Cientistas nazis criaram um pesticida alternativo ao DDT (que até era melhor)

Cientistas nazis criaram uma alternativa ao inseticida DDT, que alegadamente seria menos tóxica para os mamíferos e de ação mais rápida. A sua produção viria a terminar abruptamente por intervenção das forças Aliadas.

O DDT é o primeiro pesticida moderno, que foi largamente usado durante e após a 2ª Guerra Mundial para o combate aos mosquitos transmissores de doenças como a malária e a dengue. Num novo estudo, investigadores descobrem a “história alarmante” de uma alternativa (chamada DFDT) criada por cientistas nazis.

“Começamos a estudar o crescimento de cristais num inseticida pouco conhecido e revelamos a sua história surpreendente, incluindo o impacto da 2ª Guerra Mundial na escolha do DDT — e não do DFDT — como inseticida primário no século XX”, escreveu Bart Kahr, um dos autores do estudo publicado na semana passada na revista no Journal of the American Chemical Society.



Segundo o Futurity, apesar da sua eficácia, o DDT é conhecido pelo seu efeito imensamente prejudicial ao meio ambiente e à vida selvagem. Através da análise de documentos históricos, os investigadores descobriram que este inseticida tinha um antecedente nazi: o DFDT.

O inseticida foi usado pelo exército nazi para controlo da população de insetos na União Soviética e no norte de África. Por outro lado, o DDT foi usado pelo exército norte-americano na Europa e no Pacífico Sul.

Contudo, como explica o Phys, a produção do DFDT terminou abruptamente após o fim da 2ª Guerra Mundial. Isto porque os Aliados desacreditaram os estudos dos alemães nazis que alegavam que o seu inseticida era mais eficiente e menos tóxico para os animais.

Quando em 1948 Paul Müller venceu o prémio Nobel da Química pela descoberta da utilidade do DDT como inseticida, o suíço disse que o DFDT seria o inseticida do futuro por ser mais rápido. Mesmo assim, a alternativa nazi caiu no esquecimento.

“Ficamos surpreendidos ao descobrir que, no início, o DDT tinha um concorrente que perdeu a corrida por causa de circunstâncias geopolíticas e económicas, sem mencionar a sua conexão com as forças armadas alemãs, e não necessariamente por causa de considerações científicas. Um inseticida mais rápido e menos persistente, como o DFDT, poderia ter mudado o curso do século XX”, escreveu Kahr.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Eram tão desacreditados e incompetentes que foram levados às escondidas para os EUA para trabalhar e fundar empresas, tais como a NASA (Op.Paperclip)… Tudo fachada, nos bastidores são os melhores amigos.
    A verdadeira história do mundo (ainda…)não está escrita nos livros da escola .

      • A menina leu bem a notícia? Sempre a maldizer tudo e todos com a sua arrogância…
        “Isto porque os Aliados desacreditaram os estudos dos alemães nazis que alegavam que o seu inseticida era mais eficiente e menos tóxico para os animais.”

        • A menina?!
          Hahahaaa….
          Continuas muito perspicaz!…
          .
          Mais uma vez, quem era/foi “desacreditados e incompetentes”?!
          Ler tudo e respirar fundo, ajuda…
          “Quando em 1948 Paul Müller venceu o prémio Nobel da Química pela descoberta da utilidade do DDT como inseticida, o suíço disse que o DFDT seria o inseticida do futuro por ser mais rápido.”
          “Ficamos surpreendidos ao descobrir que, no início, o DDT tinha um concorrente que perdeu a corrida por causa de circunstâncias geopolíticas e económicas…”
          Ora lê lá outra vez: “circunstâncias geopolíticas e económicas” – que NADA tem a ver com descrédito ou incompetência!!
          .
          A NASA não é uma empresa; é uma agência do governo federal americano!
          Ah, claro; a “verdadeira história do mundo”…
          Esse paleio tipo Testemunhas de Jeová, às vezes tem piada, mas tudo que é demais…

RESPONDER

Serviços Secretos ucranianos apreendem remessa de bebida alcoólica de Chernobyl

Os Serviços Secretos ucranianos apreenderam 1.500 garrafas de uma bebida alcoólica produzida com maçãs colhidas perto da central nuclear de Chernobyl. ATOMIK Chernobyl Spirits é uma bebida espirituosa feita com ingredientes de dentro da zona de …

Na Bielorrússia, calçar meias vermelhas e brancas é um risco (com um preço demasiado alto a pagar)

Uma jovem foi recentemente condenada por usar meias às riscas com as cores simbólicas da oposição ao Presidente Alexander Lukashenko. O vermelho e o branco, símbolos da oposição ao Presidente Alexander Lukashenko, podem causar sérios problemas …

O "lago rachado" de Taiwan é famoso nas redes sociais (mas esconde uma realidade sombria)

O Lago Sol Lua já foi um ponto turístico popular de Taiwan. Porém, agora o fundo do lago "rachado" é famoso por um motivo sombrio: uma das piores secas que atingiu a ilha em décadas. O …

Estado ainda tem números de valor acrescentado à margem da lei

Ainda há empresas públicas que usam números de apoio ao cliente de valor acrescentado, apesar de a lei proibir esta situação há mais de um ano. Há mais de um ano que existe legislação que impede …

"Saída do sofrimento." Na Nigéria, as letras de hip hop encorajam o cibercrime

A Internet trouxe benefícios mas também muitos riscos, entre eles o crime cibernético. Na Nigéria, este tipo de fraude representa 0,08% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, o que torna o cibercrime uma ameaça …

Conor McGregor quer mesmo comprar o Manchester United

O lutador irlandês de artes marciais mistas Conor McGregor, de 32 anos, explicou nas redes sociais por que quer comprar o Manchester United. Conor McGregor disse, esta segunda-feira, nas redes sociais, que quer comprar um clube. …

Rastreio nas escolas dos concelhos de risco identifica 30 casos em 26 mil testes

O mais recente rastreio nas escolas, realizado na semana passada, identificou apenas 30 casos positivos entre os cerca de 26 mil testes. O novo rastreio à covid-19 realizado na semana passada nas escolas dos concelhos de …

Três leopardos fugiram de um Zoo na China (e autoridades esconderam episódio da população)

O Hangzhou Safari Park, na China, pediu "sinceras desculpas" por ter demorado quase uma semana a avisar que três dos seus leopardos tinham escapado da propriedade em Hangzhou. Um dos animais ainda continua desaparecido. As …

BPI multiplica lucros por dez no primeiro trimestre

O banco BPI obteve um lucro de 60 milhões de euros no primeiro trimestre de 2021, multiplicando por dez o resultado líquido obtido no período homólogo de 2020, resultado justificado pelo alívio na constituição de …

Imunidade de grupo pode ser impossível de atingir, avisam especialistas

No futuro, o vírus SARS-CoV-2 pode tornar-se endémico, mas menos perigoso e mais controlável, como “uma constipação comum”. Alguns especialistas avisam que as novas variantes do vírus SARS-CoV-2 e o ritmo lento da vacinação um …