Parlamento pediu ao Novo Banco mais de 770 mil páginas de documentos

A Comissão de Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o Novo Banco pediu a esta instituição financeira documentação que soma mais de 770 mil páginas, segundo uma carta enviada àquela comissão.

De acordo com uma missiva dirigida ao presidente da comissão, Fernando Negrão, a que o Público teve acesso, o Novo Banco pediu mais tempo para enviar a informação, sugeriu critérios para selecionar os documentos e informou que alguns seguirão para o Parlamento a título confidencial.

Trata-se de “pelo menos, 4200 páginas de actas” referentes às 424 reuniões dos órgãos de administração do banco, “mais de 900 páginas” sobre deliberações tomadas nas 225 vezes que o Conselho Financeiro de Crédito [se] reuniu, “mais de 650.000 páginas” de documentação sobre relatórios de avaliação de imóveis, a que se juntam “mais de 40.000 páginas” de documentação sobre venda de dez mil ativos imobiliários, que têm associadas “mais de 75.000 páginas de documentação”.

Quanto ao imobiliário o Novo Banco alegou que “os pedidos formulados no contexto imobiliário compreendem um volume de informação impraticável de reunir”.

Tudo somado são 770.100 páginas, a que se juntam as 2000 cartas trocadas entre o Novo Banco e o Banco Central Europeu, Banco de Portugal e Fundo de Resolução e os anexos de documentação, cujo número de páginas não foi contabilizado.

Sobre os ativos do Acordo de Capitalização Contingente celebrado entre o Fundo de Resolução e o Novo Banco em 2017 (designado por CCA), o banco propôs que a informação disponibilizada se refira apenas aos “ativos CCA cujo valor seja acima de cinco milhões de euros”.

Quanto aos contratos de concessão de crédito incumpridos, sugeriu que sejam considerados os que constituam ativos CCA, com valor acima de cinco milhões de euros.

Relativamente às cartas trocadas entre o Novo Banco e as instituições referidas, pediu que fossem identificadas as matérias de interesse que permita “selecionar e disponibilizar” as que estão relacionadas com a avaliação das perdas imputadas pelo Novo Banco ao Fundo de Resolução.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …