Nova espécie de dinossauro revela porque é que as aves não têm dentes

Yu Chen / LiveScience

Limusaurus inextricabilis

Limusaurus inextricabilis

Uma equipa de cientistas chineses identificou as primeiras espécies de dinossauros conhecidas que tiveram dentes que cresceram durante juventude mas caíram na vida adulta, o que pode explicar o facto de as aves terem bico e não terem dentes.

O estudo publicado esta quinta-feira na Current Biology explica que a espécie descoberta – o dinossauro Limusaurus inextricabilis – é do grupo dos terópodes, a partir do qual evoluíram as aves.

“Descobrimos um fenómeno muito raro e muito interessante num dinossauro em que as mandíbulas dos juvenis com dentes passaram para mandíbulas bicudas sem dentes nos indivíduos mais maduros”, revela Shuo Wang, da Universidade Normal de Pequim.

Os especialistas analisaram restos fossilizados de 13 ceratossauros terópodes, encontrados no noroeste da China. Estes fósseis permitiram aos cientistas reconstruir o crescimento dos dinossauros desde o nascimento até à idade adulta.

“O dinossauro provavelmente comia carne quando era jovem, mas depois desenvolveu um bico com o qual possivelmente se alimentava de plantas“, afirmam os cientistas.

Segundo Wang, a perda de dentes não é um fenómeno assim tão raro em animais vivos. No entanto, é a primeira vez que se observa algo do género em répteis.

“Esta mudança dramática na anatomia sugere que existiu uma grande mudança na dieta do Limusaurus da adolescência para a vida adulta”, disse James Clark, investigador da Universidade George Washington, nos EUA, e co-autor do estudo.

Os fósseis analisados indicam que os Limusaurus inextricabilis jovens eram carnívoros ou omnívoros, o que explicaria a presença de dentes pequenos e afiados. Já os adultos seriam herbívoros porque a ausência de dentes impediria o consumo de carne.

A hipótese de mudança na dieta é apoiada por análises químicas aos ossos dos animais.

Devido às diferenças morfológicas entre os dinossauros jovens e adultos, os cientistas chegaram a pensar que os fósseis encontrados eram espécies diferentes.

“Inicialmente, pensávamos que tínhamos encontrado dois ceratossauros diferentes, um com dentes e outro sem, e até começamos a descrevê-los separadamente”, adiantou Wang.

Mas depois, os especialistas perceberam que os fósseis eram bastante parecidos e concluíram que os exemplares eram da mesma espécie, só que alguns eram mais jovens e tinham dentes.

Segundo Wang, a perda de dentes não é um fenómeno assim tão raro em animais vivos, mas é a primeira vez que se observa algo do género em répteis.

BZR, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Misterioso raio cósmico detetado incrivelmente perto da Terra

Uma estranha rajada de ondas de rádio detetada no espaço foi rastreada até uma galáxia a 120 milhões de anos-luz do nosso planeta - a nível astronómico, esta é uma distância incrivelmente curta da Terra. …

Primeira missão europeia a Mercúrio lançada com cientista e tecnologia portuguesas

A primeira missão europeia que vai estudar Mercúrio, o planeta mais pequeno e mais próximo do Sol, vai ser lançada no sábado, e nela participa uma cientista e uma empresa portuguesas. A astrofísica Joana S. Oliveira …

Sertanense vs Benfica | Águias passam sem dificuldade

O Benfica venceu hoje o Sertanense, do Campeonato de Portugal, por 3-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, em que Jonas voltou a ser titular e a marcar ao fim …

Quase todo o património da UNESCO no Mediterrâneo ameaçado pela subida das águas

O aumento da erosão costeira devido à subida do nível das águas está a pôr em risco quase todos os monumentos reconhecidos como Património da Humanidade que se localizam na zonas baixas da costa do …

Carne podre e cadáveres que explodem por falta de eletricidade na Venezuela

Em Maracaibo, na Venezuela, a energia elétrica falha constantemente. Nos mercados, há carne podre à venda, mas ainda assim a procura aumenta. Porquê? "O que fazer, se é mais barato?" A Venezuela atravessa, desde 2014, uma …

Ministro da Administração Interna não emitiu despacho de alerta para a Leslie

Eduardo Cabrita, Ministro da Administração Interna, não emitiu o despacho de alerta que podia reforçar os meios de proteção e socorro durante a tempestade que atingiu Portugal. A decisão poderia ter tido impacto junto das …

Trump ameaça fechar fronteira com o México

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou esta quinta-feira fechar a fronteira entre os Estados Unidos e o México, numa altura em que milhares de migrantes atravessam a pé vários países da América Central na esperança …

Rendas vão ter duração mínima de um ano

Apresentada pelo PS, a medida já foi aprovada e prevê que contratos de arrendamento tenham um prazo mínimo de um ano e que se renovem por mais três anos, não havendo dados em contrário. O Parlamento …

Mais de 12 mil jovens vão viajar gratuitamente pela Europa

Os jovens escolhidos vão poder viajar de comboio até 30 dias e visitar entre um a quatro destinos. Os requisitos: ter completado 18 anos este ano e ser cidadãos europeus. A Comissão Europeia anunciou, esta quarta-feira, …

"O emprego mais difícil do mundo" é português, não tem salário e procura "gente de fibra"

"O emprego mais difícil do mundo" é uma campanha de recrutamento dos Bombeiros Voluntários de Albufeira, no Algarve, que abriram candidaturas para "gente de fibra". Honestos face àquilo que são os requisitos para a profissão, a …