Novo medicamento para doentes com Parkinson chega a Portugal

SimonQ / Flickr

Em Portugal existem entre 18 a 20 mil doentes de Parkinson

A farmacêutica portuguesa Bial anunciou nesta quarta-feira estar já disponível no mercado português um novo medicamento para doentes com Parkinson que atrasa os sintomas da progressão da doença.

Em declarações à Lusa, o presidente da Bial, António Portela, explicou que este novo medicamento, cujo princípio ativo é a opicapona, “reduz o estado off, que se caracteriza pela lentidão/limitação dos movimentos”.

“Os chamados tempos off são períodos em que o corpo fica rígido e os doentes não se conseguem mexer. O medicamento tem um efeito importante porque reduz em duas horas o tempo off“, sustentou, salientando “a vantagem de ser de toma única diária, o que aumenta a qualidade de vida dos doentes durante o dia, mas também durante o sono”.

O novo medicamento, comercializado com o nome de Ongentys, já está disponível desde 2016 na Alemanha, Inglaterra e Espanha.

Ainda este mês será comercializado em Itália, existindo já acordos com empresas do setor para a sua comercialização nos Estados Unidos da América, Japão, China e Coreia do sul.

“Ainda não submetemos o dossiê regulamentar em nenhum destes países, estamos a prepará-los, mas eu conto que, nos próximos seis a nove meses, os nossos parceiros, quer no Japão quer nos Estados Unidos, possam estar a submeter o dossiê nesses países”, afirmou António Portela.

O novo medicamento para a doença de Parkinson foi aprovado pela Comissão Europeia em junho de 2016, tendo sido introduzido em outubro desse ano na Alemanha e Inglaterra.

“Estes dois países têm processos mais rápidos, ou seja, após a aprovação técnica e científica da Comissão Europeia, o medicamento fica disponível, mesmo com os processos de negociação do preço a da comparticipação a decorrer”, explicou o presidente da Bial.

António Portela referiu ainda que em Portugal o novo medicamento só é disponibilizado após o processo de negociação estar concluído, o que justifica o atraso de 2 anos.

Segundo a Bial, o Ongentys, que resultou de um investimento de cerca de 300 milhões de euros, culmina 11 anos de investigação, “apoiado num vasto e exaustivo programa de desenvolvimento clínico que suportou a aprovação da Comissão Europeia, incluindo 28 estudos de farmacologia humana em mais de 900 pacientes de 30 países”.

Em Portugal existem entre 18 a 20 mil doentes de Parkinson e são identificados todos os anos cerca de dois mil novos casos. Portugal é um dos países (a par com Espanha) com maior prevalência de uma mutação genética, considerada a causa mais frequente de doença de Parkinson.

Trata-se do segundo medicamento na área do sistema nervoso central desenvolvido pela Bial, mas a farmacêutica tem algumas moléculas em desenvolvimento. A que está mais avançada, segundo António Portela, é para o tratamento de “uma doença também rara e difícil, a hipertensão pulmonar arterial, mas nunca estará no mercado antes de 2020”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

StayAway Covid só enviou 2.708 alertas de contágio. 60% já desinstalaram a app

Apenas 39% das quase três milhões de pessoas que instalaram a StayAway Covid é que a continuam a usar. A app só enviou 2.708 alertas de contágio. A StayAway Covid, a aplicação móvel criada para rastrear …

DGS define quais os cancros que não podem ficar por operar. Hospital de campanha fechado por falta de profissionais

Até ao final do mês os hospitais vão ter como foco a prestação de cuidados intensivos, podendo deixar de assegurar a atividade programada. A oncologia é uma área vital e os polos do Instituto Português …

"Vão fechar o Tozé". Mayan corta o cabelo (e alerta para dificuldades dos pequenos empresários)

O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves foi esta quinta-feira cortar o cabelo a um barbeiro, no Porto, para alertar para as dificuldades decorrentes do encerramento desta atividade a partir de sexta-feira no âmbito do …

ERC cancela debates de Vitorino Silva com todos os candidatos no Porto Canal

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) cancelou os debates de Vitorino Silva com todos os candidatos presidenciais no Porto Canal, na sequência da queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE). Esta …

Bancos contestam lei da banca (mas Deco aplaude). Centeno admite ajustar medidas

O Banco de Portugal (BdP) quer alterar o Código da Atividade Bancária (CAB). Se por um lado, os bancos contestam algumas das normas, por outro, outras entidades, como a Deco, aplaudem as medidas. A consulta pública …

Mulher com covid-19 em coma e ventilada conseguiu o "milagre" de dar à luz

Em outubro de 2020, Elisângela Neves, de 31 anos, foi infetada com covid-19 quase morreu. A mulher estava grávida de 27 semanas, mas precisou de ser ventilada e ligada a uma máquina que respirou por …

Mais de 95% dos vacinados do São João apresentaram anticorpos em 15 dias

Entre 95 a 97% dos profissionais de saúde vacinados contra a covid-19 no Hospital de São João, no Porto, apresentaram, 15 dias após a primeira toma, anticorpos que conduzem à imunidade, revelou esta quinta-feira o …

É mais "um conjunto de meias medidas". Governo criticado por manter escolas e universidades abertas

As novas medidas tomadas pelo Conselho de Ministros para controlar a pandemia de covid-19 entraram esta sexta-feira em vigor. No entanto, as exceções decididas pelo Governo relativamente ao novo confinamento têm sido alvo de duras …

Berlusconi hospitalizado no Mónaco com problemas cardíacos

Silvio Berlusconi, antigo primeiro ministro italiano, está hospitalizado no Mónaco, depois de ter sofrido uma arritmia cardíaca. O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, está hospitalizado desde segunda-feira no Mónaco, após sofrer um problema cardíaco, explicou esta quinta-feira …

Depois do Reino Unido, Angola suspende voos para Portugal. Santos Silva quer saber o motivo

O Reino Unido decidiu, esta quinta-feira, suspender as ligações aéreas de Portugal para Inglaterra para tentar impedir a entrada da estirpe brasileira do SARS-CoV-2. Angola tomou a mesma decisão e o Ministério dos Negócios Estrangeiros …