Em Portugal, mais de 40% dos casos são “falsas urgências”

Em 2017, as “falsas urgências” representaram 41,1% dos casos alvo de triagem nos hospitais em todo o território nacional.

Dados disponíveis no portal do Serviço Nacional de Saúde permitiram concluir que, em todo o território nacional, as “falsas urgências” representaram 41,1% dos casos alvo de triagem nos hospitais. Além disso, há sete hospitais no país onde mais de 50% das idas às urgências são motivadas por causas não urgentes.

Segundo o Público, mais de 50% das idas às urgências nesses sete hospitais são casos em que os doentes recebem uma pulseira verde (pouco urgente), azul (não urgente) ou branca (atividade programada), as menos graves na escala de Manchester.

Os sete hospitais em causa são o hospital Amadora-Sintra, Loures, Lisboa Norte (Santa Maria e Pulido Valente), Garcia de Orta e Cascais – na Área Metropolitana de Lisboa – e em Póvoa de Varzim/Vila do Conde e Santa Maria Maior – distrito do Porto e Braga, respetivamente.

Pelo contrário, os hospitais que registam menos situações deste género são o Centro Hospitalar do Porto, o da Cova da Beira e o de Coimbra, nos quais as “falsas urgências” não excedem os 30%.

Os dados permitem ainda concluir que na origem destas “falsas urgências” estão a falta de médicos de família e pouca literacia em saúde. As “falsas urgências” têm um impacto negativo e “muito significativo”, já que aumenta a pressão sobre os profissionais de saúde e o tempo de espera dos utentes, aponta o Hospital Santa Maria Maior, em Barcelos.

Os hospitais têm realizado várias iniciativas para incentivar os utentes a dirigirem-se aos centros de saúde. O Hospital de Loures, por exemplo, tem mantido contacto com os centros da sua área “para potenciar parcerias e proporcionar melhores cuidados aos utentes, quer ao nível da prevenção, quer ao nível do acompanhamento de doenças crónicas”.

Já o Centro Hospitalar de Póvoa de Varzim/Vila do Conde tem tentado reduzir as idas à urgências, tendo atribuído um médico e um enfermeiro de família a todos os utentes residentes nos dois concelhos. Além disso, as consultas não programadas foram reforçadas e os horários de atendimento foram prolongados.

No Hospital de Santa Maria Maior, em Barcelos, está a ser realizado um estudo sobre o grupo de doentes não urgentes que recorre às urgências, de modo a perceber as suas motivações.

Mas é no Garcia de Orta que a situação merece mais atenção, já que se identificou que 87% dos utentes se deslocam à urgência pelos mesmos motivos que vão ao centro de saúde. Assim, foi criado o Grupo de Resolução High Users de modo a reduzir o número de idas evitáveis às urgências, mas também “melhorar a orientação e o encaminhamento dos utilizadores frequentes para os cuidados de saúde e apoio social de que necessitam”.

Ainda assim, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde atenderam em 2017 6.318.257 urgências, um decréscimo de 87 mil em relação a 2016. Este valor representa um decréscimo de 1,4%, o maior em cinco anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta enguia que tem a maior descarga elétrica alguma vez vista

Foram descobertas duas novas espécies de enguias elétricas (Electrophorus electricus), sendo que uma delas tem a maior descarga elétrica alguma vez vista num animal, com uma potência de 850 volts. Podendo chegar a 2,5 metros de …

Nova tecnologia consegue gerar eletricidade através das noites frias

Cientistas da Universidade de Stanford e da Universidade da Califórnia em Los Angeles construíram um dispositivo que consegue gerar eletricidade através do frio sentido durante a noite. Há dois anos, numa noite gelada de dezembro, num telhado da Califórnia, …

Descoberto um mundo subterrâneo perdido no meio da Antártida

Durante as primeiras expedições na Antártida, exploradores polares descobriram uma caverna de gelo "perdida" com três andares, vários lagos e um rio. A formação geológica foi encontrada na ilha Galindez, onde estão baseados os exploradores da …

Boavista 1-1 Sporting | Duelo felino de portas fechadas

O Sporting foi ao Estádio do Bessa perder mais dois pontos. Após a derrota em casa com o Rio Ave na ronda anterior, que valeu o despedimento a Marcel Keizer, Leonel Pontes estreou-se no banco …

Durante a Guerra Fria, os melhores agentes da CIA não eram humanos

A CIA desclassificou dezenas de documentos da época da Guerra Fria, que revelam detalhes das suas missões. A agência de inteligência norte-americana não apostava só em humanos. De acordo com a agência France-Press, os documentos revelam …

Israel vai (outra vez) a votos e Netanyahu enfrenta novo teste à sobrevivência política

Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro há mais tempo em funções em Israel, enfrenta um novo teste à sua capacidade de sobrevivência nas legislativas de terça-feira e não tem desperdiçado oportunidades para atrair eleitores. As questões de segurança …

Hugo Soares na campanha, "para que o resultado do PSD possa ser o melhor possível"

O deputado e ex-líder parlamentar do PSD Hugo Soares manifestou-se disponível para fazer campanha pelo partido "sempre que for convidado", como aconteceu este sábado, em Pombal, a convite da cabeça-de-lista por Leiria Margarida Balseiro Lopes. O …

Portimonense 2-3 Porto | Susto resolvido nos descontos

O FC Porto sofreu a bom sofrer para somar os três pontos no Algarve. Os dragões acabaram por chegar à vitória aos 98 minutos, por Iván Marcano, colocando lógica no marcador, se tivermos em conta …

Astrónomos viram "bolhas" gigantes no buraco negro da Via Láctea

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um dos maiores fenómenos já observados no centro da Via Láctea: duas "bolhas" gigantes, emissoras de ondas de rádio, acima e abaixo da região central da nossa galáxia. Segundo o …

Aveiro. Há 170 casos de violência doméstica parados por falta de magistrados

Uma procuradora com 170 casos de violência doméstica em mãos entrou de baixa e o Ministério Público de Aveiro não tinha magistrados para a substituir. Segundo o Jornal de Notícias, mais de 170 inquéritos sobre violência …