Porque é que Portugal é tão… pobre?

Uma brincadeira com os resultados das pesquisas do Google mostra que o país está com uma imagem menos boa visto de fora. Se começar a escrever “Porque é que Portugal é tão” na caixa de pesquisa do Google, a sugestão para completar a frase baseada nas pesquisas feitas mais vezes pelos utilizadores parece ser… “pobre”.

Tudo começou quando Josh Greenman, um editor do New York Daily News, se lembrou de fazer um mapa dos Estados Unidos a partir da pesquisa “Porque é que o [Estado] é tão…”, deixando que o Google completasse a frase com as sugestões mais procuradas, o famoso autocomplete, sobre cada estado.

Os resultados refletem os estereótipos de cada lugar: Nova Iorque é “caro”, Texas é “grande”, Flórida e Arizona são “quentes” e metade dos estados do Norte são “frios”.  Há também considerações morais: Illinois é “corrupto”, Tennessee e Louisiana são “racistas” e Geórgia é “retrógrado”.  Por fim, algo que reflete a natureza inócua destas pesquisas: de Nebraska e Delaware, os utilizadores perguntam-se apenas porque é que são estados tão “chatos”.

Autocomplete da Europa

Esse mapa dos EUA foi publicado no site da revista Business Insider durante o fim de semana. Partindo da mesma ideia, Randal Olson, um investigador da Universidade de Michigan na área da Informática, aplicou o mesmo critério de pesquisas ao mapa da Europa – que também foi publicado no site do BI.

Os resultados vêm salpicados por clichés: Portugal (assim como quase todos os países da Europa de Leste) é “pobre”, Espanha é “vazia” e França é… “gay”.

Quem procura respostas no Google parece também não perceber porque é que Alemanha, Inglaterra, Áustria, Noruega e Suíça são tão “ricos”, ou porque é que a Grécia é tão “importante”. Mais uma vez, uma onda de pesquisas parvas: a Irlanda é “verde”, a Bélgica é “chata”, a Rússia é “grande”, a Finlândia é “inteligente” e a Dinamarca e a Suécia são, simplesmente, “felizes”.

Por fim, as considerações mais negativas: a Itália é considerada “racista”, a Polónia é “fraca” e a Lituânia é “suicida”.

Mudanças e enviesamentos

Se fizer a pesquisa neste momento, no entanto, alguns resultados podem aparecer um pouco diferentes do que no mapa de Randal Olson.

Portugal, por exemplo, tanto na pesquisa em português como em inglês, aparece agora como “pequeno”, “quente” e “popular” – mas a fama de “pobre” vai perdurar enquanto o mapa correr a Internet.

Em relação aos sinais que este tipo de mapas nos dão – e a importância que lhes damos – , é preciso também parar para perguntar: será que somos nós que passamos uma imagem negativa para o mundo ou, simplesmente, devemo-nos perguntar “Porque é que a Internet é tão… básica?”

Aline Flor, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …

Guardiola diz que Bernardo Silva "sempre foi importante" para City

O treinador Pep Guardiola disse esta sexta-feira que o português Bernardo Silva “está de volta” ao melhor nível e que “sempre foi importante" para o Manchester City, depois de ter "sentido" dificuldades na temporada passada. “Ele …