Cada pessoa ingere até 5 gramas de plástico por semana (o equivalente a um cartão de crédito)

SXC

A associação ambientalista internacional WWF estima que uma pessoa pode ingerir, em média, até cinco gramas de plástico por semana, o peso de um cartão de crédito, segundo um relatório publicado na terça-feira.

De acordo com os resultados da investigação, que contempla 50 estudos realizados sobre a ingestão humana de plásticos, cada pessoa ingere cerca de 2.000 micropartículas de plástico todas as semanas, ou seja, cerca de 250 gramas por ano.

Os microplásticos são pequenos pedaços, às vezes microscópicos, que surgem de produtos maiores devido à degradação pelo meio ambiente. Estudos anteriores já apontavam para a ingestão de milhares de partículas de microplásticos todos os anos, mas o desafio para os investigadores da Universidade de Newscastle, na Austrália, que esteve a cargo da investigação encomendada pela WWF, era medir o peso.

“Numa altura em que está a aumentar a consciencialização sobre a existência de microplásticos e o seu impacto no meio ambiente, este estudo fornece pela primeira vez um cálculo preciso das taxas de ingestão”, disse a investigadora Thava Palanisami.

Para a professora da Universidade de Newscastle, este estudo “ajuda a identificar os potenciais riscos toxicológicos para os seres humanos“. A primeira fonte é a água, especialmente se for engarrafada. Entre outros produtos analisados, os frutos do mar, a cerveja e o sal apresentam a taxa mais elevada de microplásticos.

“É um alerta para os governos: os plásticos não só poluem os nossos rios e oceanos, não matam apenas a vida marinha, mas estão em todos nós”, declarou, em comunicado, o diretor da WWF (Fundo Mundial para a Natureza), Marco Lambertini.

“A investigação reflete os potenciais efeitos negativos do plástico na saúde humana, mas este é um problema global que só pode ser resolvido abordando as raízes da poluição: se não queremos plástico nos nossos corpos, temos de travar os milhões de toneladas que são depositadas na natureza todos os anos”, acrescentou.

Lambertini apelou ainda à realização de uma campanha global, que envolva “governos, empresas e consumidores”, no sentido de se atingir “um pacto internacional” contra a poluição dos oceanos, através de objetivos nacionais.

Desde que começou a produção massiva de plásticos, na década de 40, estes versáteis polímeros expandiram-se rapidamente por todo o mundo e, apesar de em muitos sentidos terem tornado a vida mais fácil, a sua eliminação é um problema cada vez maior. As pessoas podem ingerir estes materiais inconscientemente quando comem ou respiram.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …

Violência doméstica: sobe para 16 o número de mulheres mortas em 2019

O número de mulheres mortas desde o início do ano em contexto de violência doméstica subiu para 16, segundo a contabilidade feita pelo Público com base nas notícias publicadas sobre o assunto. O número exclui …

Costa garante que Miguel nunca pediu ajuda ao Governo. Mas assegurou todo o "apoio diplomático e consular"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte, jovem que está a ser investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, mas assegurou todo o "apoio diplomático …

Em Espanha esqueceram-se de Ronaldo e estalou a polémica

A Liga Espanhola de Futebol Profissional lançou um desafio aos fãs do desporto rei para escolherem a sua lenda favorita de todos os tempos. A lista inclui as grandes figuras do futebol espanhol dos últimos …