NASA vai testar um disco voador com tecnologia para explorar Marte

NASA

LDSD Rocket Test Vehicle 01: O Disco Voador da NASA

LDSD Rocket Test Vehicle 01: O Disco Voador da NASA

A NASA, a agência especial americana, prepara-se para testar uma nave espacial muito parecida com um disco voador.

Na verdade, o LDSD (sigla em inglês do Desacelerador Supersónico de Baixa Densidade) é uma amostra do tipo de tecnologia que a raça humana precisará de desenvolver para pousar em Marte.

O LDSD será lançado de uma altitude elevada, a partir de um balão posicionado sobre o Havai, para testar um novo tipo de paraquedas e um anel insuflável de kevlar, que pode ajudar a reduzir a velocidade da nave quando se aproximar da superfície do planeta vermelho.

A NASA diz que está a tentar aumentar a capacidade máxima de carga que pode ser levada para Marte, das actuais 1,5 toneladas para algo entre 20 e 30 toneladas – o peso do equipamento que uma missão tripulada exige.

Ian Clark, cientista do projecto LDSD, conta à BBC que “estamos testando tecnologias que nos permitirão pousar cargas úteis maiores e mais pesadas, a partir de uma maior altitude e com mais precisão do que jamais fomos capazes”.

O teste vai ter lugar numa base de testes da mísseis da Marinha americana em Kauai, no Havai.

Um balão de hélio levará o LDSD a uma altitude de 35 quilómetros, antes de o soltar.

Um motor de propulsão a foguete deve então elevar o dispositivo a 55 quilómetros de altura, a uma velocidade de Mach 4 (quatro vezes a velocidade do som).

Quando o LDSD começar a reduzir a velocidade, accionará os seus dois novos sistemas atmosféricos de travagem.

NASA

LDSD Rocket Test Vehicle 01: O Disco Voador da NASA

LDSD Rocket Test Vehicle 01: O Disco Voador da NASA

“Donut”

O primeiro a ser accionado será o “donut”, um dispositivo insuflável de 6 metros, que aumentará o tamanho do veículo e como consequência a força de atrito.

Quando a velocidade baixar para cerca de Mach 2,5, o para-quedas será accionado.

“O para-quedas supersónico que estamos a testar é enorme”, diz Ian Clark, “tem 30 metros de diâmetro, e gera duas vezes e meia o atrito de qualquer dos para-quedas que já enviámos aMarte”.

“Vamos levar o equipamento ao limite, no qual os materiais de que o para-quedas é feito, o nylon e kevlar, podem começar a derreter“.

“Não sabemos qual é exactamente o limite, por isso vamos fazer este teste”.

Se as estruturas se mantiverem intactas, o para-quedas deve pousar o LDSD no oceano em 45 minutos.

O plano da NASA é fazer um novo teste no próximo ano, com um anel e um para-quedas maiores.

A sonda Curiosity, de 1 tonelada, é o maior objecto que já pousou em Marte até agora.

Acredita-se que essa capacidade de carga terá que ser muito aumentada para que astronautas possam receber todos os suprimentos e equipamentos necessários para sobreviver no planeta.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …