Reino Unido vai testar “passaportes covid” em cinemas e eventos desportivos

number10gov / Flickr

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson

O Governo britânico vai começar a testar este mês os “passaportes“ covid-19 em cinemas e eventos desportivos no âmbito da estratégia de redução gradual das restrições no país, onde metade da população adulta já tomou uma dose da vacina.

Com estes passaportes, as pessoas poderão comprovar que foram vacinadas, que têm um teste negativo para a covid-19 ou anticorpos após vencer a doença, segundo revelam os meios de comunicação locais.

O objetivo é que esta espécie de atestados – contra os quais vários deputados se manifestaram – possam contribuir para o regresso seguro dos espetadores a eventos como jogos de futebol, conferências, cinemas ou até mesmo a discotecas, sem que haja necessidade de impor distanciamento social.

Os ensaios arrancam este mês e prolongam-se até meados de maio, envolvendo eventos como a semifinal da Taça da Associação de Futebol, que terá lugar em Sheffield, e teatros.

A BBC noticiou que o Sistema Nacional de Saúde (NHS na sigla em inglês) britânico está a trabalhar num sistema que permite às pessoas demonstrar a sua situação de saúde em relação à covid-19 através de uma aplicação ou de um certificado em papel.

O Governo liderado por Boris Johnson, refere ainda o canal de televisão estatal, está também a ouvir especialistas para saber como lidar com a ausência destes certificados no caso das pessoas que não podem ser vacinadas.

Certo é que o Governo não quer que os “passaportes“ sejam usados para entrar em lojas que vendem produtos não essenciais, cuja reabertura está marcada para 12 de abril.

Os detalhes do plano de desconfinamento deverão ser revelados esta segunda-feira por Boris Johnson, incluindo as autorizações de viagens de e para o estrangeiro.

Por outro lado, o canal avança ainda que Boris Johnson anunciou uma nova campanha de testagem em massa, na qual todos em Inglaterra poderão fazer um teste à Covid-19 duas vezes por semana, a partir de 9 de abril.

O objetivo do novo programa de testes em massa é quebrar cadeias de transmissões e detetar casos sem sintomas, numa altura em que o país está a desconfinar. O secretário da saúde disse que esta medida ajudaria a evitar quaisquer surtos.

O país vai anunciar esta segunda-feira o plano para a retoma das viagens internacionais, que consistirá num sistema de cores, conhecido como “semáforo“, dependendo do nível de risco de cada país. A data provisória para esta retoma é 17 de maio.

Quem viajar para países com sinalização “verde” – isto é, com baixo risco de contágio – fará um teste à covid-19 antes e depois da viagem.

Já os que vão para países com risco “amarelo” ou “vermelho” terão que se isolar posteriormente.

Atualmente, as pessoas que chegam do exterior ao Reino Unido são obrigadas a um isolamento de 10 dias.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Prosecco ou prošek? A batalha da UE entre Itália e Croácia por causa de vinho

Prosecco é provavelmente o vinho italiano mais famoso, mas por trás da efervescência deste néctar, a Itália está numa grande disputa sobre se a Croácia pode vender um vinho de sobremesa com o nome de …

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …