Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Manuel de Almeida / Lusa

Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues apresenta candidatura à presidência do Sporting

Pedro Madeira Rodrigues apresentou esta terça-feira a sua candidatura à presidência do Sporting com o objetivo de debater o clube e constituir uma “alternativa” à liderança de Bruno de Carvalho.

Na conferência de imprensa de apresentação realizada numa unidade hoteleira de Lisboa, o ex-secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria considerou que “o modelo de gestão de Bruno de Carvalho está esgotado” e que o atual presidente do clube de Alvalade “não foi capaz de manter um projeto coerente e sustentável”, após ter sido “importante” num determinado período.

“Limitamo-nos a navegar à vista e sem rumo. Para agravar o panorama, já de si perturbador, Bruno de Carvalho tem sido sinónimo de títulos, sim, mas para os nossos rivais“, declarou o candidato à presidência dos leões, exigindo ainda “elevação e respeito” durante o período eleitoral.

Sem divulgar ainda os nomes da sua lista ou pormenores do seu projeto, Pedro Madeira Rodrigues vincou as principais linhas orientadoras da sua candidatura.

“Quero que os meus filhos saibam o que é o Sporting campeão. Para lá chegarmos é preciso muito trabalho, rigor nas contratações e nas dispensas, aposta no ADN da formação e ecletismo nas modalidades”, frisou.

Manifestando a sua convicção de que vai ser eleito presidente do Sporting no próximo mês de março, o primeiro candidato às eleições leoninas admitiu ainda restabelecer relações com os emblemas rivais, mas com o princípio de colocar “o Sporting na frente”.

Questionado pela imprensa após o discurso de apresentação, Pedro Madeira Rodrigues garantiu contar com Jorge Jesus caso seja eleito presidente.

“Jorge Jesus é o treinador do Sporting. Tudo farei para não prejudicar ou influenciar a carreira desportiva do Sporting. Tenho esperança de que ainda com Jorge Jesus seremos campeões esta época“, explicou.

Paralelamente, o gestor, de 45 anos, mostrou vontade de construir uma candidatura agregadora de diferentes sensibilidades no clube, desvalorizando o aparecimento de potenciais novos candidatos. “Outra candidatura vai dividir votos e não vai ajudar a unir. Peço que se juntem a esta candidatura vencedora”, frisou.

Pedro Madeira Rodrigues confessou ainda ter conhecido Bruno de Carvalho no processo eleitoral de 2011 e salientou a sua vontade de discutir o clube com o atual líder. “Conheci-o pessoalmente há seis anos. O que espero é que seja um debate a dois. Qualquer candidatura que surja depois da minha vai ajudar Bruno de Carvalho”, rematou.

A questão de ser um presidente remunerado foi igualmente colocada a Pedro Madeira Rodrigues, que garantiu deixar essa decisão nas mãos dos sócios, sem deixar de lembrar que largou “tudo pelo clube” e que irá até ao fim com a sua candidatura.

Na apresentação da sua candidatura, Pedro Madeira Rodrigues contou com algumas figuras conhecidas do universo leonino, como Carmona Rodrigues, Zeferino Boal e Nuno Fernandes Thomaz, entre outros.

As eleições para a presidência do Sporting vão decorrer no próximo mês de março, com a data formal a ser provavelmente anunciada no espaço de uma semana.

PARTILHAR

RESPONDER

Europeias: PS com candidatos "escondidos", CDU só observa e Rangel já faz rimas ao primeiro-ministro

A dias do escrutínio para o Parlamento Europeu, PS acusou o BE de ser ambíguo, CDS critica respostas de Costa sobre Tancos e PSD quer ver "candidatos escondidos" do PS. Até já há rimas para …

Na corrida às Europeias, o PS está à frente do PSD (e o Bloco já vale o dobro do CDS)

O PS e a Esquerda crescem, o PSD e a Direita perdem. Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Jornal de Notícias e TSF, os socialistas somam 32,4% da intenção de voto, enquanto o PSD …

CGD ainda é dos bancos que têm mais crédito para investir em ações

Os bancos cortaram nos empréstimos para a compra de ações desde a crise. Mas têm ainda um valor elevado de financiamentos deste tipo. Este crédito é visto com cautela pelos supervisores e levaram a que bancos …

Partido de Modi a caminho de resultado histórico na Índia

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, e o seu partido nacionalista hindu lideram a contagem de votos nas legislativas do país. Às 10h05 (05h35 em Lisboa), o Partido Bharatiya Janata (BJP, ou Partido do Povo Indiano, no …

Hells Angels saem em liberdade (mas com várias proibições)

Os 17 elementos do grupo Hells Angels detidos pela Polícia Judiciária na terça-feira saíram todos em liberdade, após primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa, disseram à agência Lusa advogados no …

Arqueólogos resolveram o mistério dos "porcos" de Barbados

Em Barbados, país insular soberano nas Pequenas Antilhas, existe um mistério histórico desde que os primeiros colonos ingleses chegaram em 1627. À chegada, os exploradores encontraram o que pensavam ser uma vara de porcos europeus selvagens. …

230 professores que pediram pré-reforma ainda não tiveram luz verde

Foram 230 os pedidos de professores interessados em pedir a pré-reforma que chegaram à Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE). Mas até agora nenhum deles teve luz verde para avançar. A pré-reforma com suspensão da prestação de …

Theresa May pode demitir-se esta sexta-feira

A pressão sobre Theresa May tornou-se insuportável, segundo o jornal britânico The Times, que cita fontes dos conservadores próximas de May, após mais uma demissão no executivo de Londres. De acordo com o jornal, a primeira-ministra …

Os percevejos andaram ao lado do T-rex (e sobreviveram ao asteróide que matou os dinossauros)

Percevejos têm sido companheiros parasitas de outras espécies além dos humanos durante mais de cem milhões de anos, tendo caminhado na terra ao mesmo tempo que os dinossauros. Uma equipa internacional de cientistas comparou o ADN …

Soflusa em greve pela contratação de mais profissionais

Esta quinta e sexta-feira, os mestres da Soflusa fazem greve parcial de três horas por turno e greve às horas extraordinárias pela contratação de novos profissionais. Os mestres da Soflusa, empresa responsável pelas ligações fluviais entre …