Rede Wi-Fi “terrorista” no avião atrasa voo em 2 horas

Um voo da companhia aérea australiana Qantas foi atrasado em mais de 2 horas devido a um alerta, lançado por uma passageira, que identificou uma rede Wi-Fi com um nome “aterrorizador”

Não é a primeira vez que uma brincadeira de mau gosto provoca transtornos e atrasos em voos comerciais.Em 2014, um voo da American Airlines foi anulado por ter sido encontrada uma rede Wi-Fi com o nome de Al-Qaeda.

Desta vez, aconteceu no voo QF481, da Qantas, que partia este sábado de Melbourne, na Austrália, com destino a Perth, no sudoeste do país.

Uma passageira ficou aterrorizada quando reparou que a rede Wi-Fi de um outro passageiro tinha o nome de Mobile Detonation Devicedispositivo móvel de detonação, e alertou de imediato a tripulação.

Segundo o The West Australian, a ameaçadora rede aparecia na lista de redes Wi-Fi disponíveis nos telemóveis dos passageiros, com um alcance razoável, não sendo possível excluir que o dispositivo estivesse não no avião mas no terminal do aeroporto.

Um dos passageiros do voo, John Vidler, contou ao jornal que o capitão avisou os passageiros que o voo a partida estava atrasada porque “um aparelho que se presumia estar a bordo tinha que ser encontrado”.

“O aparelho em causa tem uma rede Wi-Fi com um nome ameaçador e não partiremos sem o encontrar”, disse o capitão.

No entanto, após buscas exaustivas, o aparelho não foi encontrado.

Apesar das garantias da companhia aérea de que havia condições de segurança para partir, cerca de 40 passageiros recusaram-se a prosseguir viagem na aeronave em causa, e exigiram sair do avião.

A saída dos passageiros obrigou a que as suas malas fossem encontradas e removidas do porão de carga, o que atrasou ainda mais o voo.

Apesar do incidente, o voo QF481 seguiu viagem, tendo chegado a Perth com duas horas de atraso – mas intacto.

AJB, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mais valia dizer que não podem fazer nada contra a criação de redes WiFi… Ou hotspots…sem limitar a liberdade de expressão. Encontrar um emissor é das coisas mais fáceis que há.. principalmente para um técnico de redes (que certamente existe no aeroporto). É mesmo que tenha sido desligada, um especialista forense certamente descobre o MAC de origem que a tal senhora “leu” no seu telemóvel (fica em registo no equipamento) e com isso.. Identifica o dono (Com o MAC descobre qual o equipamento original… É com isso vem o resto.. IMEI, SN, etc etc)

    Parece-me uma desculpa d quem não quer mais problemas..

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …