Jordan Peterson diz que queimar combustíveis fósseis é bom para o ambiente

15

Gage Skidmore / Wikimedia

O controverso psicólogo canadiano Jordan Peterson

O controverso psicólogo canadiano Jordan Peterson fez manchetes com a sua posição provocadora sobre os combustíveis fósseis e o seu impacto no ambiente.

Numa recente aparição em podcast com o controverso político britânico Nigel Farage, Jordan Peterson argumentou que a queima de combustíveis fósseis teve um efeito positivo no planeta.

Peterson apontou dados da NASA, afirmando que o aumento das emissões de dióxido de carbono (CO2) da indústria dos combustíveis fósseis resultou em benefícios ecológicos substanciais.

“Só nos últimos 20 anos, o planeta ficou mais verde num fator de 20%”, afirmou Peterson. O canadiano sublinhou que o influxo de CO2 está a contribuir para a expansão das áreas verdes em todo o mundo, o que considera ser um ganho ecológico.

Para apoiar a sua alegação, Peterson destacou dados de satélite que mostram que uma parte significativa deste enverdecimento se deve aos esforços da China. Desde a década de 70, a China tem implementado grandes projetos de geo-engenharia, como a “Grande Muralha Verde” – à semelhança do que está a ser feito em África.

Esta iniciativa envolve a plantação de milhares de milhões de árvores para combater a desertificação e evitar tempestades de poeira, particularmente no deserto de Gobi. De acordo com os dados, só a China contribuiu com 25% para o aumento global das áreas verdes.

No entanto, os críticos do ponto de vista de Peterson argumentam que a sua interpretação dos dados simplifica demasiado uma questão complexa.

Os críticos salientam que, embora algumas regiões tenham registado um aumento da vegetação devido ao aumento dos níveis de CO2, isso não explica os efeitos negativos a longo prazo das alterações climáticas.

Estudos demonstraram que os ganhos iniciais de vegetação resultantes do aumento do CO2 podem ser compensados por outras pressões ambientais, como o aumento das temperaturas e a escassez de água.

Gavin Schmidt, cientista climático da NASA, criticou os comentários de Peterson depois da sua participação no podcast de Joe Rogan, acusando-o de não compreender os modelos climáticos e as implicações mais vastas do aumento dos níveis de CO2.

ZAP //

15 Comments

  1. Sérgio, pode desenvolver?
    Se o CO2 é tão mau para o ambiente, porque é que nas estufas há quem use soluções de enriquecimento de CO2 para melhorar a produção?
    Se o CO2 é tão mau, porque é que os senhores que pregam sobre o aquecimento global andam todos de jato privado?
    O CO2 representa 0,035% da constituição da atmosfera, e nós seres humanos, somos responsáveis por 4% desses 0,035%.
    Porque é que os ativistas, como a Greta Thunberg, nunca vão à Índia ou à China? Quando a China é responsável por 30% das emissões de CO2.

    10
    10
  2. Jordan Peterson tem toda a razão… Mas ninguém o ouve. A causa do aquecimento global é simplesmente o calor! Um avião a 10.000 metros de altitude (a -50ºC) liberta gases a 600 ºC ou mais. E a culpa é do CO2? Tenham juízo! Acordem para a realidade!

    6
    9
  3. Claramente o senhor não esteve atento nas aulas de físico-química de 9º ano. O calor não é matéria. O calor é a energia transferida entre dois objetos. Se a energia não se dissipasse, a Terra já teria sobre aquecido há muitos milhares de anos só com o calor por radiação vindo do sol.
    A culpa é dos aviões que lançam gases a 600ºC? Se calhar até é do meu forno quando asso um frango! Que estupidez!

  4. O dióxido de carbono (CO2) tem um efeito significativo no meio ambiente, principalmente devido ao seu papel como gás de efeito estufa.

    Aqui está um resumo dos principais efeitos do CO2:

    Aquece o planeta: O CO2 absorve a radiação infravermelha emitida pela Terra, retendo calor na atmosfera. Esse processo, conhecido como efeito estufa, é natural e essencial para a vida na Terra. No entanto, o aumento das emissões de CO2 intensificou o efeito estufa, levando ao aquecimento global.
    Mudanças climáticas: O aquecimento global causado pelo CO2 está alterando os padrões climáticos em todo o mundo. Isso resulta em eventos climáticos mais extremos, como ondas de calor, secas, tempestades e inundações.
    Aumento do nível do mar: À medida que a Terra aquece, as geleiras e calotas polares derretem, elevando o nível do mar. Isso ameaça comunidades costeiras, inundando terras baixas e destruindo habitats vitais.
    Acidificação do oceano: O CO2 adicional é absorvido pelos oceanos, tornando-os mais ácidos. A acidificação prejudica a vida marinha, especialmente organismos que constroem seus esqueletos e conchas de calcário.
    Impactos nos ecossistemas: As mudanças climáticas causadas pelo CO2 estão alterando os ecossistemas em todo o mundo. Isso pode levar à perda de biodiversidade, à migração de espécies e ao colapso de ecossistemas frágeis.

    É importante ressaltar que o CO2 é um gás natural, mas o aumento das emissões humanas está causando desequilíbrio no sistema climático. Minimizar as emissões de CO2 é crucial para mitigar os efeitos das mudanças climáticas e proteger o meio ambiente.

    7
    3
  5. O maior problema ambiental da Terra não é o CO2, mas o excesso de população (com o excesso de consumo). Desde que nasci a população da Terra aumentou quase quatro vezes (Portugal, com os imigrantes, mantém-se na mesma) e cada um polui mais de dez vezes o que se poluía então!

  6. “Esta iniciativa envolve a plantação de milhares de milhões de árvores para combater a desertificação e evitar tempestades de poeira, particularmente no deserto de Gobi. De acordo com os dados, só a China contribuiu com 25% para o aumento global das áreas verdes.”
    Há mais zonas verdes porque foram plantadas e existe gestão de as manter. Não apareceram por magia do CO2.

  7. Penso Eu que todos os comentadores estão equivocados ; o CO2 , não é problema para o Ambiente , a culpa deve-se aos Ruminantes e aos Humanos quando comem uma valente feijoada (CH4) , o Artista Psicólogo afinal tem razão !

  8. Ó Rui, nem os cientistas têm provas que as emissões de CO2 provenientes da mão humana impactam o ambiente. Tudo o que se ouve é que o CO2 nunca esteve tão alto como há não sei quantos milhões de anos atrás. O CO2 já esteve bem mais alto sem os humanos, e havia vida na terra. É um ciclo. Vais dizer que os nossos 4% de 0,035% é que estão a arruinar o ambiente? É a mesma coisa que dizer que eu, se todos os dias despejar 1 litro de água no oceano, vou ser o responsável pelo aumento do nível do mar.

  9. Agenda 2030 vai salvar o Planeta!!!
    Há milhões de anos que o Planeta Terra sofre alterações. A descoberta do fogo foi o início a industrialização e da poluição.
    Tem de haver mais guerras para reduzir a população, o número de humanos tem de reduzir, pelo abosto, pela castração de jovens, pelo uso das drogas e pela alimentação com produtos processados. Evolução…

    2
    1
  10. Só há uma verdade provada: se os níveis de CO2 baixarem drasticamente, as plantas vão começar a morrer. E do que eu me lembro, as plantas são o pulmão da terra. Sem CO2, não há vida.

  11. Caro Luis Pedro, ninguem anda a propor baixar os níveis de CO2, portanto não esteja preocupado com as plantinhas (se calhar, você não come vegetais com pena delas). O que quem percebe do assunto (cientistas, não adivinhos nem profetas nem CEO’s nem donas de casa) propõe é que se impeça o aumento do CO2 – assim como do metano. Porquê? Principalmente, por causa do efeito de estufa e consequente aquecimento do planeta e consequente subida do nível do mar, entre outras coisas. Mas quando as coisas no planeta ficarem mesmo feias, o Luis Pedro já cá não estará, não é verdade? Portanto, que se lixe!

  12. Caro beldroega, então as políticas Net Zero e de Neutralidade de Carbono são o quê? O Programa das Nações Unidas para o Ambiente é o quê? Ninguém anda a propor baixar os níveis de CO2? Baixar as emissões de CO2 vai consequentemente baixar os níveis de CO2, uma vez que não é reposto na atmosfera ao mesmo ritmo que é consumido. Os níveis de CO2 tem subido todos os anos, mas segundo a NASA e uma publicação da Nature Communications, o buraco do ozono está a diminuir. Ou a NASA despediu os cientistas todos e meteu lá adivinhos e profetas?

    Editar – 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.