Cientistas revelam quantos anos podem viver os tubarões-baleia

Daniel Kwok / Flickr

Uma equipa de investigadores desenvolveu um algoritmo matemático que ajuda a calcular a idade destes animais, uma espécie em perigo de extinção.

Cientistas da Nova Southeastern University, na Flórida, Estados Unidos, conseguiram calcular a longevidade dos tubarões-baleia, considerando que os exemplares desta espécie única podem viver até aos 130 anos, chegando a ter 12 metros de largura e a pesar 20 toneladas.

Em declarações ao Gizmodo, o professor Mahmood Shivji explicou que é sempre um grande desafio estudar o crescimento e reprodução destes animais, uma espécie em perigo de extinção e da qual se desconhece o número de exemplares vivos nos oceanos.



Anteriormente, já tinham sido realizados outros estudos para tentar perceber a longevidade destes animais, que concluíram que seria de 79 a 174 anos de idade.

A intenção desta equipa de investigadores, porém, não era apenas poder calcular a sua idade, mas também responder a muitas perguntas ainda sem resposta sobre estes gigantes marinhos.

Nos estudos anteriores, foram usados restos mortais destes animais para calcular a idade, o que deixava alguma margem de erro nos cálculos. Para realizar este novo estudo, publicado na revista científica Marine and Freshwater Research, os cientistas desenvolveram um programa matemático no qual foram completando não só com os dados que já existiam dos esqueletos, como também com informações obtidas através da análise realizada a exemplares vivos no oceano Índico.

Saber o tamanho destes tubarões e quanto tempo podem viver é importante por razões de conservação, explica o mesmo site. “Uma compreensão mais profunda dos parâmetros de idade e crescimento levará a melhores estimativas da capacidade das populações de tubarões-baleia de se recuperarem da superexploração e é vital para os planos eficazes de manejo”, escrevem os cientistas.

É importante destacar que isto é apenas um modelo, ou seja, é apenas uma estimativa e os cientistas ainda não conseguiram confirmar de forma direta um tubarão-baleia com 130 anos. No entanto, essas medidas são as melhores que os cientistas têm neste momento, afirma Shivji, e as mesmas técnicas talvez possam funcionar com outras espécies de tubarões.

“Este é um novo método de medição de tubarões vivos que pode ser aplicado noutros lugares”, declara o investigador. “Não temos de matar os animais ou confiar apenas nos dados dos animais que são capturados na pesca”.

ZAP ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera

Um novo estudo mostra que as enormes emissões de gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera. Tal como explica o jornal The Guardian, os investigadores descobriram que a espessura desta camada atmosférica …

Morreu Luís Nunes da Ponte, fundador do PS

Luís Nunes da Ponte morreu aos 75 anos. O PS manifestou “profundo pesar” e agradeceu o seu trabalho “em prol da luta pela liberdade e pela democracia”. Luís Nunes da Ponte, um dos fundadores do PS, …

Caçador de planetas. NASA espera que o telescópio Roman encontre 100 mil novos mundos

A missão do telescópio espacial Roman da NASA - que será lançado em meados da década de 2020 - deve encontrar pelo menos 100 mil novos exoplanetas, dizem astrónomos. Desde a década de 1990, foram descobertos …

Robôs "burros" trabalham em conjunto para realizar tarefas complexas

Uma nova pesquisa mostra que, ao mesmo tempo que aumentam as interações magnéticas, um enxame de robôs dispersos, chamados BOBbots, pode reunir-se em aglomerados compactos para realizar tarefas complexas. Fazer com que um enxame de robôs …

O uso doméstico de carvão na China resulta em mortes prematuras

Um novo estudo indica que, na China, a poluição da queima de carvão residencial causa um número desproporcional de mortes prematuras por exposição a poluentes minúsculos inaláveis, conhecidos como PM2.5. A combustão do carvão por centrais …

Estudo alerta para níveis preocupantes de produtos químicos tóxicos no leite materno

Um novo estudo, que analisou o leite materno de mulheres americanas quanto à contaminação por PFAS, detetou o produto químico tóxico em todas as 50 amostras testadas, e em níveis quase 2.000 vezes mais altos …

Dinheiro, imóveis e arte. João Rendeiro perde fortuna para o Estado

Um milhão e meio de euros em numerário, contas e ativos bancários, obras de arte e quatro imóveis em Lisboa, Cascais e Oeiras vão ser arrestados a João Rendeiro, ex-presidente do Banco Privado Português (BPP). Segundo …

A primeira eco-casa impressa em 3D "nasceu" em Itália

A empresa de impressão 3D WASP e o Mario Cucinella Architects concluíram a casa TECLA. É o primeiro modelo de habitação eco-sustentável a ser construído a partir de matérias-primas locais usando tecnologia de impressão 3D.  O …

Partido de Le Pen desviou 6,8 milhões de fundos europeus, segundo jornal francês

O partido francês de extrema-direita União Nacional (RN, sigla original), liderado por Marine Le Pen, terá desviado 6,8 milhões de euros de fundos do Parlamento Europeu, revela este domingo um inquérito policial noticiado pelo Le …

Proporção divina. Antiga fórmula grega pode ser responsável pelo sucesso dos musicais

Desde 1972, quando "Jesus Christ Superstar" estreou na Broadway, os mais populares musicais quase unanimemente empregaram uma fórmula centenária conhecida como “a proporção divina” - e, surpreendentemente, parecem tê-lo feito acidentalmente. A proporção divina é um …