Os peixes elétricos ignoram os seus próprios choques (com um truque inteligente)

Alguns peixes comunicam-se através de pulsos elétricos que criam pequenos choques que enviam mensagens a outros animais. Um novo estudo descobriu como é que estes peixes ignoram os seus próprios sinais.

O peixe-elefante (mormyridae) gera pulsos elétricos para comunicar com outros peixes e sentir os seus arredores. Algumas espécies emitem pulsos elétricos mais curtos, enquanto outras enviam pulsos longos.

Com todos esses choques na água, pode ser difícil perceber as mensagens uns dos outros. Os peixes precisam de bloquear os seus próprios pulsos para que possam identificar mensagens externas e responder a esses sinais. Porém, os cientistas não sabiam como – até agora.

Um novo estudo mostra que estes peixes usam um truque para ignorar os seus próprios choques, usando uma função cerebral chamada descarga corolária, que é uma cópia negativa da sua mensagem original que atua como um sinal inibidor.

Em vez de ter de bloquear todas as entradas sensoriais enquanto fala, esta descarga permite que o peixe continue a ouvir enquanto rejeita os seus próprios pulsos.

“Em peixes que se comunicam com pulsos mais longos, as respostas sensoriais ao próprio pulso são retardadas”, explicou Bruce Carlson, professor de biologia da Universidade de Washington, em comunicado. “Assim, uma descarga corolária atrasada bloqueia de forma otimizada as respostas eletrossensoriais ao próprio sinal do peixe.”

Os investigadores descobriram que um breve e bem definido período de inibição impede que estes peixes elétricos percam outros sinais externos importantes. Este comportamento evita que os peixes percam informações ambientais importantes, que poderia resultar na perda de uma oportunidade de acasalamento ou até mesmo na morte se perdessem um sinal de que um predador está por perto.

“Apesar da complexidade dos sistemas sensoriais e motores a trabalhar juntos para lidar com o problema de separar os sinais autogerados dos externos, parece que o princípio é muito simples”, disse Carlson. “Os sistemas conversam entre si. De alguma forma, ajustam-se até mesmo a mudanças radicais e generalizadas nos sinais em curtos períodos de tempo evolutivo”.

Os cientistas já conhecem as descargas corolárias desde os anos 1950.

As novas descobertas têm implicações mais amplas para a compreensão da evolução dos cérebros. A disfunção da descarga corolária pode estar relacionada com doenças psiquiátricas como a esquizofrenia em humanos.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica The Journal of Neuroscience.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …