Nota artística: Portugal ao ritmo de Crist(ian)o Superstar

O foco de hoje é o Luxemburgo-Portugal.

Mas vou começar pelo segundo acto deste drama da seleção nacional, dividido em três actos.

Na Sérvia: muitos comentários já se fizeram sobre o momento em que o número 7 atirou a braçadeira de capitão para o chão.

Mas eu centro-me no que ele fez segundos antes: caminhou na direção do balneário quando o jogo ainda estava a decorrer. Sim, em princípio o árbitro iria encerrar o duelo logo a seguir, quando o guarda-redes atirasse a bola para a frente… Mas e se não o fizesse? A partida a decorrer e Portugal com menos um jogador porque esse jogador saiu mais cedo, irritado; porque esse jogador pode fazer o que quiser sem ser castigado; porque esse jogador chama-se Cristiano e Cristiano vem de Cristo.

Crist(ian)o é a “superestrela”.

Ainda na Sérvia, a UEFA indica que Portugal só rematou duas vezes na direcção da baliza, em Belgrado. Ou seja, nos dois golos de Diogo Jota. Ou seja, aquele último remate da superestrela nunca poderia ter entrado. Porque nem sequer foi um remate à baliza! O que se passa, UEFA?

Deve ter ficado na lista dos remates interceptados, está bem.

Luxemburgo é a próxima paragem. A quinta melhor seleção nacional do mundo, de acordo com a tabela FIFA, defronta a 98.ª classificada nessa lista. Isto vai ser fácil.

Aí está: quase meia hora e golo de um português. Gerson Rodrigues inaugurou o marcador a favor do… Luxemburgo? Um homem que nasceu em Portugal está ali todo contente a celebrar um golo que marcou contra Portugal. Bem, o homem que sofreu esse golo é um guarda-redes que nasceu em França e que ficou todo contente por ser campeão europeu contra a França.

Traidores, dirão alguns.

1-0. Resultado de uma entrada desleixada da seleção portuguesa. E Gerson quase bisou, pouco depois.

Quem vai despertar isto? Jota, pois claro. Golo de cabeça, tal como os dois em Belgrado.
Restam poucas dúvidas (ou nenhuma) à volta da qualidade do nosso ataque pós-Cristiano. Apareceu Bernardo Silva: ei, este é mesmo bom jogador! Apareceu Bruno Fernandes: este é o maior! Apareceu João Félix: não, este é que é! E agora, Diogo Jota. Todos bons e todos juntos; estão todos lá no ataque da seleção, a jogar ao mesmo tempo. E ainda virão mais, dos sub-21.

A superestrela pode dedicar-se ao golfe, quando quiser. Na seleção, está tudo bem.

Por falar em superestrela, foi ele que completou a reviravolta logo no início da segunda parte. Tinha estado sem marcar nos quatro jogos anteriores, teve a tal reação na Sérvia e, depois deste golo, falhou novo golo quando só tinha o guarda-redes pela frente.
Mas já marcou 103 vezes. Não o crucifiquemos.

O Luxemburgo ainda ameaçou novo empate, Gerson voltou a estar perto de trair o país onde nasceu, mas quem marcou foi Palhinha, estreante na lista de marcadores pela seleção.

Contas fechadas no 1-3 e simultaneamente drama de três actos fechado. Três jogos sofríveis e três vitórias. Ai não, aquilo nem foi remate à baliza.

Agora relaxem, pensem em nada. Limpem as mentes.

Já sabemos onde estaremos, em breve: no Europeu, a defender o título.

Silêncio.

É semana maior, ou Santa.

Nuno Teixeira Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …

Técnicos de diagnóstico. Depois de mais uma coligação da oposição, Executivo avalia o que fazer

Depois de mais uma coligação da oposição, o Governo "está a avaliar" o que irá fazer em relação à aprovação das mudanças na carreira de Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica.  De acordo com o semanário …

Diretor de Finanças de Lisboa está em substituição desde 2015. Já ultrapassa tempo de comissão de serviço

Fernando Lopes, a maior estrutura regional da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), é diretor da Direção de Finanças de Lisboa em regime de substituição desde março de 2015. Quando a então diretora regional, Helena Borges, foi …

Portugal regista mais quatro mortes e 636 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais quatro mortes e 636 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 636 …

Luís Correia lança-se a Castelo Branco, num movimento que ainda não tem nome

O movimento ainda não tem nome e a apresentação da candidatura não tem data marcada, mas Luís Correia já assumiu que vai liderar uma candidatura independente à Câmara Municipal de Castelo Branco. Luís Correia vai testar …

Pavilhão de escola de Matosinhos fechado devido a estirpe de legionella

O pavilhão desportivo da Escola Secundária Abel Salazar, em Matosinhos, está fechado devido à presença de uma estirpe de legionella detetada nas canalizações, mas que "não constitui qualquer perigo para a saúde", confirmou a câmara …

TAP regista um prejuízo recorde de 1,2 mil milhões em 2020

Com menos 12,4 milhões de passageiros transportados, a TAP apresentou um resultado líquido negativo de 1,230 mil milhões de euros em 2020, contra um prejuízo de 106 milhões de euros em 2019, segundo dados enviados …

Chega organiza Convenção para "Governar Portugal" no fim de maio, mas promete "uso das máscaras"

O Chega vai organizar a sua III Convenção Nacional entre 28 e 30 de maio, em Coimbra, tendo por base a moção estratégica "Governar Portugal" do presidente reeleito, André Ventura, disse hoje à Agência Lusa …