Descobertas ondas electromagnéticas super-potentes na maior lua de Júpiter

Júpiter não só é o maior planeta do Sistema Solar, como é também o mais antigo.

Investigadores europeus descobriram ondas electromagnéticas “extraordinariamente” poderosas em torno da maior lua de Júpiter, Ganimedes. Estas ondas são um milhão de vezes mais poderosas do que a média.

A descoberta foi feita por investigadores que têm estudado registos antigos da nave espacial da NASA Galileu que orbitou em torno de Júpiter entre 1995 e 2003.

Estão em causa ondas de plasma, a matéria que se encontra em redor de planetas como a Terra e Júpiter. Entre estas, há as “ondas de coro”, um tipo de ondas de rádio que ocorrem a frequências muito baixas e que provocam a aceleração de electrões no plasma. São as “ondas de coro” que originam as auroras polares que se vêem no Árctico e na Antárctida.

“As ondas de coro têm sido detectadas no espaço em torno da Terra, mas não são, nem de perto, tão fortes como as ondas em Júpiter”, refere um dos co-autores da investigação, Richard Horne, da British Antarctic Survey, em declarações ao Gizmodo.

As ondas electromagnéticas têm, geralmente, uma amplitude um pouco maior do que a do campo magnético produzido pelo cérebro humano. Contudo, em torno de Ganimedes, os picos das ondas chegam a ser superiores em um milhão de vezes, atestam os investigadores no artigo científico publicado no jornal Nature Communications.

“Mesmo que apenas uma pequena parte destas ondas escape da vizinhança próxima de Ganimedes, elas serão capazes de acelerarem partículas até intensidades muito altas de energia e, em última análise, produzirão electrões muito rápidos dentro do campo magnético de Júpiter”, destaca Richard Horne.

Estas ondas poderosas podem assim produzir electrões capazes de danificar naves espaciais.

“É uma descoberta muito interessante e fascinante“, atesta o investigador que liderou a pesquisa, Yuri Shprits, do Centro Alemão de Pesquisa em Geociências e da Universidade de Potsdam, na Alemanha, também em declarações ao Gizmodo.

Quanto às causas para estas ondas electromagnéticas especialmente potentes, o facto de o campo magnético de Júpiter ser o maior do Sistema Solar, 20 vezes mais forte do que o da Terra, pode ser uma explicação, mas Shprits avança também como variável o ambiente de intensa radiação daquele planeta. “Só por se ter um objecto com uma magnetosfera num ambiente de radiação podem produzir-se tais ondas fortes”, explica o cientista.

Ganimedes há muito que intriga os cientistas – a lua de Júpiter é maior do que Mercúrio e acredita-se que terá um oceano interior. A descoberta destas ondas super-poderosas em torno dela podem ajudar a perceber melhor como é que as partículas são aceleradas no espaço.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …