Os peões atravessam passadeiras segundo um princípio matemático

E se um princípio matemático ditar a forma como os peões atravessam a passadeira? Uma equipa de matemáticos da Universidade de Tóquio, no Japão, descobriu que os pedestres que cruzam passagens de peões em aglomerados tendem a fazê-lo de acordo com o princípio de Voo de Lévy (1886-1971).

De acordo com uma nova investigação, cujos resultados foram esta quinta-feira publicados na revista científica Journal of The Royal Society Interface, quando grandes grupos de pessoas aguardam de ambos os lados da rua para atravessar a faixa, cruzando-se depois no meio da passagem, tendem a andar de uma forma previsível.

Por norma, as pessoas não optam pela rota mais direta ou mais rápida, tendo antes em consideração as pessoas que estão à sua volta. Tendo isto em conta, os cientistas procuraram melhor compreender este comportamento, estudando-o de perto.

Os cientistas reuniram um grupo de voluntários e pediu-lhes que caminhassem no que descrevem como “corredores simulados”. Durante o procedimento experimental, que foi registado em vídeo, a equipa observou as mudanças de direção, o número de passos dados e ainda os padrões da travessia.

Tal como se pode ler na publicação, a equipa descobriu que os participantes tendem a desviar-se do caminho mais reto, o habitualmente utilizado para atingir um determinado ponto com maior eficácia.

Os cientistas observaram que cada indivíduo faz ajustes no seu percurso, tendo por base o comportamento dos indivíduos que se deslocam em sentido oposto. Quanto à ação coletiva, esta tende a emergir embora as pessoas não se tornem participantes de forma consciente. Tipicamente, o movimento coletivo envolvia a formação de fluxos de pessoas que caminham de forma uniforme em sentidos opostos.

Simplificando: as pessoas, em vezes de caminharem cara a cara de forma contínua, seguem simplesmente uma pessoa que se move na mesma direção, evitando assim estar constantemente a mudar a sua trajetória. Este fluxo aumenta a eficiência, tanto da deslocação do indivíduo como a do grupo.

As conclusões sobre os percursos tomados não parecem grande novidade, exceto se as escolhas tomadas tiveram por base um princípio matemático. A equipa descobriu também que os fluxos observados seguem o processo de Voo de Lévy.

O princípio de Voo de Lévy, assim batizado em homenagem ao seu criador, o matemático francês Paul Pierre Lévy, é uma descrição matemática de um tipo de caminhada em que o pedestre começa por dar pequenos passos, dando depois passos longos em intervalos regulares. O matemático provou que este princípio leva a uma distribuição da lei de potência de comprimentos de passo.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Borussia Dortmund 1-0 Sporting | Um Mal(en) que veio só… e foi suficiente

O “bicho papão Haaland não jogou, mas nem assim os “leões” conseguiram contrariar o maior poderio germânico. O Sporting saiu de Dortmund com uma derrota, apesar da excelente réplica no Signal Iduna Park, e muito por …

FC Porto 1-5 Liverpool | Dragão atropelado em casa

O Liverpool é uma espécie de “besta” em tons de “red” para o FC Porto. Em nove jogos oficiais, os “azuis-e-brancos” nunca venceram, somando 3 empates e 6 derrotas, a mais recente foi pesadíssima e …

China desenvolve arma invisível capaz de destruir redes de comunicação em dez segundos

Uma equipa de cientistas chineses está a desenvolver uma arma sónica, que gera um intenso pulso eletromagnético, capaz de destruir redes de comunicação e de fornecimento de energia elétrica. A arma poderá ter um alcance …

Dezenas de mulheres abusadas por funcionários da OMS na República Democrática do Congo

Dezenas de mulheres e meninas foram abusadas sexualmente por voluntários da Organização Mundial de Saúde (OMS) destacados para enfrentar o Ébola na República Democrática do Congo (RDC), entre 2018 e 2020, concluiu um inquérito independente …

Evolução de parasita está a tornar mais difícil detetar e tratar a malária

Uma mutação do parasita que causa a malária está a "camuflar" as proteínas que são identificadas nos testes rápidos, tornando mais difícil detetar e tratar a doença. De forma semelhante aos testes à covid-19, baratos e …

Banguecoque em alerta. Mais de 70.000 casas inundadas na Tailândia

As autoridades tailandesas têm feito esforços para proteger partes de Banguecoque das cheias, que já inundaram 70.000 casas e mataram seis pessoas nas províncias no norte e centro do país. A tempestade tropical Dianmu causou cheias …

Exilados sírios obrigados a pagar taxas para evitar o alistamento obrigatório

No início deste ano, Yousef, um sírio de 32 anos que vive na Suécia, teve que pagar as taxas que lhe isentavam da obrigatoriedade de se alistar no exército da Síria, caso contrário a família …

Portugal tem cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, mais de metade em Lisboa

Estima-se que, em 2020, cerca de 485 pessoas tenham abandonado esta condição, o que representa uma descida de 39% face a 2019. Portugal terá cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, segundo os resultados de …

Simone Biles: "Deveria ter desistido muito antes dos Jogos Olímpicos"

"Uma mulher preta tem que ser a melhor, as pessoas tentam menosprezar", lamentou a multi-campeã olímpica de ginástica. Simone Biles não conquistou qualquer medalha de ouro nos Jogos Olímpicos deste ano mas foi a atleta mais …

Mãe e filho de 2 anos morrem à porta do estádio. Jogo decorreu normalmente

Queda aconteceu pouco antes de começar um jogo da Major League Baseball, em San Diego. O desporto passou para segundo plano na tarde deste domingo, pouco antes de um jogo de beisebol, nos Estados Unidos da …