Ornatos Violeta dão grande concerto no Porto (e inauguram “novo” Rosa Mota)

A inauguração do renovado Pavilhão Rosa Mota, no Porto, está agendada para o dia 31 de outubro, com um concerto dos Ornatos Violeta, que assinalam os 20 anos do álbum “O Monstro Precisa de Amigos”.

“Ouvi Dizer”, “Chaga” ou “Capitão Romance” vão ser algumas das músicas a ecoar no palco daquela estrutura rebatizada como “Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota”, num concerto de inauguração que assume “um formato especial 360º”, no dia 31 de outubro.

O espetáculo encerra uma série de concertos comemorativos dos 20 anos do lançamento do álbum “O Monstro Precisa de Amigos” e os bilhetes ficam disponíveis a partir de quinta-feira, com preços entre os 25 e os 35 euros.

“Para o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, abrir o palco do espaço com um concerto de uma banda que tem as suas raízes no Porto foi o mote. Os Ornatos Violeta são uma referência musical nacional incontornável que tem vindo a atravessar diferentes gerações e tem motivado uma onda de entusiasmo enorme sempre que são anunciados novos concertos”, explica-se no comunicado.

Desde a formação da banda em 1991, os Ornatos Violeta mantiveram-se em atividade cerca de uma década, período no qual editaram dois álbuns: “Cão” e o “Monstro Precisa de Amigos”. Em 2002, o grupo anunciava a sua separação.

Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) viriam a juntar-se novamente em 2012 para assinalar os 20 anos da formação da banda com oito concertos. Este ano voltaram a juntar-se agora com o mote “O Monstro (ainda) Precisa de Amigos”.

Na segunda-feira, último dia de setembro, ainda decorriam trabalhos no Pavilhão Rosa Mota. Naquele dia, ao final da tarde era ainda possível ouvir ruído proveniente do local, indicando que aquela hora ainda decorriam trabalhos.

Contudo, até àquele momento, e apesar dos pedidos de esclarecimento, o consórcio responsável ainda não tinha prestado qualquer esclarecimento sobre o andamento das obras, nem sobre o prazo de conclusão das mesmas.

Numa visita aos jardins do Palácio de Cristal, onde se situa o Pavilhão Rosa Mota, era ainda possível observar um conjunto de estruturas montadas para vedar o acesso de pessoal não autorizado ao interior do edifício, bem como os prefabricados que servem de apoio às obras. Ainda no exterior, mantinha-se a proteção colocada em redor da cúpula.

Com capacidade para 5.500 mil lugares sentados, o pavilhão consegue, contudo, aumentar a sua capacidade para 8.000 pessoas, quando retiradas as bancadas que ocupam parte da arena. Está ainda previsto um restaurante com vista para o lago e para os Jardins do Palácio de Cristal e ainda um ‘food court’ que abrirá diariamente.

Para além da reconversão do interior do pavilhão, o projeto, desenvolvido pelo consórcio composto ainda pela construtora Lúcios, foi pensado para permitir ter uma experiência de 360 graus da cidade do Porto, com a introdução de visitas ao ponto mais alto da cúpula do edifício.

Para além dos Ornatos Violeta, em julho, estavam já confirmados vários espetáculos e eventos como é o caso do WordCamp 2020 e os concertos de “Amar Amália” e de Alexandre Pires.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Risco de pobreza em Portugal é o mais baixo de sempre. Mas há 330 mil menores em risco

O ano de 2017 trouxe melhorias às condições de vida da população, com o risco da pobreza a atingir 17,3% dos residentes em Portugal. É a taxa mais baixa desde que este indicador é tratado, …

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …