Os cães compreendem o que lhes dizemos

Os cães têm a capacidade de distinguir palavras e a entoação da fala humana através de regiões cerebrais semelhantes às que os seres humanos usam.

Uma pesquisa da Universidade Eötvös Loránd, na Hungria, permitiu aos investigadores concluir que a aprendizagem do vocabulário não parece ser uma capacidade exclusivamente humana, mas sim uma função mais antiga que pode ser explorada para ligar sequências sonoras arbitrárias de significados.

Associação Norte-Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) descreve que as palavras são os blocos de construção básicos da língua humana, mas quase nunca são encontradas em comunicações vocais não humanas. A entoação, por sua vez, é uma outra maneira de transmitir informação através da fala. Por exemplo, os elogios tendem a ser transmitidos num tom mais alto e variável.

Os seres humanos usam ambos os mecanismos para se comunicarem – até mesmo quando estão a falar com os seus cães. Mas será que os animais conseguem entender? A resposta é sim, de acordo com esta investigação, publicada na revista Science.

No estudo, os cães foram expostos a gravações de vozes dos seus donos, conforme estes usavam várias combinações de vocabulário e de entoação. Por exemplo, elogios com uma entoação de elogio, elogios com entoação neutra, palavras neutras com entoação de elogio e palavras neutras com entoação neutra.

Os investigadores utilizaram a técnica de ressonância magnética funcional para analisar a actividade cerebral dos cães enquanto escutavam cada combinação.

Os resultados revelaram que, independentemente da entoação, os animais processaram o vocabulário, reconheceram cada palavra distinta e, ainda, o fizeram de uma forma similar aos seres humanos, usando o hemisfério esquerdo do cérebro.

Os cientistas descobriram ainda que, assim como os humanos, os cães processaram a entoação separadamente do vocabulário, nas regiões auditivas no hemisfério direito do cérebro.

Por fim, a equipa descobriu que os cães, à semelhança dos seres humanos, invocaram tanto o significado da palavra quanto a entoação para processar o valor dos enunciados.

Ou seja, os cães parecem compreender tanto as palavras como a entoação humanas.

“Isto demonstra que os cães não só separam o que dizemos de como o dizemos, mas que também podem combinar as duas coisas para um correcta interpretação do que essas palavras significam realmente”, explica o principal autor do estudo, Attila Andics.

Os autores observam que é possível que forças selectivas durante a domesticação dos cães tenham levado ao aparecimento da estrutura cerebral subjacente a esta capacidade nos animais.

Apesar disso, a rápida evolução das assimetrias hemisféricas relacionadas com a fala nos cães é improvável. Logo, os seres humanos continuam a ser únicos na sua capacidade de inventar palavras.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cada vez gosto mais de animais, especialmente cães. São fiéis, amigos, protetores da família. Bem melhores que muita gente de trampa que por aí anda.
    Quanto à questão do entendimento / compreensão referido no artigo, bom, só reforça o que eu já pensava sobre os cães.

RESPONDER

A linguagem de Benoit está a morrer. O senegalês quer salvá-la através da música

O senegalês Benoit Fader Keita está a usar o poder da música para salvar a sua linguagem, ménik, que tem apenas 3 mil falantes e está em risco de extinção. Benoit Fader Keita nasceu no Senegal …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

 A doença misteriosa foi identificada, pela primeira vez, em 2015, num doente considerado um "caso isolado e atípico". Há quase dois anos, Roger Ellis desmaiou depois de ter tido uma convulsão durante o 40.º aniversário de …

Estudo sugere que há quatro tipos de Alzheimer

Uma equipa de investigadores sugere que há quatro tipos da doença de Alzheimer, que atacam diferentes zonas do cérebro e têm sintomas distintos. Um novo estudo sugere que o Alzheimer é uma doença bem mais complexa …

Jovens tentam salvar vidas na Índia através do Youtube. Plataforma elimina vídeos por serem "perigosos"

A Índia continua a debater-se com a grave crise sanitária desencadeada pela covid-19. Jovens indianos publicaram no Youtube vídeos a produzir oxigénio em casa, usando processos químicos ensinados nas escolas. A plataforma eliminou-os. De acordo com …

Shuvuuia era um dinossauro do tamanho de uma galinha, que caçava às escuras

Os investigadores descobriram que Shuvuuia, um pequeno dinossauro do tamanho de uma galinha, tinha uma excelente audição e visão noturna, que lhe permitiam caçar de noite. São poucas as aves que têm aquilo que é preciso …

Na China, é ilegal pedir comida em excesso nos restaurantes

A China aprovou uma lei anti-desperdício de alimentos que proíbe clientes de restaurantes de pedirem mais do que precisam, uma legislação abrangente pode prejudicar a experiência de comer fora de casa. A lei, que entrou em …

Sindicato de pilotos denuncia pedidos da TAP para voos em folga

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) denunciou pedidos da Transportadora Aérea Portuguesa (TAP) para que alguns trabalhadores efetuem voos em dias de folga, ao mesmo tempo que afirma ter pilotos em excesso. Num email …

Bayern Munique 'festeja' nono título consecutivo com goleada

O Bayern Munique coroou este sábado o seu nono título consecutivo na Liga alemã de futebol com uma goleada no triunfo diante do Borussia Moenchengladbach (6-0), num jogo com um hat-trick de Lewandowski. Antes de pisar …

A piscina infinita mais alta do mundo fica no Dubai

Haverá poucas coisas tão libertadoras como dar um mergulho numa piscina infinita com vista para o oceano. Agora, quem visitar o Dubai poderá fazê-lo numa piscina a quase 300 metros acima do nível do mar. Segundo …

"Polskie Babcie", as avós que lutam pela democracia na Polónia

Um grupo de idosas polacas organiza protestos, todas as semanas, para lutar pela democracia no país, governado pelo partido de direita nacional-conservador e democrata-cristão Lei e Justiça (PiS). É hora de ponta em Varsóvia, capital da …