Presidente do BPA disponível para prestar depoimento por videoconferência

António Cotrim / Lusa

O presidente do Banco Privado Atlântico (BPA) disse estar disponível para ir depor como testemunha no processo Operação Fizz, via videoconferência, mas que ainda não foi notificado para prestar depoimento.

Num comunicado, enviado à agência Lusa, Carlos Silva diz estar disponível “para prestar todos e quaisquer esclarecimentos que o Tribunal considere relevantes, face às falsidades que têm sido ditas”, tendo hoje mesmo manifestado a sua disponibilidade aos juízes da Operação Fizz.

“Atendendo a que vivo em Angola, e porque face às falsidades que têm sido ditas urge um esclarecimento célere, desde já, disponibilizo-me para que o meu depoimento possa ser efetuado por videoconferência, após notificação para o efeito”, adianta o banqueiro angolano.

Carlos Silva, que também é administrador do Millennium BCP, garante que não foi notificado para testemunhar no âmbito do julgamento em curso em Lisboa, acrescentando que, como consta do processo, a sua “morada pessoal e profissional localiza-se em Luanda, Angola”.

Na sessão da manhã do julgamento, o coletivo de juízes decidiu fazer uma participação do BPA ao Banco de Portugal e à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários, após o Banco Privado Atlântico ter recusado notificar o seu presidente, alegando que Carlos Silva não tinha morada na instituição bancária.

A procuradora do MP propôs que fosse tentada a notificação de Carlos Silva por email e o tribunal determinou que fossem solicitadas informações ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras sobre a morada em Portugal do banqueiro e à Autoridade Tributária sobre o número fiscal do banqueiro, com vista à sua notificação.

O tribunal quer ouvir Carlos Silva como testemunha, uma vez que o seu nome está a ser apontado, nomeadamente por Orlando Figueira, como responsável pela contratação do ex-procurador do Ministério Público como assessor jurídico do BPA em Angola, contrato que não foi cumprido e cuja revogação, segundo o arguido, foi elaborada pelo advogado Daniel Proença de Carvalho.

Num comunicado recente, Carlos Silva tinha negado as acusações de Orlando Figueira, referindo que são uma tentativa “recente e oportunista de adulterar a realidade” e que não praticou os atos que lhe são imputados pelo arguido.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Casa de animais". Escândalo sexual nos Dallas Mavericks abala NBA

O ex-presidente executivo da equipa da NBA foi acusado por várias funcionárias de assédio sexual, assim como o responsável pelo site da organização. Uma investigação levada a cabo pela Sports Illustrated revelou, esta quarta-feira, as práticas de …

Sporting vs Astana | Leão empata mas segue em frente

O Sporting cumpriu o esperado e apurou-se para os oitavos-de-final da Liga Europa, apesar de empatar com o Astana, em casa, por 3-3. Após uma primeira parte de alguns sustos, Bruno Fernandes “abriu o livro” após …

REN pode vir a pagar metade da fatura da tarifa social do gás

Esta quinta-feira, o jornal Público avança que o Governo quer que, em vez dos consumidores, sejam as "transportadoras" e "comercializadoras" a financiar a tarifa social do gás. A ERSE terá de adaptar as tarifas à …

Proteína BolA torna bactéria salmonela mais resistente

Uma equipa de cientistas portugueses está a estudar a proteína BolA, de forma a tentar combater o facto de a salmonela ser um dos grandes problemas existentes na atualidade, já que esta bactéria pode contaminar …

Presidente da Ford nos EUA demite-se por comportamento inadequado

Uma investigação interna concluiu que Raj Nair levou a cabo comportamento "inconsistente com o código de conduta da empresa". O Presidente da Ford nos EUA, Raj Nair, demitiu-se "com efeitos imediatos" depois de uma investigação interna …

PJ investiga contas bancárias de Bruno de Carvalho e de familiares

As contas bancárias de Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, estão a ser passadas a pente fino por investigadores da Polícia Judiciária, no âmbito das suspeitas em torno de eventuais "luvas" nas transferências de jogadores. A …

Rúben Semedo em prisão preventiva acusado de tentativa de homicídio

O futebolista português Rúben Semedo, internacional sub-21 que joga no clube espanhol Villarreal, vai ficar em prisão preventiva, a aguardar julgamento, depois de ter sido acusado de tentativa de homicídio. Um juiz do tribunal de Líria, …

Opositor russo Alexei Navalny detido um mês antes das presidenciais

O líder da oposição russa Alexei Navalny anunciou ter sido detido pela polícia em Moscovo, a menos de um mês das eleições presidenciais, para as quais apelou ao boicote. Através do Twitter, Navalny disse ter sido …

Com 13 anos, Jack não conseguiu jogar na lotaria (mas comprou uma arma)

Jack, um rapaz norte-americano de 13 anos, tentou, sem sucesso, comprar cerveja, cigarros, revistas para adultos ou até jogar na lotaria. Mas quando se tratou de comprar uma arma, conseguiu-o em menos de dez minutos. O …

PCP sozinho na luta contra o Acordo Ortográfico

PSD, PS, CDS e BE demarcaram-se, esta quarta-feira, do projeto de resolução do PCP, que pretende a desvinculação de Portugal do Acordo Ortográfico de 1990, ainda que admitam a necessidade de o aperfeiçoar. Na defesa do …