Putin garante que não vai enviar tropas terrestres para a Síria

korea.net

Vladimir Putin, presidente da Rússia

Vladimir Putin, presidente da Rússia

O Presidente russo reiterou que Moscovo não irá enviar tropas terrestres para apoiar as forças do regime de Bashar al-Assad na Síria, país onde a Rússia iniciou, em finais de setembro, uma intensa campanha de ataques aéreos.

“Não temos a intenção de o fazer, e os nossos amigos sírios sabem disso”, respondeu Vladimir Putin, quando questionado pelo canal de televisão russo Rossia 1, sobre um eventual destacamento de soldados russos na Síria.

Segundo o chefe de Estado russo, o objetivo da intervenção militar de Moscovo na Síria é “estabilizar as autoridades legítimas e criar condições para aplicar um compromisso político”.

A Rússia é um aliado tradicional do regime de Bashar al-Assad e várias vozes têm denunciado que os bombardeamentos russos, que pretendem atingir posições dos ‘jihadistas’ do Estado Islâmico no território sírio, têm também visado os grupos armados que contestam o regime de Damasco.

Apesar das recentes demonstrações por parte do exército russo — que conseguiu pela primeira vez destruir alvos com mísseis de cruzeiros disparados a uma distância superior de 1.500 quilómetros do destino -, Putin afirmou que a Rússia não está envolvida numa “corrida ao armamento” com o Ocidente.

“Não se trata de uma corrida ao armamento. É um facto que as armas modernas estão a melhorar e a mudar. E em outros países, isso acontece ainda mais rápido. É por isso que é necessário mantermo-nos atualizados”, afirmou o Presidente russo.

O Ministério da Defesa russo anunciou que os ataques aéreos conduzidos pela Força Aérea de Moscovo atingiram 63 alvos na Síria, nas últimas 24 horas, ações que destruíram, entre outros alvos, um posto de comando, posições fortificadas e depósitos de munições.

O ministério russo deu conta também de progressos nas negociações com o Pentágono sobre a segurança do espaço aéreo sírio, de forma a evitar eventuais incidentes entre os aviões russos e os aviões da coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos.

Desde o início da sua intervenção na Síria, a 30 de setembro, a Rússia realizou bombardeamentos com recurso a aviões de combate e a navios de guerra da frota do mar Cáspio.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Que grande filho da Putin!..
    Este “animal” continua a fazer tudo, para escalar os problemas com a NATO e para voltar à ilusão da Grande Rússia!!
    Não interessa como, nem a que preço!!

RESPONDER

Equipas móveis vão percorrer o país para testarem alunos, professores e funcionários de escolas públicas

Equipas móveis - compostas por enfermeiros, técnicos e administrativos - vão percorrer o país para testarem todas as escolas públicas do continente. Numa primeira fase, o universo de testados rondará as 500 mil pessoas. O Público …

Disse para mim mesma: "Auriol, o primeiro é o teu lugar" - e foi

A portuguesa Auriol Dongmo conquistou, esta sexta-feira, a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. Auriol Dongmo conquistou a …

Eduardo Quaresma não tem o que é preciso para singrar, diz olheiro de topo

Um olheiro internacional de topo considera que Eduardo Quaresma não tem aquilo que é preciso para singrar ao mais alto nível. Em declarações ao ZAP, o scout argumenta que lhe faltam qualidades físicas. Eduardo Quaresma é …

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …

Governo espera reabrir turismo em maio

A secretária de Estado do Turismo revelou à BBC que Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio. Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio …