Encontrado o corpo da jovem de 16 anos desaparecida no Porto

(dr)

A jovem esteve desaparecida desde segunda-feira de manhã e tinha um historial de depressão e problemas psiquiátricos.

Já foi encontrado o corpo da rapariga de 16 anos que estava desaparecida desde ontem de manhã, na Praia dos Ingleses. A confirmação foi feita pela família, que estava no local. A Polícia Marítima encontrou o corpo no mar pelas 19h15.

Duas peças de roupa e a mochila da jovem já tinham sido encontradas. Amélie desapareceu na zona do Campo Alegre, no Porto, esta segunda-feira de manhã. O alerta do desaparecimento foi dado pela mãe da jovem, que avisou para o risco de suicídio dado que a filha “está há um ano em tratamento psiquiátrico de depressão”.

A mãe, Cristina Barros, revelou ao Notícias ao Minuto que a Polícia Marítima estava a fazer buscas na Praia dos Ingleses, no Porto, onde foi encontrada a mochila da jovem.

O corpo terá sido avistado na “zona de rebentação da praia dos Ingleses, tendo sido de imediato ativados para o local elementos do Comando-local da Polícia Marítima do Douro, do INEM e dos Bombeiros Voluntários Portuenses”, indica a Autoridade Marítima Nacional.

O telemóvel da jovem estava desligado desde ontem à noite. A rapariga tinha levado consigo os medicamentos, “incluindo todos os calmantes que lhe receitaram para tomar só em caso de emergência” e não levou a chave de casa. A mãe adianta que a filha se despediu “de uma forma especial” de manhã antes de ir para a escola.

Amélie Battle Bastos desapareceu na segunda-feira, dia 17, por volta das 8h15 no Porto, na zona do Campo Alegre. Tinha vestido um casaco preto de capuz, calças de ganga claras e uma botas tipo Doc Martens sem cordões.

Foi vista pela última vez na paragem de autocarro do Planetário, junto à escola que frequenta — Colégio Alemão do Porto, na Rua Guerra Junqueiro — e terá entrado num com destino ao Mercado da Foz.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE