Primeiro-ministro palestiniano alvo de atentado em Gaza

EEAS / Flickr

Rami Hamdallah

Sete pessoas ficaram feridas, esta terça-feira, em Gaza, na sequência de uma explosão que tentou atingir o comboio em que seguia o primeiro-ministro palestiniano, disseram à France Presse elementos das forças segurança.

Rami Hamdallah e o chefe dos serviços de informações palestiniano, Majid Faraj, que também se encontrava na comitiva de visita a Gaza, não ficaram feridos, acrescentaram as fontes da AFP.

“Uma explosão aconteceu, esta terça-feira, em Beit Hanoun, junto ao comboio do primeiro-ministro. Não há feridos”, afirmou o porta-voz do Interior em comunicado. No entanto, testemunhas e elementos da delegação indicam que, pelo menos, sete pessoas ficaram feridas, embora não se conheça ainda a identidade das vítimas.

O escritório do Presidente palestiniano, Mahmoud Abbas, responsabilizou o Hamas, movimento islamita que controla o enclave há uma década e que, apesar do processo de reconciliação e da transferência de poder à Autoridade Nacional Palestiniana (ANP) estipulada em outubro, mantém as competências do Interior e Segurança.

“O ataque ao Executivo é um ataque à unidade do povo palestiniano”, declarou o porta-voz da Presidência, Nabil Abu Rudeina.

Porém, o movimento islamita já condenou o ataque e afirmou que este incidente ameaça o processo de reconciliação entre as fações palestinianas. “O Hamas condena o crime contra o primeiro-ministro Rami Hamdallah e o considera parte de uma tentativa que pretende desestabilizar a segurança em Gaza e frustrar os esforços para alcançar a união nacional”, expressou numa declaração oficial publicada no Twitter.

O grupo islamita também condenou “as acusações da Presidência da ANP por responsabilizá-lo por este crime” e o porta-voz da organização palestiniana, Fawzi Barhoum, já pediu que os corpos de segurança e do Ministério do Interior “abram uma investigação urgente e imediata para saber todas as circunstâncias do crime, apontar responsáveis e levá-los à justiça”.

De acordo com a agência noticiosa palestiniana Maan, pouco depois do incidente, que danificou três carruagens do comboio, o Hamas deteve vários suspeitos.

Hamdallah estava no local, onde estava previsto inaugurar uma usina de tratamento de águas e reunir-se com as autoridades do enclave litorâneo. O primeiro-ministro prosseguiu com a agenda e garantiu que este incidente não o ia impedir de cumprir as suas obrigações. Entretanto, o governante e a delegação já saíram de Gaza e dirigem-se novamente a Ramala, na Cisjordânia.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

As vaquitas estão extinguir-se à nossa frente. Já só há 10 em todo o mundo

A vaquita marinha, o cetáceo mais pequeno do mundo, está à beira da extinção, havendo apenas cerca de dez criaturas vivas, segundo cientistas. O ser humano é o principal responsável pelo seu contínuo desaparecimento. As vaquitas …

A Ciência descobriu quando nasceu Deus

A ideia de um deus todo-poderoso que vigia os humanos a partir do Céu e pune os que se desviam da norma surgiu depois que estes trocaram a tribo pela sociedade. Essa é a principal conclusão …

Famílias numerosas queixam-se de disparidades no preço da água consumida

A Associação Portuguesa das Famílias Numerosas queixou-se da diferença no preço da água consumida consoante o município onde se vive e o número de pessoas do agregado familiar. Na quarta edição do estudo sobre a água …

Costa condiciona extensão do Brexit para além de 23 de maio à aprovação do acordo

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu esta quinta-feira que uma extensão do Brexit para além de 23 de maio implica a ratificação do Acordo de Saída pelo Parlamento britânico ou a realização de eleições europeias no …

Ter avós, tios ou primos com Alzheimer influencia risco de desenvolver a doença

Ter avós, tios ou primos com Alzheimer aumenta a probabilidade de desenvolver a doença, concluiu um estudo recente que avaliou a história familiar de mais de 280 mil pessoas. Na última década, vários estudos indicaram a …

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou a nova lei da paridade (mas com alguns parêntesis)

O Presidente da República promulgou a nova Lei da Paridade. A lei estabelece que as listas para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e para as autarquias locais têm de assegurar a representação …

Cientistas descobrem o que provocou três eras glaciais na Terra

Cientistas estadunidenses calcularam que um evento geológico repetido deu origem às três últimas eras glaciais no nosso planeta, a última das quais ainda mantém o seu gelo nas regiões polares. Segundo a revista Science, a responsável …

A Terra pode guardar um Oumuamua no seu interior

Uma parte da terra que pisamos poderia vir, literalmente, de outras regiões da galáxia - áreas muito distantes do local onde o planeta está localizado e que para chegar até aqui teriam que viajar anos-luz …

Há um planeta mais próximo da Terra do que Vénus

A partir do Sol, a ordem dos primeiros planetas começa com Mercúrio, depois Vénus e depois a Terra. Então, Vénus é o planeta mais próximo do nosso? A resposta é: depende. Uma equipa de cientistas acaba …

O fim das consolas está à vista. Google lança serviço de videojogos na "nuvem"

A Google apresentou o seu novo serviço de jogos na "nuvem", Stadia, na Game Developers Conference (GDC), em São Francisco. O serviço não precisa de nenhuma consola e pode ser jogado em qualquer plataforma. O CEO …