Há pessoas que nunca engordam (e a razão está escondida nos genes)

Investigadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, concluíram que certas pessoas têm uma “vantagem genética” que as ajuda a manter o peso em qualquer circunstância.

A equipa, liderada por Sadaf Farooqi, quis averiguar porque, num ambiente com acesso a alimentos altamente calóricos e a opção de ter um estilo de vida sedentário, algumas pessoas conseguem permanecer magros, ainda que comam tudo o que desejarem.

Estudos de gémeos mostraram que a variação no peso corporal é amplamente influenciada pelos genes. Até hoje, os estudos concentraram-se em pessoas com excesso de peso. Foram encontradas centenas de genes que aumentam a probabilidade de uma pessoa estar com sobrepeso e, em algumas pessoas, genes defeituosos podem causar obesidade severa desde tenra idade.

Depois de analisar o ADN de quase 14 mil pessoas – 1.600 pessoas magras, 1.985 com obesidade grave e 10.433 com peso normal -, estes especialistas descobriram novas regiões genéticas envolvidas na obesidade severa e algumas ligadas à magreza.

O ADN compreende uma sequência de moléculas conhecidas como pares de bases, representadas pelas letras A, C, G e T. As cadeias destes pares de base formam regiões genéticas. Os nossos genes fornecem o código de como o corpo funciona e alterações na ortografia – por exemplo, um C no lugar de um A – podem ter alterações subtis ou, às vezes, dramáticas na cor de cabelo e cor dos olhos, mas também no peso de uma pessoa.

A equipa encontrou várias variantes genéticas comuns já identificadas como tendo um papel na obesidade. Além disso, encontraram novas regiões genéticas envolvidas na obesidade severa e algumas envolvidas na magreza saudável.

“Como esperado”, as pessoas obesas têm “uma pontuação de risco genético maior do que as pessoas com peso normal”, enquanto que, nas pessoas magras, é muito mais baixa, disse a investigadora Inês Barroso.

Da sua parte, Farooqi disse que “pessoas magras e saudáveis geralmente são assim porque têm menos carga de genes que aumentam as probabilidades de estar acima do peso” e “não porque são moralmente superiores, como alguns sugerem”.

De facto, o especialista confirmou que “a ciência mostra que as coisas são muito mais complexas”, com as quais “temos muito menos controlo sobre o nosso peso do que poderíamos pensar”.

Três em cada quatro pessoas (74%) no estudo tinham histórico familiar de serem magras. A equipa encontrou algumas mudanças genéticas que eram significativamente mais comuns em pessoas magras, o que pode permitir identificar novos genes e mecanismos biológicos que ajudam as pessoas a permanecerem magras.

ZAP // EurekAlert

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nos genes e na zona do planeta em que se habita! Em muitos locais em guerra, em muitos países africanos e por vários locais desse mundo, há muita gente que não sabe mesmo o que é comer, quanto mais engordar!

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …