Peptídeo enfraquece superbactérias (e torna antibióticos antigos eficazes outra vez)

(CC0/PD) pxhere

Staphylococcus aureus, superbacteria resistente aos antibióticos

Tal como os vírus, as superbactérias são também uma ameaça à saúde pública. Um novo estudo identificou um peptídeo capaz de tornar os antibióticos ainda mais eficazes, com uma dose muito mais pequena.

Os antibióticos, uma das mais importantes descobertas médicas do século XX, estão a ser derrotados pelas superbactérias, que têm desenvolvido lentamente uma firme resistência a estes fármacos.

Apesar de os cientistas estarem a desenvolver novos antibióticos, este processo é muito demorado, caro, e trata-se apenas de uma questão temporal até as bactérias tornarem ineficazes estes novos medicamentos. Na mira dos investigadores está um outro plano de ataque, que envolve formas de revigorar os antibióticos já existentes.

Um novo estudo, levado a cabo por cientistas das Universidades Örebro e Linköping, identificou um peptídeo antibacteriano, conhecido como plantaricina, que é derivado de uma bactéria probiótica frequentemente usada como conservante em alimentos.

Para testar o potencial do peptídeo, a equipa usou plantaricina contra a Staphylococcus aureus, uma superbactéria resistente à meticilina (MRSA), muito comum em hospitais.

Nos testes, os cientistas descobriram que a plantaricina dissolve a membrana bacteriana, permitindo que os medicamentos entrem e matem as superbactérias com muito mais facilidade. Esta “arma” daria aos antibióticos uma nova oportunidade.

A equipa observou ainda que as dosagens necessárias são muito mais pequenas. “Com a plantaricina, as doses de antibióticos necessárias para obter um efeito antibacteriano suficiente são 100 vezes menores do que o habitual”, adiantou Hazem Khalaf, co-autor do estudo recentemente publicado na Nature Scientific Reports.

Esta característica é muito relevante para os investigadores, uma vez que doses mais baixas significam menos probabilidade de haver efeitos colaterais tóxicos, capazes de danificar órgãos internos.

De acordo com o New Atlas, a plantaricina mostrou-se promissora em testes com uma variedade de antibióticos diferentes e, segundo os investigadores, é improvável que as bactérias desenvolvam resistência a este peptídeo.

“A membrana é uma estrutura básica da célula bacteriana e permaneceu estável durante a evolução sem grandes alterações. Isto explica por que as bactérias não têm a capacidade de desenvolver resistência aos nossos peptídeos”, explicou Torbjörn Bengtsson, investigador que participou neste estudo.

O próximo passo é incorporar plantaricina em materiais de revestimento de feridas ou revestimentos para implantes, de modo a impedir a formação de biofilmes bacterianos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aqui parece estar uma boa descoberta e em todo o caso a prova de que o dinheiro deve servir para investigação útil à humanidade e não para armamentos como teimam em prosseguir.

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …