Passos, Costa e Catarina estão hoje em Bruxelas

eppofficial / Flickr

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho

Os líderes do PSD, PS e Bloco de Esquerda estarão esta quinta-feira em Bruxelas, palco de uma cimeira de líderes da União Europeia, mas com as atenções centradas na situação política em Portugal.

Num contexto de impasse político em Portugal, na sequência das eleições legislativas de 4 de outubro, Pedro Passos Coelho, António Costa e Catarina Martins reunir-se-ão hoje com as respetivas famílias políticas europeias, antes do início dos trabalhos do Conselho Europeu, no qual Passos representará Portugal enquanto primeiro-ministro em exercício.

Passos Coelho participará na reunião do Partido Popular Europeu, a maior família política europeia, enquanto António Costa estará na reunião do Partido Socialista Europeu, nos encontros que tradicionalmente antecedem os Conselhos Europeus, indicaram à Lusa fontes partidárias.

Ambos deverão dar conta às respetivas famílias políticas europeias do processo em curso em Portugal para a formação do Governo, na sequência das eleições legislativas, que a coligação formada por PSD e CDS venceu, mas sem maioria absoluta, o que levou a uma sucessão de reuniões entre partidos, em busca de um compromisso para um “governo estável”, mas até agora inconclusivas.

Além de Passos e Costa, também Catarina Martins, a porta-voz do Bloco de Esquerda, a terceira força política mais votada nas eleições de 04 de outubro, e que também tem estado em conversações com os socialistas, estará na quinta-feira em Bruxelas, para se reunir com a presidente do Grupo da Esquerda Unitária.

Relativamente ao Conselho Europeu, que terá início às 16h00 locais (15h00 de Lisboa), a crise migratória voltará a dominar a cimeira de chefes de Estado e de Governo da União Europeia, com os líderes a analisarem se as medidas já adotadas ao nível europeu são suficientes.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que anunciou na quarta-feira a intenção de concluir os trabalhos da cimeira ainda hoje à noite (inicialmente a reunião deveria prolongar-se até sexta-feira ao início da tarde), indicou na tradicional carta-convite dirigida aos líderes europeus que já será possível “fazer uma primeira avaliação” das medidas acordadas pelos 28 na cimeira extraordinária de setembro passado.

Os líderes europeus deverão designadamente analisar se as medidas já adotadas e/ou decididas no quadro da resposta da União Europeia à crise de refugiados “são suficientes para conter novos fluxos migratórios” no futuro, e, neste contexto, discutir uma revisão das atuais regras europeias de gestão de pedidos de asilo (a chamada convenção Dublin) e um reforço das fronteiras externas, incluindo a criação de um corpo de guardas-fronteiriços europeu.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. E o triste o Jerónimo ? Não lhe pagaram o bilhete ? Será que não houveram umas sobras da festa do Avante ? A Catarina pode juntar-se aio Siriza, aue lá falam todios Grego por isso esteja à vontade. O Costa não sei se ainda fala “Concani” lá da Índia. É que assim falava sózinho que ninguém o entendia. Será que ainda representa alguém mesmo apenas do PS ?

  2. Será que não deviam primeiro resolver o problema de Portugal, é por estas e por outras que se vê a realidade de que somos totalmente dependentes da Europa e do seu domínio, até para se resolver problemas internos de governos do nosso próprio Pais se tem de ir beijar o anel da Europa, a Pais triste o nosso, lá se vão mais uns milhares só para isto e claro estamos nós mal de finanças fará se estivéssemos saudáveis .

Responder a joao Cancelar resposta

Jornalistas insultados e ameaçados em jantar-comício de Ventura (sem distanciamento)

Jornalistas foram vaiados, insultados e até ameaçados num jantar-comício do Chega, este domingo. O evento não cumpriu o distanciamento social, reunindo 170 pessoas num sala com 450 metros quadrados. No domingo, no Campo de São Mamede, …

Athletic Bilbao vence Barcelona e conquista Supertaça. Messi expulso após agressão

O Athletic Bilbao ergueu a sua terceira Supertaça de futebol de Espanha, ao vencer 3-2 no prolongamento o FC Barcelona, após 2-2 no final do tempo regulamentar, na final disputada no Estádio Olímpico de Sevilha. Depois …

Regionalização, um "poema de um calceteiro" e (mais) críticas a Marcelo. O último debate presidencial

Os candidatos presidenciais juntaram-se em mais um debate conjunto antes das eleições. Falou-se da ausência de Ventura, regionalização, justiça e até jardinagem. O primeiro tema a marcar o debate das rádios foram as medidas de confinamento …

Em plena pandemia, houve cinco setores que conseguiram faturar mais do que em 2019

Apesar de a pandemia ter levado muitos setores da economia para os piores resultados de sempre, nem todos perderam faturação durante os meses de março a novembro da crise sanitária, algum conseguiram mesmo aumentar. Neste sentido, …

Pesadelo de Özil no Arsenal chega ao fim com transferência para o Fenerbahçe

O futebolista alemão Mesut Özil, dos ingleses do Arsenal, confirmou que vai assinar pelos turcos do Fenerbahçe, depois de vários meses sem jogar pelos 'gunners'. "Estou muito feliz e muito animado, por Deus me ter dado …

Palácio mais antigo da China é descoberto perto de antiga capital. Tem mais de 5000 anos

Um Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas da China, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem atualmente cerca de 5.300 …

"Há exceções a mais". Marques Mendes defende que Governo deve reavaliar medidas de confinamento

No seu habitual espaço de comentário na SIC, no domingo à noite, Luís Marques Mendes falou sobre as novas medidas de confinanento e das eleições presidenciais. Depois de uma semana a bater recordes em números de …

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …