Arqueólogos descobrem relevo peruano com 3.800 anos

O relevo encontrado em Vichama, no Peru, tem 3.800 anos, pertence a uma das mais antigas civilizações do continente americano e os arqueólogos pensam que retrata um período de seca e de fome que este povo sofreu.

De acordo com a Deutsche Welle, que cita a agência peruana Andiana, os arqueólogos descobriram um relevo antigo que pertence a uma das mais antigas civilizações do continente americano.

O mural, com um metro de altura e 2,8 metros de comprimento, tem aproximadamente 3.800 anos e é composto por cobras e cabeças de homem. Foi descoberto no litoral do sítio arqueológico de Vichama, a 110 quilómetros a norte de Lima, a capital do país.

Vichama é um dos pontos de escavação da recentemente descoberta civilização Caral, também conhecida como Norte Chico, e está a ser explorada por vários arqueólogos desde 2007.

A civilização Caral tem cinco mil anos, sendo uma das mais antigas do continente americano, e desenvolveu-se ao mesmo tempo que as prósperas civilizações da Mesopotâmia, do Egipto e da China. A população vivia no Vale do Supe, ao longo da costa norte-central do Peru.

Datada de 1800 e 3500 A.C., pensa-se que Vichama fosse uma comunidade de pescadores e uma das várias cidades dos povos Caral. O mural agora encontrado era feito de adobe, um material semelhante a argila do qual eram feitos tijolos e estava localizado no ponto de entrada de um salão cerimonial.

O relevo mostra quatro cabeças humanas, lado a lado, com os olhos fechados, juntamente com duas cobras que passam entre elas. Os animais apontam as suas cabeças para aquilo que parece ser um símbolo de semente humanóide que cava o solo.

Segundo o arqueólogo Ruth Shady, que supervisiona a escavação e anunciou esta descoberta, teoriza que as serpentes podem representar uma divindade da água que irriga a terra e faz as sementes crescerem.

Shady, citada pela DW, afirma que o relevo foi provavelmente feito no final de um período de seca e de fome, até porque outros relevos descobertos nas proximidades mostravam pessoas magras e desfiguradas.

A equipa acredita que a descoberta deste relevo reforça a noção de que estes primeiros humanos estavam a tentar retratar as dificuldades que enfrentavam devido à mudança climática e à escassez de água, o que teve um grande impacto na sua produção agrícola.

Até agora, já foram descobertas no local de escavação de Caral ruínas de 22 edifícios num espaço de 25 hectares, que remontam entre 1.800 e 1.500 A.C.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …