Podemos ter falta de peixe se não definirmos quotas de pesca com base em dados científicos

Lucas Jans / Flickr

-

Associações internacionais de defesa dos oceanos voltaram a apelar às autoridades europeias para definirem os limites de pesca com base nos pareceres científicos, caminho que Portugal também deve seguir na gestão nacional de alguns stocks, como na sardinha.

“O que temos vindo a pedir é que sejam respeitados os pareceres científicos sobre os vários stocks e alguns dos mais importantes para Portugal acabam por não ser geridos pela União Europeia” e sim pelo país, disse esta quinta-feira à agência Lusa Gonçalo Carvalho Sciaena (Associação de Ciências Marinhas e Cooperação).

Para o representante em Portugal de organizações internacionais nesta área como a norte-americana Pew, “é importante que não aconteça o que tem acontecido em anos anteriores, em que os pareceres científicos não têm sido respeitados“.

E será ainda mais importante nesta fase, em que há novas medidas – nomeadamente relacionadas com a proibição das rejeições (quando se deita ao mar o peixe que foi pescado a mais) -, ter maior atenção ao aconselhamento científico, salientou.

A Comissão Europeia publicou ontem as possibilidades de pesca para 2015, documento em que é avaliado o estado dos stocks na Europa, informação que serve de base para a decisão das capturas permitidas.

Gonçalo Carvalho realçou que, nesta fase, “o que faz sentido é ter em atenção também para Portugal o princípio básico de tomar as decisões sobre a gestão das pescas com base no melhor conhecimento científico possível”.

Em Portugal, são várias as espécies com planos de recuperação, como o carapau, o lagostim, a pescada ou o tamboril, e, segundo Gonçalo Carvalho, algumas “têm registado melhorias”.

A sardinha é gerida a nível nacional e tem vindo a verificar um decréscimo na abundância, o que, para o representante da Sciaena, “é preocupante, embora seja uma espécie muito propensa a flutuações grandes devido a fatores ambientais”, no entanto, não deixa de referir o “bom trabalho” do Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

De acordo com a Pew, a Comissão Europeia refere um aumento de 39 para 41% na sobrepesca no Atlântico nordeste, enquanto em 2013 foram sobre-exploradas 16 de 41 unidades populacionais avaliadas, em 2014 foram 19 em 46 unidades.

Em 2012, os ministros das pescas determinaram limites de pesca em média 11% acima dos pareceres científicos e, em 2014, as quotas médias “foram significativamente superiores”, situando-se 35% acima das recomendações científicas, acrescenta a Pew.

A organização internacional apelou à UE para que defina os limites de pesca a partir dos pareceres científicos e defendeu a definição de medidas para acabar com a sobrepesca até 2015.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …

Violada, drogada e raptada. Cantora Duffy explica o seu desaparecimento da cena musical

A cantora galesa Duffy que fez sucesso, em 2008, com a música "Mercy", esteve vários anos afastada dos holofotes do mundo da música e explica, agora, que isso se deveu ao facto de ter sido …

Neeleman continua na TAP, mesmo com a entrada da Lufthansa

David Neeleman vai manter-se como acionista da companhia aérea portuguesa, mesmo que a Lufthansa venha a entrar no capital da TAP. Sabe-se que a Lufthansa está a estudar, juntamente com a United Airlines, a aquisição dos …

Escócia aprova plano para dar tampões e pensos grátis a todas as mulheres

O Parlamento escocês aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei para disponibilizar gratuitamente produtos de higiene feminina a todas as mulheres. A Escócia será o primeiro país a avançar com uma medida deste tipo. O plano …

Bruxelas regista lentidão no desenvolvimento da ferrovia e dos portos portugueses

A Comissão Europeia fez hoje várias observações sobre a lentidão do desenvolvimento de projetos na ferrovia e nos portos portugueses, num relatório elaborado no âmbito do pacote de inverno do semestre europeu. Abordando os setores ferroviário …

Há dois anos, o Governo deu luz verde a doutoramentos nos politécnicos (mas ainda não mudou a lei)

O Governo deu luz verde aos doutoramentos nos politécnicos e, por isso, criou em 2018 uma lei para mudar o panorama. Contudo, esta só funciona se a Lei de Bases mudar. Em 2018, o Conselho de …

Neymar recusa treinar depois de não ser convocado

O futebolista brasileiro Neymar, que joga atualmente no PSG, recusou-se a treinar no dia seguinte a não ter sido convocado para o jogo frente ao Dijon, para a Taça de França, revelou esta quarta-feira o …

"Poesia de emergência". Espanhóis criam número de telefone para quem quiser ouvir poemas

O projeto "Poesia de Emergência" nasceu no início de 2018 e tem mais de uma centena de voluntários que recitam poemas próprios autores conhecidos. Basta ligar para um número.   A ideia, que já tem voluntários em …