Portugal quer acolher 50 dos 450 migrantes resgatados este sábado

Vito Manzari / Wikimedia

Imigrantes norte-africanos em Lampedusa

O Governo anunciou neste domingo que Portugal manifestou disponibilidade para receber 50 pessoas do grupo de 450 migrantes resgatados no sábado por navios italianos, numa iniciativa conjunta com Espanha e França em nome da “solidariedade europeia”.

“Num espírito de solidariedade europeia, Portugal, em conjunto com Espanha e França, anunciam a sua disponibilidade para receber, cada um dos respetivos países, 50 pessoas do grupo de 450 migrantes resgatados ontem no Mediterrâneo pelos navios italianos”, refere um comunicado do Governo português.

No entanto, acrescenta a nota, “esta disponibilidade está condicionada” a que este grupo de migrantes seja desembarcado em Itália e que este país “concorde também em acolher parte do grupo”. “Cada país reserva-se o direito de examinar, caso a caso, as pessoas que aceitará”, refere ainda o comunicado.

Com este gesto, salienta o texto, “Portugal, Espanha e França testemunham, assim, o seu dever de solidariedade humanitária e o desejo comum de fornecer soluções europeias para a questão da migração e das tragédias humanas que se desenvolvem no Mediterrâneo”.

Na madrugada de sábado, duas embarcações com 450 migrantes vindos da Líbia foram resgatados junto à ilha italiana de Lampedusa, no Mediterrâneo central, tendo sido transferidos para navios militares que estão hoje junto ao porto de Pozzallo, na Sicília.

Em causa estão os navios Monte Sperone, da Guardia di Finanza, a força policial italiana para as fronteiras e crimes fiscais, e Protector, da agência de controlo de fronteiras europeia Frontex, que têm a bordo 176 e 266 migrantes, respetivamente.

De acordo com a imprensa local, uma equipa médica observou os ocupantes da embarcação Monte Sperone, entre os quais crianças, mas não retirou nenhum dos migrantes por motivos de saúde.

No último Conselho Europeu, que se realizou em 28 e 29 de Junho, após uma maratona negocial e um braço-de-ferro com a Itália, que chegou a bloquear as conclusões do primeiro dia de trabalhos, os Estados-membros fecharam um acordo sobre as medidas a tomar para gerir os fluxos migratórios.

A criação de plataformas de desembarque é uma das medidas previstas nas conclusões do Conselho Europeu para “desmantelar definitivamente o modelo de negócio dos passadores, evitando assim a trágica perda de vidas humanas”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Portugal tem condições para receber todos quantos quiserem vir,neste caso os 450 em Albufeira temos falta de mão de obra para hotelaria e construção civil sejam bem vindos.

    • E não é só em Albufeira. Por todo o país faltam pessoas para trabalhar. Os Portugueses não querem trabalhar. Preferem mamar forte e feio no RSI e no subsídio de desemprego. É preciso imigração. Caso contrário não há quem trabalhe.

  2. Portugal, como todos os países da Europa comunitária, bate-se com o grave problema do envelhecimento da sua população, com as taxas de natalidade a diminiurem de ano para ano. A Europa “rica”, dizem estudos de organismos da própria comunidade, vai precisar nos próximos 70 anos da entrada de cerca de 50 milhões de imigrantes para se manter competitiva e viável como projeto inovador e de charneira mundial.
    E já agora é bom não esquecer que há cerca de 2.3 milhões de portugueses imigrados por esse Mundo fora; calculo que todos nós esperamos que todos eles estejam a ser tratados com o respeito e dignidade que merecem.

Conselho de Disciplina instaura dois processos disciplinares a Varandas

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou, esta quinta-feira, dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, na sequência das declarações proferidas sobre o seu homólogo do FC Porto e das …

Há infetados que escondem a doença com medo de perder o salário

O médico António Pais Lacerda, diretor do serviço de Medicina Interna II do Hospital Santa Maria, em Lisboa, alerta que o medo de perder salário ou emprego leva pessoas infetadas com o novo coronavírus …

Tottenham perde frente ao Antuérpia. Mourinho "rasga" equipa: "Queria fazer 11 substituições ao intervalo"

O Tottenham perdeu esta quinta-feira frente ao Antuérpia, na segunda jornada da Liga Europa de futebol, levando o treinador português José Mourinho a criticar a sua equipa. "Queria fazer 11 substituições ao intervalo", admitiu. No …

PCP sobe fasquia no OE2021. Quer mais um escalão de IRS

O PCP quer que o Orçamento do Estado para 2021 contemple a criação de um novo escalão de IRS, segundo uma das dezenas propostas de alteração ao documento que os comunistas fizeram chegar ao Parlamento. Em …

Equipas lusas 100% vitoriosas na jornada europeia. Gaitán estreou-se com um grande golo

O SC Braga e o Benfica venceram esta sexta-feira as partidas a contar para a Liga Europa, depois de o FC Porto ter também saído vitorioso do jogo que disputou frente aos gregos do Olympiacos …

Mutação do coronavírus pode ter tido origem em Espanha (e isso pode explicar a segunda vaga)

Análises realizadas pela Universidade de Basileia, a Escola Politécnica Federal de Zurique e o consórcio espanhol SeqCovid-Spain, liderado pelo Conselho Superior de Investigação Científica, mostram que a nova variante se espalhou pela Europa e outras …

Arqueólogos encontraram lamas sacrificadas pelos Incas no Peru

Arqueólogos encontraram, no Peru, restos mortais mumificados de cinco lamas que foram sacrificadas pelos deuses Incas há cerca de 500 anos. De acordo com o site Live Science, as lamas mumificadas ainda estão adornadas com os cordões …

"Nunca vi nada assim." Ameaça terrorista é mais intensa do que nunca em França (e mais difícil de travar)

O ataque terrorista dentro de uma Igreja em Nice, com a morte de 3 pessoas, veio reforçar a ameaça do terrorismo islâmico em França. Já havia sinais e alertas oficiais de perigo numa altura em …

Costa recebe partidos esta sexta-feira. "Nenhuma medida está excluída", garante Costa

O primeiro-ministro recebe esta sexta-feira, em São Bento, os partidos com representação parlamentar para procurar um consenso para a adoção de medidas imediatas de combate à pandemia de covid-19. Além disso, o Governo vai auscultar …

Ratos-toupeira-nus foram apanhados a raptar bebés de outras colónias

Cientistas descobriram dois casos em que ratos-toupeira-nus foram raptados da sua colónia, tendo sido transformados em escravos. De acordo com o site Science Alert, embora os ratos-toupeira-nus (Heterocephalus glaber) sejam pequenos, têm grandes colónias compostas por …