Professor alemão julgado em suposto caso de canibalismo

Um professor de 41 anos acusado de ter matado outro homem com a intenção de comer o seu corpo foi a julgamento na terça-feira na capital da Alemanha.

De acordo com os promotores, o réu conheceu a vítima, um mecânico alemão de 43 anos, num site de encontros poucas horas antes do assassinato, que decorreu em setembro, segundo a agência dpa, citada pela ABC News.

O réu, identificado apenas como Stefan R. por motivos de privacidade, terá matado a vítima no seu apartamento em Berlim, espalhando depois partes do corpo em diferentes zonas da cidade. Embora os promotores não garantam que houve canibalismo, partes do corpo da vítima nunca foram encontradas, informou o Der Spiegel.

As autoridades procuraram o mecânico desaparecido durante semanas, até que alguns ossos fossem encontrados numa floresta no norte de Berlim e o suspeito foi rastreado com a ajuda de cães farejadores.

Este não é o primeiro caso do género no país. Em 2006, um tribunal alemão condenou Armin Meiwes por assassinato e perturbação da paz por matar e comer um homem que conheceu ‘online’. Meiwes está a cumprir pena de prisão perpétua.

Um agente da polícia alemão foi condenado em 2015 por assassinar um homem que conheceu num fórum ‘online’ dedicado ao canibalismo. Os promotores disseram que a vítima tinha fantasiado sobre ser comida, mas não havia evidências de que o suspeito realmente o tivesse feito.

  Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo fez o que podia para prevenir crise política. Agora, fica à espera do diálogo

O Presidente da República transmitiu, este sábado, que fez em público e privado o que podia para prevenir junto dos partidos uma crise política e afirmou que espera diálogo sobre o Orçamento do Estado nos …

Candidato do Chega detido por tentativa de homicídio de família sueca

O suspeito da tentativa de homicídio de uma família sueca em Moura, Beja, foi candidato do Chega à freguesia de Póvoa de São Miguel nas últimas eleições autárquicas. O líder do partido já condenou este …

A judoca Bárbara Timo

Judoca Bárbara Timo conquista ouro nos -63kg no Grand Slam de Paris

A judoca portuguesa Bárbara Timo conquistou, este sábado, a medalha de ouro no primeiro dia do Grand Slam de Paris, na sua estreia na categoria -63 kg em provas do circuito mundial. Bárbara Timo, de 30 …

Afinal, o início do Universo pode nunca ter realmente existido

Investigador português da Universidade de Liverpool partiu da teoria dos conjuntos causais para pôr em causa alguns dos conceitos mais importantes na complexa evolução do Universo. A ideia de que o nosso universo foi criado através …

Exoplaneta gigante conseguiu sobreviver à morte da sua estrela

Cientistas encontraram um exoplaneta gigante que parece ter conseguido sobreviver à morte da sua estrela, orbitando neste momento uma anã branca. As anãs brancas são o processo final de estrelas e chegam a ser tão densas …

Homem budista a meditar

O tukdam - um estado mental "meio-morto" dos monges budistas - é o novo fascínio da ciência

Os monges budistas conseguem chegar a um estado de meditação tão profunda que não é detectada qualquer actividade cerebral. No Budismo no Tibete, há um conceito mítico conhecido como "thukdam" ou "tukdam". Acredita-se que este é …

Trofense 1-2 Benfica | Águias passam a rasar

O Benfica, da I Liga, venceu hoje o Trofense, da II Liga, por 2-1, no prolongamento, depois do 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue …

Como nasceu o mito dos vampiros? Mais doenças e menos Drácula

Os vampiros são um mito com séculos de história e que podem estar associados a doenças como a raiva e a pelagra — e não ao Drácula. O vampiro é uma imagem comum na cultura pop …

Edifícios impressos em 3D pelo exército norte-americano

Exército dos EUA pode agora imprimir edifícios de cimento em 3D em zonas de desastre

O objectivo da tecnologia é facilitar a construção de casas e pontes quando são precisas com urgência em zonas afectadas por catástrofes. O Corpo de Engenheiros do exército norte-americano pode agora imprimir quartéis, bunkers e outras …

Monumento Pillar of Shame, na Universidade de Hong Kong

Pillar of Shame foi, em tempos, um testemunho da liberdade de Hong Kong. Agora, dizem-lhe adeus

Em tempos, a escultura Pillar of Shame, plantada na Universidade de Hong Kong, foi um testemunho das liberdades da cidade. Agora, está a ser removida. Exposta há mais de 20 anos na Universidade de Hong Kong, …