Publicitário de Dilma entrega-se à polícia

saladeimprensadilma13 / Flickr

Sondagens à "boca das urnas" apontam Dilma Rousseff e Aécio Neves na segunda volta

Sondagens à “boca das urnas” apontam Dilma Rousseff e Aécio Neves na segunda volta

O publicitário brasileiro João Santana, responsável pelas três últimas campanhas presidenciais do Partido dos Trabalhadores (PT, no poder), suspeito no escândalo de corrupção da Petrobras, entregou-se esta terça-feira à Polícia Federal.

João Santana e a mulher foram detidos um dia depois de lhes ter sido decretada a prisão temporária na 23ª fase da Operação Lava Jato, que investiga a relação de Santana com a construtora Odebrecht. A construtora, também alvo de investigações da Polícia Federal, teria feito pagamentos financeiros ao publicitário no estrangeiro.

O juiz federal Sérgio Moro confiscou um apartamento do publicitário, localizado em São Paulo, registado em nome de Santana e da mulher, por suspeitas de que o imóvel teria sido pago com dinheiro retirado de uma conta secreta na Suíça.

Em outra medida cautelar em nome dos investigados, Moro decretou o bloqueio das contas pessoais de João Santana e da mulher, medida estendida ao engenheiro Zwi Skornicki, representante do Estaleiro Keppel Fels no Brasil, e de Fernando Migliaccio, funcionário da Odebrecht .

Segundo o Ministério Público brasileiro, o publicitário terá recebido transferências de cerca de 2,7 milhões de euros entre 2012 e 2013 para contas do publicitário na Suíça, pagos empresas com sede em paraísos fiscais e ligadas à construtora.

O alegado pagamento de subornos realizado por grandes companhias a ex-funcionários da Petrobras em troca de contratos já levou à prisão de dezenas de políticos e empresários no Brasil.

Além da Odebrecht, cerca de vinte outras companhias são investigadas pelos procuradores.

Entre os políticos supostamente envolvidos nos casos estão o presidente da Camada dos Deputados, Eduardo Cunha, e o presidente do Senado, Renan Calheiros.

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto já foi condenado a 15 anos de prisão por envolvimento no caso. José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil do Governo de Luiz Inácio Lula da Silva, também é arguido do caso Lava Jato, mas ainda aguarda sentença.

A operação Lava Jato investiga grandes empresas brasileiras que obtiveram contratos manipulados da Petrobras, inflacionando os valores nas licitações e dividindo a diferença com ex-diretores da petrolífera e políticos que apoiaram as manobras.

Além das empresas, 50 políticos estão a ser investigados, muitos deles integrando partidos da base política que apoia o governo de Dilma Rousseff no Congresso (Parlamento), entre a Câmara dos Deputados e o Senado.

A própria Petrobras reconheceu, num balanço divulgado no ano passado, que entre 2004 e 2014 teve prejuízos financeiros superiores a dois mil milhões de euros devido a desvios de dinheiro e corrupção.

Agência Brasil

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas calculam probabilidade de contágio ao viajar de comboio

Investigadores da Universidade de Southampton, no Reino Unido, calcularam a probabilidade de contrair covid-19 ao viajar numa carruagem de comboio com uma pessoa infetada. Em colaboração com a Academia Chinesa de Ciências, a Academia Chinesa de …

Hong Kong. Magnata da imprensa Jimmy Lai libertado sob caução

O magnata da imprensa e uma das principais figuras do movimento pró-democracia de Hong Kong Jimmy Lai foi esta terça-feira libertado sob caução, constatou a agência France-Presse. Jimmy Lai tinha sido detido na segunda-feira, ao …

Lar de Reguengos de Monsaraz diz ter feito tudo para salvar vidas

A direção do lar de Reguengos de Monsaraz (Évora) onde surgiu o surto de covid-19 que causou 18 mortos garantiu ter feito “tudo” ao seu “alcance” para “salvar vidas”, nesta “crise” com “contornos dramáticos”. A Fundação …

Israel fecha os olhos e deixa palestinianos cruzarem a fronteira para ir a banhos

As autoridades israelitas têm deixado milhares de palestinianos cruzar a barreira de separação entre os dois territórios para poderem ir às praias. Este foi um fim-de-semana muito especial para Siham e os seus cinco filhos. …

Diabéticos e hipertensos voltam a ter faltas justificadas

Os diabéticos e hipertensos sem condições para desempenharem funções em teletrabalho voltam a ter direito a justificar as faltas ao trabalho devido à pandemia de covid-19, segundo um diploma publicado em Diário da República. “Os imunodeprimidos …

Deputada da Coreia do Sul debaixo de fogo. Usou um vestido no Parlamento

Na semana passada, a deputada sul-coreana Ryu Ho-jeong usou um vestido numa assembleia legislativa, sendo bombardeada com críticas que gerou um debate sobre sexismo e a cultura patriacal do país. De acordo com a CNN, na …

SC Braga oficializa "top gun" Gaitán por duas temporadas

O internacional argentino Nicolas Gaitán assinou um contrato com o Sporting de Braga válido por uma época, com outra de opção, informou esta terça-feira o clube minhoto da I Liga de futebol. Formado no Boca Juniors, …

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …