Notas de 500 euros começam a “desaparecer” este domingo

A partir deste domingo, 17 dos 19 bancos centrais nacionais da zona euro deixam de emitir notas de 500 euros, que serão recolhidas e destruídas, mas manterão o seu valor por um período ilimitado.

A nota de 500 euros deixa no domingo de ser emitida nos países do euro, com exceção de Áustria e Alemanha por “motivos logísticos” e “a fim de garantir uma transição harmoniosa”, de acordo com o Banco Central Europeu (BCE). Os bancos centrais alemão e austríaco continuarão a emitir estas notas até 26 de abril de 2019 inclusive.

“À medida em que as notas de 500 euros forem sendo depositadas nos Bancos Centrais Nacionais (BCN) da Área do Euro, entre os quais o Banco de Portugal, são destruídas”, explicou o Banco de Portugal à agência Lusa.

“Também as notas de 500 euros que, em 26 de janeiro de 2019 (26 de abril, nos casos dos Bancos Centrais da Alemanha e da Áustria), estiverem já na posse dos BCN, serão destruídas em seguida”, acrescentou o regulador liderado por Carlos Costa.

O Banco de Portugal salientou que o “processo é em tudo idêntico ao que vem ocorrendo relativamente às notas da 1.ª série do Euro (5 euros a 50 euros) que já foram substituídas pelas notas da série Europa, com a única diferença de que não haverá uma nota de 500 euros da série Europa”.

As notas de 500 euros existentes mantêm o curso legal, sendo possível continuar a utilizá-las como meio de pagamento e reserva de valor, e também as instituições de crédito, as agências de câmbio e outras entidades comerciais podem continuar a recircular as notas de 500 euros existentes.

Questionado sobre o número de notas de 500 euros em circulação em Portugal, o Banco de Portugal respondeu que “não é possível” saber quantas destas notas circulam efetivamente em Portugal. “De facto, num contexto de União Monetária, só é possível apurar a circulação total e aqui importa referir que o Euro, como divisa de expressão global, é também utilizado noutros países fora da Área do Euro, quer como reserva de valor, quer mesmo para realizar pagamentos”, adiantou o regulador.

No dia 31 de dezembro de 2018 estavam em circulação cerca de 521 milhões de notas de 500 euros, num valor de mais de 260 mil milhões de euros, de acordo com dados do BCE.

Segundo a instituição liderada por Mario Draghi, “à semelhança das restantes denominações de notas de euro, a nota de 500 euros conservará sempre o seu valor e poderá ser trocada nos bancos centrais nacionais da área do euro por um período ilimitado”.

Foi no início de maio de 2016 que o BCE decidiu descontinuar a produção e emissão da nota de 500 euros, tendo decidido também excluí-la da série Europa, a segunda série de notas de euro, devido aos receios de que esta nota pudesse facilitar atividades ilícitas.

Também na altura, a autoridade monetária da zona euro garantiu que o Eurosistema, que integra o BCE e os bancos centrais nacionais da zona euro, tomarão as medidas necessárias para assegurar que as outras denominações de notas de euro estão disponíveis em quantidades suficientes.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. tirar a nota devido as atividades ilicitas feitas com ela,estao a passar um atestado de imcompetencia as autoridades ! e as pessoas que faziam uso legal das mesmas ! nao tem voto na materia ! a boa noticia sera que quem as tiver daqui a uns anos vai ganhar no mercado dos colecionadores ,infelizmente nao posso dar ao luxo de guardar nenhuma 🙁

Responder a ped Cancelar resposta

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …