Ornatos Violeta dão grande concerto no Porto (e inauguram “novo” Rosa Mota)

A inauguração do renovado Pavilhão Rosa Mota, no Porto, está agendada para o dia 31 de outubro, com um concerto dos Ornatos Violeta, que assinalam os 20 anos do álbum “O Monstro Precisa de Amigos”.

“Ouvi Dizer”, “Chaga” ou “Capitão Romance” vão ser algumas das músicas a ecoar no palco daquela estrutura rebatizada como “Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota”, num concerto de inauguração que assume “um formato especial 360º”, no dia 31 de outubro.

O espetáculo encerra uma série de concertos comemorativos dos 20 anos do lançamento do álbum “O Monstro Precisa de Amigos” e os bilhetes ficam disponíveis a partir de quinta-feira, com preços entre os 25 e os 35 euros.

“Para o Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota, abrir o palco do espaço com um concerto de uma banda que tem as suas raízes no Porto foi o mote. Os Ornatos Violeta são uma referência musical nacional incontornável que tem vindo a atravessar diferentes gerações e tem motivado uma onda de entusiasmo enorme sempre que são anunciados novos concertos”, explica-se no comunicado.

Desde a formação da banda em 1991, os Ornatos Violeta mantiveram-se em atividade cerca de uma década, período no qual editaram dois álbuns: “Cão” e o “Monstro Precisa de Amigos”. Em 2002, o grupo anunciava a sua separação.

Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) viriam a juntar-se novamente em 2012 para assinalar os 20 anos da formação da banda com oito concertos. Este ano voltaram a juntar-se agora com o mote “O Monstro (ainda) Precisa de Amigos”.

Na segunda-feira, último dia de setembro, ainda decorriam trabalhos no Pavilhão Rosa Mota. Naquele dia, ao final da tarde era ainda possível ouvir ruído proveniente do local, indicando que aquela hora ainda decorriam trabalhos.

Contudo, até àquele momento, e apesar dos pedidos de esclarecimento, o consórcio responsável ainda não tinha prestado qualquer esclarecimento sobre o andamento das obras, nem sobre o prazo de conclusão das mesmas.

Numa visita aos jardins do Palácio de Cristal, onde se situa o Pavilhão Rosa Mota, era ainda possível observar um conjunto de estruturas montadas para vedar o acesso de pessoal não autorizado ao interior do edifício, bem como os prefabricados que servem de apoio às obras. Ainda no exterior, mantinha-se a proteção colocada em redor da cúpula.

Com capacidade para 5.500 mil lugares sentados, o pavilhão consegue, contudo, aumentar a sua capacidade para 8.000 pessoas, quando retiradas as bancadas que ocupam parte da arena. Está ainda previsto um restaurante com vista para o lago e para os Jardins do Palácio de Cristal e ainda um ‘food court’ que abrirá diariamente.

Para além da reconversão do interior do pavilhão, o projeto, desenvolvido pelo consórcio composto ainda pela construtora Lúcios, foi pensado para permitir ter uma experiência de 360 graus da cidade do Porto, com a introdução de visitas ao ponto mais alto da cúpula do edifício.

Para além dos Ornatos Violeta, em julho, estavam já confirmados vários espetáculos e eventos como é o caso do WordCamp 2020 e os concertos de “Amar Amália” e de Alexandre Pires.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Autocarro do Benfica apedrejado. Casas de jogadores vandalizadas com ameaças

O autocarro benfiquista foi apedrejado após o jogo com o Tondela. Além disso, a casa de alguns jogadores foram grafitadas com ameaças, nomeadamente a de Pizzi. O autocarro do Benfica foi atacado após o empate frente …

Rio só está à espera de Marcelo. E não se compromete com o Orçamento

O presidente do PSD deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou que só está à espera que Marcelo Rebelo de Sousa avance para anunciar o apoio do partido à sua recandidatura. Em entrevista à TSF, …

Contrariando as autoridades, Hong Kong assinala aniversário de Tiananmen. "Podem reprimir as nossas atividades mas não o nosso espírito"

Evocando razões de saúde pública devido à pandemia, as autoridades de Hong Kong proibiram a vigília de quinta-feira que visava assinalar o 31.º aniversário do massacre de Tiananmen. As aglomerações com mais de oito pessoas …

Governo pondera criar nova contribuição sobre a banca para financiar Segurança Social

O Governo de António Costa está a estudar a criação de uma contribuição adicional de solideriedade sobre o setor bancário para ajudar a financiar a Segurança Social e fazer face aos custos de resposta à …

Arqueólogos encontram rara ferramenta de caça com 300 mil anos

Arqueólogos encontraram uma ferramenta de madeira utilizada na caça há 300 mil anos. É muito raro encontrar artefactos paleolíticos feitos de madeira, realça o autor do estudo. Uma equipa de investigadores da Universidade de Tübingen e …

Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social. Com 81,7 milhões …

Patrões agradados com o plano do Governo. PSD diz que "é muito fraco"

Enquanto patrões e sindicalistas ficaram bastante satisfeitos com o Programa de Estabilização Económica e Social apresentado pelo Governo, o PSD deixou duras críticas. Esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, onde foi aprovado o plano …

Na resposta a uma crise, ligações humanas podem piorar ainda mais as coisas

Um novo estudo sugere que a conexão humana nem sempre é uma coisa boa, sobretudo quando se trata de ultrapassar uma crise com sucesso. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 2480 voluntários …

Brasil ultrapassa Itália e torna-se no terceiro país com mais mortes

O país sul-americano, que tem uma população estimada em 210 milhões de habitantes, contabiliza 34.021 vítimas mortais e 614.941 casos confirmados. O Brasil ultrapassou a Itália e tornou-se no terceiro país do mundo com mais mortes …

PCP é o primeiro partido a retomar comícios ao ar livre

O PCP foi o último partido a fazer um comício, em março, antes de o país "parar" devido à pandemia de covid-19 e vai ser o primeiro a organizar uma iniciativa deste tipo, no domingo, …