Quais os riscos de ser fiador de um empréstimo?

Alguma vez foi solicitado para ser fiador de um empréstimo? Visto que, de um modo geral, quem pede costumam ser familiares, amigos ou colegas de trabalho, não é propriamente fácil conseguir dizer “não”.

Ser fiador é, sem dúvida, uma excelente forma de ajudar alguém que conhece a pedir um empréstimo, ao permitir ao credor sentir mais segurança no que toca ao pagamento do crédito, principalmente se tiver alguma garantia, como uma propriedade e um histórico de crédito de qualidade.

Se por um lado os empréstimos com fiador são uma maneira valiosa de facilitar o processo para o lado dos credores, existem alguns riscos que deve ter em conta. Antes de alinhar e aceitar, deve conhecer bem os prós e contras e perceber se está confortável com todos eles. Olhemos então para três riscos que valem a pena ter em atenção.

Impossibilidade de Pedir um Empréstimo no Futuro

Geralmente, quando se é fiador de um crédito, é-se responsável por fazer os pagamentos caso a pessoa que solicitou o empréstimo não os consiga fazer. Ao suportar as responsabilidades de um fiador, a elegibilidade para solicitar novos créditos pessoais reduz automaticamente. Para além disso, pode ver-se confrontado com a possibilidade de ver os seus próprios empréstimos serem declinados no futuro, pois a instituição financeira pode presumir que não consegue pagar ambos os empréstimos no caso de ser necessário.

Compara Já

Na pior das hipóteses, pode ter de pagar o valor total do empréstimo caso o mutuário não o faça. Se se recusar a pagar, será também declarado como incumpridor, podendo o banco exercer as variadas opções que tem ao dispor para recuperar o montante em dívida, como por exemplo a apreensão de bens.

Ter um Mau Histórico de Crédito

O seu Mapa de Responsabilidades de Crédito terá a informação de que é fiador de um crédito. Aliás, a instituição que financiar o empréstimo, na altura que foi solicitado a ser fiador, teve de ter acesso ao mesmo. Caso seja preciso ser chamado a agir, isso será refletido na Central de Responsabilidades de Crédito (CRC), o que pode levar o banco ou agência de crédito a ir “bater à sua porta” para recuperar o montante que falta.

Mas o que tal significa? Bem, quando precisar de pedir um crédito pessoal, poderá ter mais barreiras no que toca ao acesso às instituições, uma vez que, regra geral, não emprestam dinheiro a quem tem um mau histórico de crédito. Nestes casos, é importante conhecer os seus direitos no que toca ao crédito pessoal.

Estar Legalmente Associado ao Empréstimo, Seja Qual For a Circunstância

Ninguém consegue prever o futuro. Por isso mesmo, é extremamente complicado adivinhar como evoluem as relações entre as pessoas. Não é ser-se demasiado negativo, mas os azares acontecem. Amigos, colegas ou mesmo familiares, por qualquer razão que seja, podem ter um infortúnio e quebrar a relação que têm uns com os outros. Divórcios, quebra de confiança e negócios são alguns dos problemas mais comuns.

“Então, o que acontece nestes casos?”, pergunta o leitor, e muito bem. Uma vez fiador, pode sempre dirigir-se ao banco e solicitar que deixe de o ser. Mas, dependendo do montante que falta pagar, o banco pode legalmente dizer “não” ao pedido, uma vez que continua (também legalmente) ligado ao empréstimo e tem de acarretar com as responsabilidades.

Não nos interprete mal! Não estamos a tentar desencorajá-lo de ser um fiador, mas recomendamos que tenha em consideração os aspetos acima mencionados. Por vezes, não perde nada em ter acompanhamento profissional, e nunca deve sentir-se pressionado a tomar essa decisão.

Evitar o risco de contrair dívida, mesmo que deteriore a relação que tem com amigos ou familiares, pode fazer sentido em algumas situações. Lembre-se, ao ser fiador, não está apenas a arriscar o seu nome e carteira, mas também o futuro da sua família.

Existem várias questões a considerar, mas não deve deixar de oferecer ajuda se é isso que realmente quer – desde que conheça os riscos associados e explore todas as outras opções de que dispõe. Reunir com o banco ou agência financeira antes de ser fiador é vital para que o acordo seja claro e todas as partes envolvidas conheçam os riscos envolvidos.

Compara Já

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu um dos jovens infetados com peste negra na Mongólia

Morreu um dos jovens infetados com peste bubónica, também conhecida como peste negra, na Mongólia. O rapaz contraiu a doença depois de ter comido carne de marmota. Um jovem de 15 anos morreu, esta segunda-feira, vítima …

PCP quer Costa no Parlamento de 15 em 15 dias (e não vai contribuir para acabar com os debates quinzenais)

O PCP não concorda que será o fim da democracia caso os debate quinzenais passem a mensais. No entanto, não vai contribuir para acabar com este modelo. Ao Expresso, o deputado comunista António Filipe Duarte garantiu …

"Espero contar tudo o que sei". Cientista chinesa fugiu da China para alertar que "não temos muito tempo"

A virologista chinesa Li-Meng Yan, que fugiu para os Estados Unidos, deu uma segunda entrevista à Fox News, na qual alertou que "não temos muito tempo".   Li-Meng Yan, especialista em virologia e imunologia, era uma …

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …