Peso a mais diminui risco de demência

Photoxpress

-

Uns quilos a mais faz mal a (quase) tudo.

Ter peso a mais diminui o risco de desenvolver a doença de Alzheimer, de acordo com a maior e mais rigorosa investigação desenvolvida até agora sobre a relação entre os dois factores.

Os investigadores admitiram ter ficado bastante surpreendidos com a descoberta, que contraria as actuais correntes da medicina e todos os conselhos tradicionais em relação aos cuidados a ter com o peso.

A análise dos dados de quase dois milhões de britânicos, publicada na Lancet Diabetes & Endocrinology, mostrou que as pessoas abaixo do peso correm um risco maior de desenvolver a doença.

Ainda assim, as organizações dedicadas ao tratamento da demência continuam a aconselhar a prática de exercício físico, a ter uma dieta balanceada e a não fumar.

A demência é uma das questões que gera maior pressão sobre a medicina moderna. O número total de pacientes com demência no mundo pode triplicar e chegar a 135 milhões em 2050.

Actualmente, não há cura para a doença.

Os médicos aconselham que se mantenha um estilo de vida saudável, para tentar diminuir o risco de a desenvolver. Mas essa recomendação pode estar errada.

Surpresa

nawab-qizilbash-md-dphil-oxon / LinkedIn

Nawab Qizilbash, investigador da Oxin Epidemiology

Nawab Qizilbash, investigador da Oxin Epidemiology

A equipa de investigadores, formada por cientistas da Oxin Epidemiology e da Faculdade de Higiene e Medicina Tropical de Londres, analisou registos médicos de 1,9 milhão de pessoas com cerca de 55 anos, durante um período de duas décadas.

A análise mais conservadora feita pelos investigadores indica que as pessoas abaixo do peso seu ideal têm um risco 39% maior de desenvolver demência, quando comparadas com as pessoas próximas do seu peso saudável.

Mas a suprresa surgiu nos dados relativos às pessoas com excesso de peso, cujo risco de desenvolver a doença é 18% menor. E nos obesos, a percentagem foi de 24%.

Sim, isto é uma surpresa“, diz Nawab Qizilbash, um dos investigadores responsáveis pelo estudo, citado pela BBC.

A explicação da razão pela qual o peso tem um efeito protector em relação à demência ainda não é totalmente clara.

Algumas teorias defendem que a deficiência das vitaminas D e E contribuem para a demência – e essas deficiências são menos comuns para quem come mais.

Prudência

Qizilbash diz que o resultado da investigação não deve ser encarado como uma desculpa para engordar alguns quilos.

“Mesmo que beneficie desse efeito protector quanto ao Alzheimer, pode não viver o suficiente para aproveitar esse efeito”, diz o cientista.

Doenças cardíacas, enfartes do miocárdio, diabetes, alguns cancros e outras doenças foram já ligadas ao excesso de gordura na região abdominal.

A Sociedade Britânica de Alzheimer mantém alguma prudência na análise destes resultados.

“A diferença de conclusões de diversos estudos realça a dificuldade de conduzir estudos sobre riscos de demência relacionados com estilos de vida complexos”, diz Simon Ridley, investigador da Sociedade.

A cientista americana Deborah Gustafson, do Centro Médico SUNY Downstate de Nova Iorque, por seu turno, defende que “entender a ligação entre o índice de massa corporal e a demência ajuda a perceber a complexidade dos riscos e factores de protecção de demência”.

“O relatório de Qizilbash não é a palavra final neste aspecto controverso”, diz Gustafson.

“Nesse ponto, concordamos inteiramente”, diz Qizilbash.

ZAP / BBC

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …