Uma misteriosa oscilação está a fazer com que Marte gire como um “pião”

Pela primeira vez, os cientistas detetaram a oscilação de Chandler num corpo do Sistema Solar, que não a Terra. Marte experimenta um movimento repetido dos pólos, que se assemelha ao de um pião.

De acordo com a American Geophysical Union’s (AGU), a oscilação de Chandler surge quando um corpo giratório não é uma esfera perfeita. Esse desequilíbrio afeta a sua rotação e o resultado é um movimento semelhante ao de um pião, a balançar enquanto perde velocidade, em vez de uma rotação suave de um globo perfeitamente equilibrado.

A oscilação de Chandler é um dos vários movimentos fora do centro exibidos pela Terra conforme gira sobre o seu eixo. Este movimento na Terra varia de três a seis metros nos pólos e tem um padrão que se repete a, aproximadamente, cada 433 dias.

Embora esse movimento deva diminuir naturalmente com o tempo, na Terra persiste devido ao fundo do oceano e às flutuações da pressão atmosférica.

“A oscilação do Chandler é um sinal muito pequeno normalmente”, disse Alex Konopliv, engenheiro aeroespacial do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. “São precisos muitos anos e dados de alta qualidade para o detetar”.

No novo estudo, os investigadores conseguiram confirmar o movimento em Marte, calculando os efeitos gravitacionais nas órbitas de duas espaçonaves da NASA a orbitar no Planeta Vermelho: Mars Odyssey e Mars Reconnaissance Orbiter.

Medições ao longo de quase duas décadas descobriram que, na superfície, os pólos do planeta desviam-se até 10 centímetros do eixo médio de rotação, com um ciclo repetido de cerca de 207 dias.

A grande quantidade de dados, colhidos durante 18 anos, garantiu que a oscilação identificada fosse intrínseca à forma e ao interior do planeta, em vez de fatores externos como o derretimento sazonal das calotas polares.

A quantidade de tempo que demora para o pólo completar um ciclo de oscilação reflete o quanto o manto de Marte pode deformar, fornecendo informações úteis sobre as suas propriedades materiais e o seu estado térmico. Tal como na Terra, o movimento em Marte deve diminuir naturalmente.

Os cientistas ainda não sabem o que está a manter a oscilação, mas estudos anteriores indicam que será, provavelmente, devido às mudanças na pressão atmosférica.

O conhecimento sobre a oscilação de Chandler fornece também uma visão do interior de Marte: o movimento é impulsionado por propriedades do manto, a camada abaixo da crosta do planeta.

Os novos resultados fornecem informações sobre as propriedades do manto, particularmente sobre como se deforma em períodos mais longos. Essas informações podem ajudar a guiar estudos futuros do interior de Marte, fornecendo novos conhecimentos sobre a sua temperatura e composição.

Este estudo foi publicado em outubro na revista científica Geophysical Research Letters.

//

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …