Porto vs Besiktas | Falsa partida para o dragão

FC Porto sofreu os primeiros golos em jogos oficiais esta época e, consequentemente, a primeira derrota. O Besiktas foi ao Estádio do Dragão vencer por 3-1, com dois antigos jogadores que actuaram em Portugal a terem total protagonismo no primeiro tento da noite.

Para a história fica um Porto que dominou no segundo tempo, rematou muito, mas foi tacticamente ultrapassado por uma formação turca que chegou com pragmatismo junto à baliza de Iker Casillas e soube aproveitar as suas melhores ocasiões.

O Jogo explicado em Números

  • O Porto conseguiu o primeiro remate enquadrado logo no primeiro minuto, por Marega, mas o Besiktas cedo mostrou que não estava no Dragão para ver jogar. Com passes longos para as laterais, onde estavam Babel e Quaresma, os turcos criavam perigo e, aos dez minutos, somavam 46% de posse e dois remates, embora nenhum enquadrado.
  • Não espantou o primeiro golo dos visitantes, aos 13 minutos, por Talisca, de cabeça, após cruzamento de Quaresma. Um tento 100% construído por antigos jogadores da Liga portuguesa.
  • Porto teve de ir atrás do prejuízo e Óliver acertou no poste aos 19 minutos, num bom lance de insistência portista. E essa intensidade deu frutos aos 21 minutos, com Tosic a fazer autogolo após canto de Alex Telles. Nesta fase o Besiktas tinha, apesar de tudo, mais bola, 52%, e quatro remates, mais um que os portistas (ambos um enquadrado).
  • Adivinhava-se o tento do FC Porto, mas foi o Besiktas a marcar de novo, através de um grande golo de Tosun, num remate de fora da área aos 28 minutos. Um “balde de água fria” no Dragão.
  • Os turcos iam-se superiorizando ao Porto nos duelos individuais, com 61% ganhos, e os portugueses nos cantos (5-1). De resto o equilíbrio era nota dominante à meia-hora: 53% de posse para os portistas; seis remates, dois enquadrados, para cada equipa; 77% de eficácia de passe para ambos.
  • O intervalo chegou com o Besiktas em vantagem, em especial pela melhor abordagem táctica na exploração dos espaços concedidos pelos portistas que, por seu turno, mostravam maior intensidade.
  • Em termos estatísticos apenas detalhes separavam as duas equipas: 8-9 em remates a favor dos turcos, 2-3 enquadrados, 51% de posse para os “dragões”, 75% de eficácia de passe para os portugueses, 77% para o seu adversário.
  • Besiktas superior nos duelos individuais (63%), Porto nos cantos (6-1).
  • Talisca era o melhor nesta altura, com um golo em dois remates (um enquadrado), três passes para finalização, um drible eficaz e uma movimentação imprevisível – GoalPoint Rating de 7.3.
  • Mais Porto no reatamento, com seis remates (só um enquadrado) nos primeiros 15 minutos após o descanso e 61% de posse nesta fase. Também nos duelos os números melhoraram, com 57% ganhos. As entradas de André André e Otávio para a zona central ajudaram a essa mudança.
  • Brahimi foi subindo no GoalPoint Ratings em paralelo à melhoria de rendimento do Porto e, pelos 75 minutos, já era o segundo melhor em campo, com 6.7, graças a uma ocasião flagrante criada em dois passes para finalização, quatro dribles eficazes em oito tentativas, oito duelos ganhos em 13 e o máximo de recuperações de bola: dez.
  • Domínio total do Porto no segundo tempo, com 62% de posse na segunda parte, por volta dos 80 minutos, e dez remates nesta fase, três enquadrados. O problema é que o Besiktas soube adaptar-se à nova realidade e retirou espaços aos “dragões” na zona central, o que dificultou a criação de oportunidades de golo.
  • E foi contra a corrente de jogo que Babel fez o 3-1 para o Besiktas, a concluir na grande área um centro atrasado de Álvaro Negredo.

O Homem do Jogo

O brasileiro já tinha feito estragos na anterior visita a Portugal, com um golo apontado ao Benfica na Luz. Desta vez, no Porto, Anderson Talisca voltou a facturar, desta feita de cabeça, e foi o melhor em campo com base no GoalPoint Ratings, com 7.2.

