Produção de energia dentro das células influencia envelhecimento

As mitocôndrias dentro das células podem ser a chave para um envelhecimento sem doenças. Uma pesquisa da Escola de Saúde Pública Harvard T.H. Chan, nos EUA, descobriu que manipular as redes mitocondriais dentro das células, seja por restrição alimentar ou por manipulação genética que a imite, pode aumentar a vida útil de animais e promover a saúde.

O estudo, publicado na revista científica Cell, mostra a biologia básica envolvida na capacidade das células de processar a energia, que declina ao longo do tempo, levando ao envelhecimento e a doenças relacionadas com a idade. O mesmo estudo mostra também como intervenções, como períodos de jejum, podem promover um envelhecimento saudável.

As mitocôndrias, estruturas produtoras de energia nas células, existem em redes que mudam dinamicamente de acordo com a procura de energia. A capacidade de fazer isso diminui com a idade, mas o impacto que isso tem sobre o metabolismo e a função celular nunca foi muito claro.

Neste estudo, os cientistas mostraram uma ligação causal entre as mudanças dinâmicas nas formas das redes mitocondriais e a longevidade.

Os cientistas usaram C. elegans (vermes de nematódeos), que vivem apenas duas semanas e, portanto, permitiram um estudo de envelhecimento em tempo real em laboratório.

As redes mitocondriais dentro das células geralmente alternam entre estados fundidos e fragmentados. Os investigadores descobriram que restringir a dieta dos vermes – ou imitar a restrição alimentar através da manipulação genética de uma proteína sensora de energia, chamada proteína quinase ativada por AMP (AMPK) -, manteve as redes mitocondriais em estado fundido ou “jovem”.

Além disso, os cientistas descobriram que essas redes juvenis aumentaram o tempo de vida ao comunicar com orgãos denominados peroxisomas para modular o metabolismo das gorduras.

Heather Weir, principal autora do estudo, explicou que “as condições de baixa energia, como restrição dietética ou jejum intermitente, demonstraram anteriormente promover o envelhecimento saudável. Compreender por que isso acontece é um passo crucial para ser capaz de aproveitar os benefícios de forma terapêutica. As nossas descobertas abrem novos caminhos na procura de estratégias terapêuticas que reduzem a probabilidade de desenvolver doenças relacionadas com a idade à medida que envelhecemos”.

“Embora trabalhos anteriores tenham demonstrado que o jejum intermitente pode diminuir o envelhecimento, estamos apenas a começar a compreender a biologia subjacente. Oosso trabalho mostra quão crucial a plasticidade das redes de mitocôndrias é para os benefícios do jejum. Se travarmos mitocôndrias num estado, bloqueamos completamente os efeitos do jejum ou restrição alimentar na longevidade”, referiu William Mair, autor sénior do estudo.

Os próximos passos para os cientistas incluem testes do papel que as redes mitocondriais têm no efeito do jejum em mamíferos, e se os defeitos na flexibilidade mitocondrial podem explicar a associação entre obesidade e risco aumentado de doenças relacionadas com a idade.

PARTILHAR

RESPONDER

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …