Cientistas portugueses participam na criação do maior telescópio do mundo

(dr) SKA Organization

Ilustração das antenas parabólicas que serão instaladas na África do Sul.

O SKA, Square Kilometre Array, está já em construção e será o maior telescópio do mundo. Cientistas portugueses estão a participar no seu design e alguns dos testes serão feitos em território luso.

A construção do SKA já dura há mais de duas décadas, mas parece já haver data anunciada para a sua grande apresentação. Planeia-se que esteja pronto em 2020, para que em 2023 inicie observações. Portugal tem envolvidos no projeto cerca de 40 investigadores das universidades do Porto, Lisboa, Coimbra, Évora, Beira Interior e Aveiro

“O SKA vai permitir um salto gigantesco no conhecimento“, diz Domingos Barbosa, investigador do Instituto de Telecomunicações (IT), na Universidade de Aveiro, e o coordenador da infraestrutura de investigação do SKA em Portugal.

São vários os testes essenciais ao projeto que vão ter lugar em Portugal. “As ferramentas de software do telescópio estão neste momento a ser todas alojadas no IT, em Aveiro”, onde os testes serão realizados até ao final deste ano.

Em declarações ao Diário de Notícias, Domingos Barbosa explica que o design do telescópio, “que ainda não está completamente definido”, teve a participação de cientistas portugueses. O investigador afirma ainda que o seu grupo “lidera o desenho das plataformas informáticas que vão gerir a operação do SKA”.

O telescópio, para esta primeira fase, conta com um orçamento de 700 milhões de euros. O grupo de investigadores portugueses está envolvido na gestão operacional do radiotelescópio e é responsável pela orientação de cada uma das antenas e a distribuição da informação entre os vários centros de dados.

O SKA será amigo do ambiente, baseando-se unicamente em energias renováveis. A “operação verde” do telescópio, como lhe chama Domingos Barbosa, será testada esta primavera no Alentejo.

Este radiotelescópio não será apenas o maior do mundo, tem também a particularidade de ser distribuído por vários países, realça o DN. Na África do Sul serão instaladas cerca de 200 antenas parabólicas, com 15 metros de diâmetro cada. Na Austrália, serão instaladas outras 130 mil antenas, mas de uma dimensão menos.

Ilustração das antenas parabólicas que serão instaladas na Austrália.

A instalação distribuída por países com diferentes horas de sol diárias permitirá que a operação das antenas funcione com tecnologia solar fotovoltaica. “A ideia é demonstrar que esta opção verde permite uma poupança muito significativa, de cerca de 13 milhões de euros, na própria construção do telescópio”, adianta Domingos Barbosa.

Há ainda uma proeza única alcançada pelo SKA. O líder do projeto em Portugal afirma que este radiotelescópio será “o primeiro a observar todo o céu, e não apenas algumas parcelas de cada vez”. Além disso, não é preciso esperar pela noite para fazer as observações, ao contrário de outros telescópios com esta limitação.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cria de lobo-marinho voltou a aparecer no areal do Porto Santo

A cria de lobo-marinho que tem feito do areal da ilha do Porto Santo o seu local de descanso voltou a aparecer hoje, depois de ter desaparecido desde terça-feira à noite. A bióloga Rosa Pires, do …

Há um fóssil único de tiranossauro bebé à venda no eBay (e os cientistas estão indignados)

O esqueleto "único" de um filhote de tiranossauto (Tyrannosaurus rex) com mais de 60 milhões de anos foi posto à venda na plataforma eBay nos Estados Unidos. O vendedor pede quase 3 milhões de dólares …

Agência francesa adverte: troque ibuprofeno por paracetamol

A agência francesa do medicamento ANSM fez uma advertência a médicos e pacientes sobre riscos decorrentes do uso do ibuprofeno e do cetoprofeno, que podem agravar infeções em tratamento, e pediu uma investigação a nível …

"Lendária" e misteriosa espécie de orca avistada por cientistas

Cientistas admitem o possível avistamento de uma das espécies de orca mais misteriosas da natureza. A orca é conhecida como o "Tipo D", mas muito raramente foi vista ou ouvida. A orca foi avistada no Cabo …

Nacional vs Sporting | Triunfo curto para tanto domínio

O Sporting foi à Madeira somar a sua sétima vitória consecutiva na Liga NOS. No terreno do Nacional, os “leões” ganharam por 1-0, num jogo em que o resultado não espelha a grande superioridade da …

Titã pode ter "lagos fantasmas" e cavernas

Titã, a lua e Saturno, é surpreendentemente semelhante à Terra. Tem lagos, rios e oceanos profundos (e possivelmente cavernas) que poderiam sustentar vida. Em Titã, a chuva não é água, mas sim metano líquido. Duas …

As barbas podem ter mais bactérias do que o pêlo dos cães

Uma equipa de investigadores suíços descobriu que as barbas podem ter mais micróbios prejudiciais à saúde humana do que o pêlo dos cães. Uma recente investigação realizada pela clínica Hirslanden, na Suíça, descobriu que as barbas …

Há uma cidade onde é proibido morrer

Longyearbyen, capital do arquipélago de Svalbard, na Noruega, deu o passo muito incomum de proibir a morte naquela região. Desde 1950, ninguém está legalmente autorizado a morrer na cidade. Até uma pessoa que lá tenha vivido …

Este ano já morreram 129 pessoas na estrada. O telemóvel leva as culpas

A Secretaria de Estado da Proteção Civil informou hoje que morreram 129 pessoas nas estradas portuguesas, menos uma morte do que em período homólogo de 2018 e o telemóvel ao volante tem contribuído para aumento …

Musk ganha 40 mil vezes mais que os seus empregados (mas não levanta os cheques)

Elon Musk, o criador da Tesla, ganha 40 mil vezes mais do que a média dos seus trabalhadores. Por outro lado, o multimilionário Warren Buffett recebe sete vezes menos que os seus trabalhadores. Os dados divulgados …