Reino Unido contra acolhimento de imigrantes do Mediterrâneo na União Europeia

(dr)

Marinha italiana resgata imigrantes norte-africanos em Lampedusa

Marinha italiana resgata imigrantes norte-africanos em Lampedusa

A ministra do Interior britânica, Theresa May, deixou claro que o governo conservador “vai resistir” aos planos da UE para fixar no Reino Unido imigrantes chegados ao continente pelo mar Mediterrâneo.

Num artigo publicado esta quarta-feira no diário The Times, a ministra mostra-se em desacordo com a mensagem transmitida na segunda-feira às Nações Unidas pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, na qual garantiu que a UE actuará em conformidade com a lei, assegurando que nenhum refugiado ou imigrante encontrado no mar seja devolvido ao ponto de origem contra vontade.

Para May “esta perspectiva vai funcionar como um incentivo no Mediterrâneo e levará mais pessoas a arriscarem a sua vida” para tentar chegar à Europa.

A ministra, cujo partido ganhou por maioria absoluta as legislativas britânicas na quinta-feira, pediu “para não se fazer nada que incentive mais pessoas a empreender estas perigosas viagens” por mar “ou que se facilitem as coisas para os grupos” de traficantes que exploram os imigrantes.

“Por este motivo, o Reino Unido não vai participar num sistema obrigatório de acolhimento” de imigrantes, declarou.

May advertiu ser preciso “distinguir entre aqueles que fogem de perseguições e os imigrantes económicos que atravessam o Mediterrâneo à procura de uma vida melhor”.

Na opinião da ministra, o que deve ser feito para travar a chegada de imigrantes à Europa, através do Mediterrâneo, e evitar mais mortes, é activar um plano que separe as operações de socorro dos processos de obtenção de vistos de entrada na UE.

Para isso seria necessário estabelecer bases no norte de África para gerir os regressos, enquanto as forças de segurança se ocupariam das operações de socorro, em caso de naufrágios, e da perseguição aos traficantes.

A segunda proposta do Reino Unido é “deter o problema na origem, atrasando o processo de viagem nos países de trânsito”, o que levaria a “um regresso aos países de origem” ou à permanência em Estados fora da Europa.

Em terceiro lugar, May propõe a organização de um programa europeu de luta contra o crime organizado que trafica imigrantes, desesperados por chegar ao continente europeu.

“Finalmente, devemos resistir – e resistiremos – aos apelos para um acolhimento e permanência obrigatórios de imigrantes na Europa”, defendeu.

De acordo com dados da ONU, entre janeiro e finais de abril, quase 1.800 imigrantes morreram ao tentarem atravessar o mar Mediterrâneo para chegar à Europa, 30 vezes mais do que em igual período do ano passado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Colocações no ensino superior adiadas para o final de setembro

Na sequência do adiamento nos calendários dos exames nacionais do ensino secundário, o acesso às licenciaturas é também atrasado. O calendário de acesso ao ensino superior vai ser atrasado em cerca de três semanas. Os resultados …

Rangel e outros 13 eurodeputados do PPE pedem expulsão de partido húngaro

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel e outros 13 chefes de delegação do Partido Popular Europeu (PPE) pediram na terça-feira a expulsão do partido húngaro Fidesz, exigindo ao líder parlamentar daquela família política, Manfred Weber, …

Milhares pediram o cancelamento do TV Fest. Festival foi suspenso

O Ministério da Cultura criou um festival televisivo exclusivamente dedicado à música portuguesa em parceria com a RTP, mas o formato e os critérios estão a causar forte polémica no meio. Uma petição pública online …

Comércio internacional pode cair para níveis da Grande Depressão

A Organização Mundial do Comércio referiu na quarta-feira que o arrefecimento do comércio internacional provocado pela Covid-19 pode chegar aos níveis registados nos anos 30 devido à Grande Depressão. Segundo noticiou o Observador, na melhor das …

Loja de telemóveis apanhada a vender álcool gel com lucro até 400%

Os inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram, em Lisboa, uma loja de reparação e venda de acessórios para telemóveis a vender frascos de gel desinfetante de 500 ml a 24,95 euros …

Em Portimão, uma sirene toca quando alguém sai de casa sem justificação

A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém sair de casa e andar na rua sem justificação. O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de Portimão em comunicado. De …

Short Selling - ou como vender ações emprestadas para ganhar muito dinheiro

Vender ações da bolsa que não são suas é uma forma de ganhar bastante dinheiro. Esta forma de negociação, denominada short selling, é muito lucrativa mas implica algum risco, pelo que é prudente aconselhar-se junto …

"Nem mais um abuso". Grupo no Whatsapp servia para planear ataques à polícia em Espanha

Dois homens de 25 e 30 anos, os dois criadores de um grupo de Whatsapp que servia para planear ataques à polícia espanhola, foram detidos esta terça-feira. De acordo com o jornal espanhol El País, o …

Trabalhadores independentes que reduziram descontos da Segurança Social terão apoio mais baixo

Os trabalhadores independentes que optaram por reduzir em 25%, de forma fictícia, o rendimento sobre o qual incidem as contribuições, e que por isso descontaram menos, verão refletida essa diminuição no apoio que podem receber …

Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o …