Um planeta pode ter sido “roubado” do Sistema Solar

ESO/M. Kornmesser/N. Risinger (skysurvey.org)

Uma nova análise de astrónomos da Universidade Stony Brook, em Nova Iorque, revelou que as estrelas “roubam” planetas umas às outras – e isso também poderá ter acontecido no nosso próprio Sistema Solar.

Quase tudo o que sabemos sobre a formação dos planetas foi aprendido pela observação das estrelas na nossa vizinhança. No entanto, as nossas teorias não explicam tudo o que já vimos noutros sistemas planetários, como grandes planetas semelhantes a Júpiter que orbitam perto de pequenas estrelas com pouca massa – algo que não deveria acontecer.

Rosalba Perna, co-autora do estudos publicados este mês na revista científica Earth and Planetary Astrophysics e que estão disponíveis da plataforma de pré-impressão ArXiv, e os seus colegas usaram simulações em computador para investigar o que acontece quando duas estrelas vizinhas se aproximam demasiado.

Os investigadores descobriram que, dentro dos aglomerados de estrelas, estas abordagens frequentemente causam estragos nos sistemas planetários, destruindo, expulsando e até roubando planetas, que passariam de uma estrela para a outra como resultado de interações gravitacionais. De acordo com os cálculos, estes eventos ocorreriam aproximadamente uma vez a cada mil milhões de anos em cada sistema planetário.

Apesar de não parecer muito, se tivermos em conta o grande número de estrelas que há em cada aglomerado, percebemos que estes episódios acontecem com frequência, escreve o jornal espanhol ABC.

E, para os investigadores, isto poderia explicar estranhos exoplanetas descobertos até agora, como os gigantes gasosos, que podem ter nascer em torno de estrelas semelhantes ao Sol e depois roubados por outras estrelas mais pequenas durante um desses encontros.

E como poderemos encontrar estes planetas roubados? Basta procurar órbitas muito íngremes que não correspondem ao plano orbital do resto dos mundos da estrela hospedeira.

Não precisamos de ir longe para encontrar episódios deste. O mesmo poderá ter acontecido na nossa própria “casa”. O Sistema Solar passou milhões de anos a formar-se no meio de um denso grupo de pelo menos outras duas mil estrelas. Isto significa que o Sol poderia ter tido, em origem, mais um planeta que terá sido “arrancado” de si pouco depois de se nascer.

Por outro lado, também é possível que o nosso Sol tenha roubado planetas de estrelas vizinhas. Até poderia até ter “trocado” mundos com outra estrela – mundos esses que ainda estão à espera de serem descobertos nos limites do Sistema Solar.

ZAP //

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …

Biblioteca virtual no Minecraft dá voz a jornalistas censurados de todo o mundo

Enquanto governos de todo o mundo reprimem a liberdade jornalística e censuram a sua imprensa nacional, a Reporters Without Borders está a trabalhar para chegar ao público através de um canal improvável: uma enorme biblioteca …

Há mais 19 mortos em Portugal. Número de casos confirmados perto dos 6.000

Portugal registou, este domingo, mais 19 mortes devido ao surto de covid-19. O número de casos confirmados é de 5.962, mais 792 em relação aos números de sábado. A Direção-Geral de Saúde revelou este domingo o …

Criança de 14 anos morre com covid-19 no Hospital da Feira

Uma criança de 14 anos morreu, este domingo, no Hospital de São Sebastião, na Feira, vítima de covid-19. Sofria de psoríase, doença que pode debilitar o sistema imunitário. O rapaz era morador em Ovar e tinha …

A Estação Matternet é um "portal seguro de drones" para hospitais

O sistema é simples: a equipa médica do hospital coloca as amostras que precisam de ser testadas no interior da estação, e esta encarrega-se automaticamente de as colocar num drone. Depois, o topo da torre …

Espanha atinge recorde: Morreram 838 pessoas nas últimas 24 horas

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 838 mortos com o novo coronavírus, voltando a aumentar o número de falecidos num só dia e elevando o balanço total para 6.528, de acordo com a última atualização …