acordo com o levantamento feito pela agência de notícias russa, citando o Komsomolskaya Pravda, uma estagiária na escola pública da cidade de Yaroslavl trabalhava num clube de ‘striptease’, e uma professora de química na cidade de Togliatti foi multada por gerir um bordel no seu apartamento, cujas trabalhadores incluíam uma aluna de 17 anos, tendo ambas argumentado com os baixos salários dos professores.

  // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PAN só viabiliza OE "se houver compromisso do Governo em alterar" a proposta

A porta-voz do PAN afirmou, esta quarta-feira, que o partido só poderá viabilizar o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) se o Governo se comprometer com alterações à proposta na especialidade. Inês Sousa Real falava aos …

Colômbia condenada por não ter investigado agressões "verbais, físicas e sexuais" a jornalista

De acordo com a sentença, o Estado colombiano não investigou devidamente o caso de sequestro, tortura e violação da jornalista Jinedth Bedoya, que estava a trabalhar numa reportagem sobre a guerra civil em 2000. O Tribunal …

Rio diz ter "obrigação" de avançar com recandidatura à liderança do PSD

O presidente do PSD justificou a sua recandidatura à liderança, esta quarta-feira, pela "obrigação" de colocar o interesse do país e do partido à frente da sua vida pessoal. No final de uma audiência com o …

Fenprof e FNE convocam greve nacional de professores para 5 de novembro

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e a Federação Nacional da Educação (FNE) anunciaram, esta quarta-feira, que vão convocar uma greve nacional de professores para 5 de novembro. Em comunicado, a Fenprof refere que a greve …

PCP reconhece aproximação do Governo, mas diz que ainda é insuficiente

O líder parlamentar do PCP considerou, esta quarta-feira, que houve uma aproximação do Governo às propostas do partido, mas que ainda não é suficiente para alterar a avaliação feita sobre o Orçamento do Estado para …

Alemanha pode falhar objetivo de doação de vacinas contra a covid-19 (e culpa fabricantes)

A Alemanha pode falhar o seu objetivo de doar 100 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 a países mais pobres. Um funcionário do ministério da saúde alemão revelou, numa carta a Bruxelas, que a …

Alexei Navalny vence Prémio Sakharov 2021

O opositor russo Alexei Navalny é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, anunciou o Parlamento Europeu, esta quarta-feira. Alexei Navalny foi nomeado pelos grupos políticos PPE e Renovar a Europa devido …

Extinção do SEF aprovada na especialidade no Parlamento

A proposta do PS e do Bloco de Esquerda sobre a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esta quarta-feira. Segundo o jornal Público, …

Steve Bannon deve ser investigado por envolvimento no ataque ao Capitólio, indica Comissão responsável

Antigo conselheiro de Donald Trump foi aconselhado pelo antigo presidente e pela respetiva equipa de advogados a não colaborar com a comissão especial designada para investigar os ataque. A Comissão responsável por investigar o ataque ao …

Trânsito em Lisboa regista valores mais altos do que em pré-pandemia - e há uma razão para isso

O trânsito na capital tem registado valores que ultrapassaram os da pré-pandemia. O receio que as pessoas ainda têm de usar transportes públicos é visto como o principal fator. Se durante o período de confinamento circular …