A sua movimentação foi uma dor-de-cabeça para a defesa portista, bem como a sua capacidade de remate e último passe. Marcou a cruzamento de Ricardo Quaresma e registou bons números, em especial na primeira parte: dois remates, um enquadrado, três passes para finalização, um drible eficaz, oito duelos ganhos em 14, dois desarmes e três intercepções e quatro faltas sofridas.

https://twitter.com/_Goalpoint/status/908042998541320193

Jogadores em foco

  • Brahimi 6.3 – O melhor jogador do Porto. O argelino foi subindo de produção e destacou-se naquilo que melhor sabe fazer: os dribles – quatro eficazes em 11 tentativas. Registou ainda dois remates e fez dois passes para finalização.
  • Pepe 6.7 – Excelente jogo do ex-portista. O internacional português registou 12 alívios, o máximo do jogo, mas também quatro desarmes, duas intercepções e nove recuperações de bola. Ganhou oito de 11 duelos.
  • Felipe 5.9 – Apesar de o Besiktas pouco ter atacado no segundo tempo, Felipe acabou por ter uma prestação meritória, com seis alívios, três intercepções, dois desarmes e dois remates bloqueados.
  • R. Quaresma 5.6 – O extremo português saiu sob um forte aplauso dos adeptos portistas, no final da segunda parte, apesar de ter saído dele o passe para o 1-o de Talisca. Fez dois remates, um enquadrado, e ainda dois passes para finalização.
  • Hutchinson 6.2 – O médio-defensivo canadiano foi uma parede onde o Porto esbarrava regularmente. Terminou com belos números defensivos: sete desarmes, três alívios, dois bloqueios de remate, ganhou 12 duelos em 15, recuperou sete vezes a bola e acertou 89% dos passes.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Governador das Filipinas diz que cantores de karaoke prejudicam combate à pandemia

Um governador de uma província das Filipinas voltou a sua atenção para um grupo de pessoas que, segundo ele, estão a prejudicar a luta contra a pandemia: cantores de karaoke. Numa publicação no Facebook na madrugada …

Histórico: Filipe Albuquerque vence 24 Horas de Le Mans e sagra-se campeão mundial de LMP2

O português Filipe Albuquerque, da United Autosports, venceu este domingo as 24 Horas de Le Mans em automobilismo, na categoria LMP2, a segunda mais importante, e sagrou-se campeão mundial de resistência a uma corrida do …

Convenção do Chega chumba lista de André Ventura para a direção nacional

A proposta do presidente do Chega, André Ventura, para a direção nacional do partido foi hoje chumbada na convenção que decorre em Évora, ao não conseguir reunir os dois terços dos votos dos cerca de …

Portugal com mais 13 mortos e 552 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal contabiliza hoje mais 13 mortos relacionados com a covid-19 e 552 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo os dados a DGS, a região …

TikTok anuncia acordo com Oracle e Walmart e adia proibição nos EUA

A aplicação TikTok, detida pela sociedade chinesa ByteDance e ameaçada de ser proibida nos Estados Unidos, anunciou este domingo um acordo de princípio com a Oracle, como parceiro tecnológico, e com a Walmart, em termos …

As gaivotas são inoportunas? Saiba que as suas fezes podem valer mil milhões de dólares

Afinal, as gaivotas podem ser animais bem mais interessantes do que aquilo que a maioria das pessoas pensa. É que as suas fezes são muito valiosas e os seus nutrientes fertilizam campos agrícolas e recifes …

Super-vulcão Yellowstone registou 91 terramotos em apenas 24 horas

Os vulcanólogos têm andado atentos ao super-vulcão localizado no Parque Nacional de Yellowstone, nos Estados Unidos. O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) relatou recentemente a ocorrência de 91 terremotos em apenas 24 horas. Estes …

Cartoonista alemão Frank Hoppmann é o vencedor do 15.º World Press Cartoon

O 'cartoonista' alemão Frank Hoppmann, com a caricatura do primeiro-ministro britânico Boris Johnson, é o vencedor da 15.ª edição do World Press Cartoon, foi hoje anunciado nas Caldas da Rainha, na cerimónia de entrega de …

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …