Cientistas revelam quantos anos podem viver os tubarões-baleia

Daniel Kwok / Flickr

Uma equipa de investigadores desenvolveu um algoritmo matemático que ajuda a calcular a idade destes animais, uma espécie em perigo de extinção.

Cientistas da Nova Southeastern University, na Flórida, Estados Unidos, conseguiram calcular a longevidade dos tubarões-baleia, considerando que os exemplares desta espécie única podem viver até aos 130 anos, chegando a ter 12 metros de largura e a pesar 20 toneladas.

Em declarações ao Gizmodo, o professor Mahmood Shivji explicou que é sempre um grande desafio estudar o crescimento e reprodução destes animais, uma espécie em perigo de extinção e da qual se desconhece o número de exemplares vivos nos oceanos.

Anteriormente, já tinham sido realizados outros estudos para tentar perceber a longevidade destes animais, que concluíram que seria de 79 a 174 anos de idade.

A intenção desta equipa de investigadores, porém, não era apenas poder calcular a sua idade, mas também responder a muitas perguntas ainda sem resposta sobre estes gigantes marinhos.

Nos estudos anteriores, foram usados restos mortais destes animais para calcular a idade, o que deixava alguma margem de erro nos cálculos. Para realizar este novo estudo, publicado na revista científica Marine and Freshwater Research, os cientistas desenvolveram um programa matemático no qual foram completando não só com os dados que já existiam dos esqueletos, como também com informações obtidas através da análise realizada a exemplares vivos no oceano Índico.

Saber o tamanho destes tubarões e quanto tempo podem viver é importante por razões de conservação, explica o mesmo site. “Uma compreensão mais profunda dos parâmetros de idade e crescimento levará a melhores estimativas da capacidade das populações de tubarões-baleia de se recuperarem da superexploração e é vital para os planos eficazes de manejo”, escrevem os cientistas.

É importante destacar que isto é apenas um modelo, ou seja, é apenas uma estimativa e os cientistas ainda não conseguiram confirmar de forma direta um tubarão-baleia com 130 anos. No entanto, essas medidas são as melhores que os cientistas têm neste momento, afirma Shivji, e as mesmas técnicas talvez possam funcionar com outras espécies de tubarões.

“Este é um novo método de medição de tubarões vivos que pode ser aplicado noutros lugares”, declara o investigador. “Não temos de matar os animais ou confiar apenas nos dados dos animais que são capturados na pesca”.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Catarina Martins desvaloriza críticas internas. BE "é o partido mais plural da sociedade portuguesa"

Catarina Martins disse ser natural que sejam apresentadas várias moções à convenção do partido. Alguns membros apontam falta de debate interno, críticas relativizadas pela coordenadora. Catarina Martins considerou natural que se apresentem várias moções à convenção …

Homens e mulheres já podem entrar juntos em restaurantes na Arábia Saudita

A Arábia Saudita acabou com a exigência de entradas separadas em restaurantes para homens e mulheres e com a separação entre sexos à mesa. Até agora era obrigatório ter uma entrada para famílias e mulheres …

Exército japonês pediu uma escrava sexual para cada 70 soldados na II Guerra Mundial

Durante a Segunda Guerra Mundial, o exército do Japão pediu ao Governo que fornecesse uma escrava sexual para cada 70 soldados, de acordo com documentos históricos analisados pela agência de notícias nipónica Kyodo News. Os 23 …

Centeno apresenta linhas gerais do Orçamento aos partidos na terça-feira

Mário Centeno apresenta aos partidos, esta terça-feira, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado. Só o Livre fica de fora por "impedimento de agenda". O Governo apresenta amanhã, dia 10 de dezembro, as linhas …

Amianto. Fenprof vai apresentar queixa em Bruxelas

A Fenprof acusa o Governo português de não cumprir a diretiva comunitária que impõe a retirada de amianto de edifícios públicos, incluindo escolas. A Federação Nacional de Professores (Fenprof) vai apresentar uma queixa à Comissão Europeia …

Luís Maximiano: "Battaglia levou com o garrafão de água e o Misic com um cinto na cara"

O guarda-redes do Sporting disse esta segunda-feira que ficou “bloqueado e sem reação” durante o ataque à Academia de Alcochete, descrevendo as agressões aos colegas de equipa, após a entrada no balneário de mais de …

Peritos da Ordem admitem práticas ilícitas na venda de produtos no BES e Banif

Os peritos da Ordem dos Advogados que analisaram as reclamações de lesados do BES e do Banif disseram esta segunda-feira aos jornalistas que encontraram indícios de práticas ilícitas na venda de produtos financeiros por aqueles …

Já há rascunho do acordo da COP25 (mas nada está ainda totalmente fechado)

Esta segunda-feira arranca a semana decisiva, depois de uma semana de trabalho técnico ara definir as linhas que vão dar origem ao documento final da 25.ª Convenção das Partes (COP25) da Convenção-Quadro das Nações Unidas …

Novos escalões de IRS só serão criados "a meio da legislatura"

Esta segunda-feira, o Governo disse aos parceiros sociais que só deverão acontecer "mexidas no IRS", nomeadamente a criação de novos escalões, a meio desta legislatura. O Governo de António Costa confirmou aos parceiros sociais que a …

Navios em Portugal poluem tanto quanto as oito cidades com mais carros

O transporte marítimo deve integrar o regime de comércio de licenças de emissão da União Europeia (UE), defendeu, esta segunda-feira, a associação ambientalista ZERO, exigindo limites de emissão de dióxido de carbono (CO2) para navios …