Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

(dr) Pedro Correia et al.

Parte terminal de folhas lanceoladas com ápices de forma acuminada-caudada

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época.

Uma nova espécie de planta já extinta foi descoberta em São Pedro da Cova, no concelho de Gondomar. A planta viveu há 300 milhões de anos, muito antes de os dinossauros dominarem o nosso planeta.

Annularia noronhai foi assim batizada em homenagem ao geólogo português Fernando Noronha, professor já reformado do departamento de Geociências da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. A planta fóssil é um parente muito afastado da cavalinha e foi encontrada num lote para construção no meio da cidade, adianta o Observador.

O fóssil foi encontrado numa escavação com apenas dois metros, de onde já foram retirados fósseis de cinco novas espécies nos últimos nove anos – duas espécie de insetos e duas de plantas.

Pedro Correia, investigador da Universidade do Porto (UP) e líder da equipa responsável pela descoberta, afirma que a riqueza da bacia do Douro em fósseis vem das condições climáticas em que essa região estava há 300 milhões de anos.

“A Península Ibérica era uma região tropical, estava muito próxima do Equador. No Douro, que era uma região intramontanhosa, havia um clima sazonal. No entanto, estávamos a atravessar uma severa alteração climática, semelhante à que hoje registamos”, explica o investigador, citado pelo diário.

Na região onde estes fósseis foram encontrados, havia floresta muito densa e com muitas plantas. Esta caracterização do local explica que haja tantos fósseis vegetais na bacia do Douro. “Nos anos setenta, 70% do carvão que utilizávamos era extraída aqui. Esse carvão resultou da acumulação da flora.”

Aliás, foi graças às alterações climáticas que Annularia noronhai se desenvolveu. Depois de comparar esta espécie com outras semelhantes, os cientistas chegaram à conclusão que as folhas da planta tinham evoluído para que se conseguisse agarrar aos ramos das plantas vizinhas. O novo estudo foi publicado este mês na Historical Biology.

“É distinta principalmente pelas suas folhas com forma de lança, caracterizadas por mucros [ponta que determina certos órgãos vegetais] muito alongados”, refere o artigo científico.

Os investigadores compararam este fóssil com outros já descritos para confirmar que estavam perante uma espécie nunca antes identificada, explica um artigo do National Geographic.

“Se encontrarmos características que as espécies mais próximas não têm, então estamos perante uma nova espécie. Este processo é muito longo. Neste caso demorou nove anos a ser concluído e precisou da participação de cientistas internacionais, mais experientes”, explicou o líder da investigação.

Os fósseis da nova espécie encontram-se referenciados e armazenados nas coleções do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …

Revelada a identidade do novo líder do Estado Islâmico

Um dos membros fundadores do Estado Islâmico, Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi, foi confirmado por vários serviços de inteligência como novo líder do grupo terrorista. Após a morte de Al Baghdadi numa operação norte-americana na …

Polícias em protesto em Braga, Porto e Lisboa. Esperam um sinal de apoio de Marcelo

Elementos da PSP e da GNR realizam esta terça-feira protestos em simultâneo em Braga, Lisboa e Faro, numa ação convocada pelos sindicatos, enquanto o Movimento Zero (M0) inicia uma vigília nos aeroportos portugueses. Organizadas por sete …

Investigação confirma que avião ucraniano foi abatido por dois mísseis iranianos

Um relatório de investigação preliminar da Organização de Aviação Civil Iraniana (CAO) acaba de confirmar que foram lançados dois mísseis contra o Boeing 737 da Ukraine International Airlines, abatido a 8 de janeiro pelas forças …

Real Madrid contrata Reinier. É a transferência de inverno mais cara de sempre do clube

O Real Madrid confirmou hoje a contratação do médio ofensivo brasileiro Reinier, que atuava no Flamengo de Jorge Jesus, num negócio que envolve uma verba de 30 milhões de euros, segundo a imprensa espanhola. Os 'merengues' …

Hospitais de Santa Maria e Pulido Valente querem "internar" em casa 1.800 pacientes por ano

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) vai começar no princípio de fevereiro a “internar” doentes em casa, projetando que, dentro de três anos, seja o maior serviço de hospitalização domiciliária do país, tratando 1.800 …