Pela primeira vez um medicamento para Alzheimer deu provas de reverter a doença

(dr) baycrest.org

-

Há esperança para os milhões de pessoas afetadas pela doença de Alzheimer, em todo o mundo. Pela primeira vez, um medicamento deu provas de reverter o mecanismo da doença.

Segundo os resultados de um estudo clínico de 18 meses revelados pela farmacêutica norte-americana Eli Lilly, um novo medicamento, o Solanezumab, consegue reduzir a progressão da doença de Alzheimer em pelo menos 30%.

A descoberta foi anunciada esta quarta-feira em Washington durante a AAIC, a conferência anual da Associação Internacional de Alzheimer.

Após décadas de pesquisas sobre o Alzheimer, alguns dos principais investigadores da área disseram estar muito confiantes de que estamos próximos de encontrar finalmente um tratamento efetivo.

“O chavão que se repete desde sempre é uau, estamos a cinco anos de um tratamento realmente efetivo”, diz Steven Ferris, que dirige o programa de testes clínicos de Alzheimer no Centro Médico Langone da Universidade de Nova Iorque.

“Seria prematuro dizer que tivemos um avanço decisivo, mas há muitas coisas em andamento que são bastante promissoras”, acrescentou Ferris, que está envolvido com os testes há mais de 40 anos.

O medicamento da Lilly bloqueia a beta-amiloide, proteína que causa placas cerebrais tóxicas características da doença mental progressiva.

Os resultados do estudo, que envolveu 1300 pacientes e que teve uma duração de 18 meses, mostraram que a perda de memória foi 30% mais lenta nos pacientes que tomaram o medicamento do que nos restantes.

“Esta é a primeira demonstração de uma droga que verdadeiramente altera a evolução da doença, muda o seu curso de uma forma irrevogável”, disse Eric Karran, diretor de investigação na Alzheimer’s Research UK, em declarações ao The Guardian.

“Isto deixa-nos menos indefesos perante esta terrível doença”, acrescentou Karran.

É um avanço extraordinário“, conclui o cientista.

ZAP / Move

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Que a Divina Providência ilumine estas pessoas que dão o seu melhor na busca de soluções para minorar o sofrimento humano.

  2. Esperemos antes que não haja qualquer divina entidade a providenciar pois isso só traria mais escuridão (ignorância e sofrimento) à Humanidade.

Responder a ped Cancelar resposta

Regionalização, um "poema de um calceteiro" e (mais) críticas a Marcelo. O último debate presidencial

Os candidatos presidenciais juntaram-se em mais um debate conjunto antes das eleições. Falou-se da ausência de Ventura, regionalização, justiça e até jardinagem. O primeiro tema a marcar o debate das rádios foram as medidas de confinamento …

Em plena pandemia, houve cinco setores que conseguiram faturar mais do que em 2019

Apesar de a pandemia ter levado muitos setores da economia para os piores resultados de sempre, nem todos perderam faturação durante os meses de março a novembro da crise sanitária, algum conseguiram mesmo aumentar. Neste sentido, …

Pesadelo de Özil no Arsenal chega ao fim com transferência para o Fenerbahçe

O futebolista alemão Mesut Özil, dos ingleses do Arsenal, confirmou que vai assinar pelos turcos do Fenerbahçe, depois de vários meses sem jogar pelos 'gunners'. "Estou muito feliz e muito animado, por Deus me ter dado …

Palácio mais antigo da China é descoberto perto de antiga capital. Tem mais de 5000 anos

Um Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas da China, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem atualmente cerca de 5.300 …

"Há exceções a mais". Marques Mendes defende que Governo deve reavaliar medidas de confinamento

No seu habitual espaço de comentário na SIC, no domingo à noite, Luís Marques Mendes falou sobre as novas medidas de confinanento e das eleições presidenciais. Depois de uma semana a bater recordes em números de …

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …

"São dores de crescimento". CNE admite problemas no voto antecipado, mas promete solução no futuro

Domingo foi dia de voto antecipado para 246.880 eleitores, um número recorde desde que esta modalidade foi introduzida no país. As longas filas e alguns ajuntamentos, numa altura em que o país vive um novo …

Costa convoca Conselho de Ministros extraordinário. Café ao postigo em risco (e ATL até 12 anos podem reabrir)

O Governo convocou um Conselho de Ministros extraordinário para decidir novas medidas de confinamento. Em cima da mesa estará a hipótese de acabar com o café ao postigo e a possível abertura dos ATL até …