Os contos de fadas são muito mais antigos do que se pensava

Uma dupla de investigadores realizou uma análise filogenética a contos de fadas comuns e descobriu que muitos deles parecem ser muito mais antigos do que se acreditava até agora.

Num artigo publicado na Royal Society Open Science, a cientista social Sara Graça da Silva, folclorista que actua na Universidade Nova de Lisboa, e Jamshid Tehrani, antropólogo da Universidade de Durham, no Reino Unido, descrevem o estudo linguístico que realizaram.

Os investigadores acreditam que pelo menos um dos contos de fadas estudado teve mesmo as suas origens na Idade do Bronze.

Os contos de fadas são populares em todo o mundo, e alguns chegaram a atravessar várias sociedades. A Bela e o Monstro, por exemplo, foi contado de uma forma ou outra em todo o mundo.

Linguistas e antropólogos modernos dataram a origem da maioria dos contos de fadas como sendo pouco antes do momento em que foram escritos – ou seja, teriam várias centenas de anos de idade.

Porém, o que a nova pesquisa sugere é que eles são na realidade muito mais velhos do que isso, e alguns terão milhares de anos de idade.

https://sites.google.com/site/saragsilva/

A cientista social Sara Graça da Silva, investigadora da FCSH/UNL

A cientista social Sara Graça da Silva, investigadora da FCSH/UNL

Para chegar a estas conclusões, os investigadores aplicaram uma técnica normalmente usada na biologia, e construíram árvores filogenéticas para rastrear atributos linguísticos dos contos até à sua origem.

A equipa de investigadores começou por analisar 275 contos de fadas, todos baseados em histórias de magia, e chegaram a apenas 76 histórias básicas.

As árvores foram, então, construídas com base em línguas indo-europeias, algumas das quais já extintas.

Ao fazê-lo, os investigadores encontraram provas de que alguns contos de fadas, como João e o Pé de Feijão, tinham raízes em outras histórias, e poderiam ser rastreados até à época em que as línguas indo-europeias ocidentais e orientais se separaram, há cerca de 5 mil anos atrás.

Isso significa, naturalmente, que tais contos são anteriores à Bíblia, por exemplo, ou mesmo aos mitos gregos.

Os investigadores colocaram factores de confiança em resultados diferentes, dependendo de quão sólidas as árvores puderam der construídas – algumas eram, obviamente, menos claras do que outras.

Mas um conto de fadas em particular, segundo os cientistas, era muito claro. Chamado O Ferreiro e o Diabo, este conto remonta a cerca de 6 mil anos atrás, à Idade do Bronze.

Curiosamente, Wilhelm Grimm, um dos famosos irmãos Grimm, que publicou muitos contos de fadas em 1812, dizia acreditar que os contos tinham muitos milhares de anos.

Esta afirmação foi, pouco tempo depois, desacreditada pelos estudiosos da época.

300 anos depois, Sara Graça da Silva e Jamshid Tehrani provaram que Grimm tinha razão.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

França reage à falta de "decoro" de Trump. A diplomacia não se faz através de "tweets"

O governo francês apontou nesta quarta-feira a falta de decoro do Presidente norte-americano ao ter publicado via Twitter fortes críticas contra França no mesmo dia em que o país lembrava as vítimas dos atentados terroristas …

OE 2019. PSD vai apresentar propostas "com significado", mas não orçamento alternativo

O presidente do PSD afirmou nesta quarta-feira que o PSD apresentará na quinta-feira propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) "com significado" em áreas como interior, saúde, empresas ou fiscalidade, mas não …

"Irrito-me sim, senhor deputado". Ministra da Justiça garante que sabe "zero" sobre Tancos

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, garantiu nesta quarta-feira, no parlamento, que nada sabe sobre o caso do furto e do alegado encobrimento das armas de Tancos. Questionada pelo deputado do PSD Carlos Peixoto sobre o …

Luz verde ao rascunho do Brexit. Onda de demissões abala Governo de May

O Governo britânico aprovou "coletivamente" o rascunho de acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia, mas uma vaga de demissões está a abalar o Executivo de May. O Governo de Theresa May reuniu …

Fox News, apoiante declarada de Trump, apoia rival CNN em processo legal contra o Presidente

A apoiante declarada de Trump Fox News vai juntar-se à ação judicial movida pela sua rival CNN contra o Presidente norte-americano, para recuperar a credenciação de um dos seus jornalistas. A estação televisiva Fox News, apoiante …

Dois mexicanos foram queimados vivos devido a boato no WhatsApp

Dois indivíduos foram queimados vivos no México depois de uma mensagem que os acusava de raptarem e sequestrarem crianças. Mas tudo não passou de uma mensagem falsa. No dia 29 de agosto, Maura Cordero, dona de …

PCP quer alargar passes sociais a todo o território

O PCP apresenta, esta quinta-feira, uma proposta de alteração ao Programa de Apoio à Redução Tarifária nos Transportes Públicos, que visa garantir a redução dos preços dos passes e o alargamento dos passes sociais a …

Governo quer vender reservas de urânio assim que houver "condições de mercado"

A produção nuclear está fora da agenda. Assim, o Governo diz que as reservas de urânio do país não são estratégicas e que pretende vendê-las "assim que houver condições de mercado". O Governo disse esta quarta-feira …

Homens apresentam mais traços autistas do que as mulheres

Coisas materiais e sistemas de organização atraem os homens, enquanto as mulheres preferem pessoas e emoções. É esta a conclusão de um estudo recente que realça as diferenças entre os dois sexos. A investigação, levada a …

Arqueólogos descobrem a cidade perdida de Tenea

O Ministério da Cultura da Grécia anunciou que uma equipa de arqueólogos acredita ter encontrado a cidade perdida de Tenea. Entre os vestígios do assentamento, foram encontradas jóias, dezenas de moedas e vários túmulos.   …