Polícia já conhece alguns dos autores do Football Leaks

(dr) sporting.pt

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

As autoridades policiais portuguesas já conhecem alguns dos autores do site que tem divulgado documentos confidenciais referentes a clubes de futebol.

O jornal AS revelou que as autoridades portuguesas já conseguiram desvendar a identidade de algumas das pessoas por detrás do Football Leaks e que, pelo menos alguns dos seus autores, são de nacionalidade portuguesa.

“Trata-se uma rede criminosa internacional com experiência neste tipo de atividade” afirmaram fontes judiciais ao jornal espanhol, referindo ainda que o site, embora escrito em português, está alojado na Rússia.

Entretanto, um porta-voz da página garantiu à agência EFE que não sabe ao certo o número de documentos na sua posse mas que rondam “os 300 gigas de informação”, sendo que “nenhum está falsificado”.

O Football Leaks deu que falar em setembro passado, mais precisamente quando publicou o contrato do treinador Jorge Jesus com o Sporting.

Além do alvo leonino, o site também conseguiu mexer com os outros dois grandes, nomeadamente, com a documentação relativa à transferência de Ola John para o Benfica e com a revelação de que o FC Porto tinha uma dívida de cerca de dez milhões de euros por causa da transferência de Imbula.

No seu início, o Football Leaks intitulou-se como um projeto para “divulgar a parte oculta do futebol”, uma vez que “o desporto que tanto amamos está podre e é altura de dizer basta”.

ZAP / Futebol365

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE